quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

VALÃO

A Natureza Esta
Morrendo,
não para de
Gritar,
O Homem esta
Mostrando,
que ele vai
Matar.
Quem deveria
ser Parceiro,
Virou o
Inimigo.
Só pensa no
Dinheiro,
à Vida Causa
Perigo.
A Gula fala
mais Alto,
o Bem ficou
para Trás.
Até mesmo no
Planalto,
Quanto a isso
nada se faz.
Sé o Homem
não mudar,
deixar de ser
Turrão.
Todos vamos
Acabar,
no fundo de um
Valão.

Raimundo Sucupira


NA COPA DA ARVORE

Caro Amigo,Nada mais
Belo que uma Chuva ao
Meio Dia,Sentir o Cheiro
das Flores Campestres
que Nesse Momento se
Aflora.
Ouvir o Barulho da
Chuva ao Telhado,Beber
Água Diretamente da
Bica.
Dia desse depois de uma
dessas Chuvas,fui ao
Alpendre para ver a
Enxurrada a Descer pela
Rua.
Eis que uma Cena
Engraçada chamou-me
Atenção,logo à frente,no
Quintal do Vizinho um
Vistoso Pé de Algaroba.
Sobre o Dito pé de
Algaroba,Bem na Copa,
Alguns Anus
Alegremente a Sacudir o
Penacho,mesmo depois
de uma Chuva Pesada
Sobre o Lombo,ou
melhor,Sobre o Penacho.
Isso Quer dizer que essa
Dadiva Divina Quando
chega Agrada a Gregos
e Troianos,ou seja,
Homens e Animais.
No mesmo Sentido é que
se deve Entender a
Importância da Chuva,
Percebe-se que a Mãe
Natureza Possui
Excelentes Razões para
nos Brindar com essa
Dadiva.
Mas já Ouço o Coaxar
das Rãs nas poças
D,Àgua,o Canto dos
Pássaros na Copa das
Arvores,Quanto a Mim,
Atenho-me à Apreciar
essa Beleza,que só se vê
no Sertão na Época das
Chuvas.
Tudo isso seria Bom de
mais se não tivesse um
porem,as Agressões à
Mãe Natureza,isso vem
fazendo com que chova
cada vez menos,não há
Quem não Esteja
Persuadido dessa Verdade.
Digamos,pois,que a
Fortuna Ama os
Insensatos,Quando isso
Acontece,ele começa por
Afastar se da Sabedoria,
Transformando se num
Escravo do Dinheiro.
De modo que,tudo que
Afirmo se Destina a
Manter Claramente que
Preservar o que Inda
Resta é Preciso,pois
nenhum Mortal poderá
Viver Agradavelmente
no Planeta,se ele não for
Preservado.
Por tanto,é Agora ou
nunca,ou se Preserva o
que se tem,ou em Bem
pouco Tempo não vai
Restar nada para Contar
a Historia do que Antes
era um Animal chamado
Homem.
Quando isso Acontecer
não terá nem choro,nem
vela,será o fim da Vida e
o Começo da Luta pela
Sobrevivência,Cuidado
ela Esta em Jogo,é Viver
ou Morrer...

Raimundo Sucupira

sábado, 8 de dezembro de 2018

SINAL

Com Essa Tal
Modernidade,
Veio a
Destruição.
Infelizmente
a Vaidade,
Dita Regras
ao Coração.
Onde Manda
o Dinheiro,
o Bem não
tem Lugar.
Ele fica por
Derradeiro,
o Bem não
vai Durar.
Sé o Homem
não Mudar,
Respeitar o
Sinal.
O Planeta vai
Acabar,
num Deserto
sem Igual.
Sé o Homem
Quiser,
Muda essa
Trajetória.
Só ele poderá
Escrever,
o Final dessa
Historia.

Raimundo Sucupira


VARIAS FACES OU CARA DE PAU

Caro Amigo,Percorrendo
com tão Grande Rapidez
as mais Diferentes
Classes de LOUCOS,não
Podemos Esquecer dos
que,Possuidores das
Inclinações Psicopata,não
Cessam de Exibir os Seus
Vãos Títulos de Nobreza.
Todos Esses Loucos,
Entretanto,Encontra
Outros Loucos que os
Aplaudam,pois Quanto
mais uma Coisa
Contraria o Bom Senso,
Tanto Maior o Número
de Admiradores e
Seguidores.
Como Desportista e
Flamenguista é Claro,vi
o Jogo no Final do
Campeonato Brasileiro,
o Jogo entre as Equipes do
Ceará Versos Vasco da
Gama.
Ao final do Jogo a Globo
passou a Transmitir o
Final do Jogo entre o
Palmeiras e o Vitoria da
Bahia,Este já Rebaixado
para Tristeza dos
Baianos.
Ao Começar a Mostrar a
Festa da Torcida do
Palmeira,a Globo mostra
Dentre eles o Presidente
Eleito Jair Bolsonaro.
Devidamente Vestido
com a Camisa Verde do
Palmeira,Até ai tudo Bem
se não fosse um Pequeno
Detalhe.
O Dito Cujo já foi
Fotografado Vestindo a
Camisa do Esporte,do
Vaso da Gama,do
Botafogo,do Fluminense,
para minha Tristeza,do
Flamengo.
Diante dessa Cena
Bizarra,fiquei a pensar,
Será que na Politica ele
vai Agir como no
Esporte,ou seja,
Acendendo uma Vela
para Deus e Outra para o
Diabo.
É,Meus Amigos,tudo
Neste Mundo,é tão
Obscuro e Variável que
Impossível se torna
Conhecer Seguramente o
que se passa na Mente
dessas Pessoas,o que de
Fato elas Querem de
Verdade.
Dado que,Antes de sair
por ai a Seguir Alguém
não Custa nada procurar
Saber Quais são as suas
Intenções,para depois não
vir a se Decepcionar,ou
seja,Comprar Gato por
Lebre....


Raimundo Sucupira

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

MALDADES

A Maldade dessa
Gente,
não tem
Explicação.
Eles Agem
Livremente,
Contra a Nação.
O Dinheiro fala
Alto,
na hora de
Agir.
Na hora do
Assalto,
só pensam em
Si.
Sé age atrás do
Muro,
sem nenhum
Pudor.
Não pensam no
Futuro,
muito menso no
Amor.
Essa Luta é
Desigual,
Destrói a
Sociedade.
Para nós é um
Sinal,
da Maldita
Desigualdade.

Raimundo Sucupira

NA LATA DO LIXO

Caro Amigo,É Visível o
Descaso das Autoridades
para com a Sociedade,
todos os dias é uma
Desventura maior que a
Outra.
Dia desse ao parar para
ver um pouco do Jornal
na Televisão,para ver o
que se passava,Eis que
de Repente, uma
Reportagem chamou-me
Atenção,a dita
Reportagem falava Sobre
o Descarte do Lixo
Hospitalar no Estado do
Tocantins.
A Dita Reportagem
falava do Envolvimento
de Algumas Autoridades
Dentre elas o Ex Juiz
Eleitoral João Olinto e o
seu Filho,o Deputado
Estadual Olyntho Neto.
Essas Autoridades cujo
o Dever é Zelar pela
Legalidade,ou seja,pela
Lei,Estão Agindo fora
das Leis.
A Dita Reportagem
mostra Claramente o
Descarte do Lixo
Hospitalar de forma
Irregular por todo o
Estado,um Galpão nos
Fundos de um Motel,
Abarrotado de Lixo
vindo dos Hospitais,em
Estado Critico,ou seja,
de forma Irregular.
Quem são os
Responsáveis por por
essa Desventura,um Ex
Juiz e o seu Filho,um
Deputado Estadual pelo
PSDB.
Diante da Repercussão
dos Fatos,foi Designado
um Delegado Regional e
a Policia Civil,para
Apurar os Fatos.
Pois Bem,Antes mesmo
de Poder Mostrar à
Sociedade os Resultados
das Investigações,todos
os Delegados e Policiais
foram Exonerados dentre
eles o Delegado Bruno
Boaventura.
O Governador Mauro
Carlesse do PHS Tratou
logo em dizer que a
Exoneração não tinha
nada a ver com o Caso
do Lixo Hospitalar,
porem,que é
Estranho,lá isso é,vai
ficar Sempre essa
Duvida.
Diante de tudo isso,só
nos Resta fazer um
Trocadilho,a Lei no
Estado do Tocantins foi
Jogada na Lata do Lixo.
Que essa Prática não se
Repita no Restante do
Pais,nesse Momento em
que a Saúde Publica
Encontra se a na UTI,
mais uma dessa e será
Caixão e Vela.Dado que,
que tudo Seja Apurado
com os Rigores da Lei,
sem a Interferência de
Ninguém,Afinal,Quem
Infinge as Leis tem que
ser Enquadrado dentro
da Lei,Doa em Quem
Doer....

Raimundo Sucupira



sábado, 1 de dezembro de 2018

COLHEITA

Os Brasileiros
Caiu,
no conto do
Vigário.
Um Carrasco
Surgiu,
Lhes tratando
feito Otário.
Quando se
Escolhe,
sem muito
Pensar.
A Razão se
Recolhe,
deixando o mal
Prosperar.
Não se pode
Julgar,
Antes de
Acontecer.
Vamos Esperar,
o Tempo que
vai Dizer.
Errado ou
não,
a Escolha foi
Feita.
A Semente foi
para o Chão,
a Colheita vai
ser Feita.

Raimundo Sucupira

DE CARNE E OSSO

Caro Amigo,Pela Primeira
vez Neste Pais,Elege-se
um Presidente pelas Redes
Sociais,pois foi o que
Aconteceu nas Últimas
Eleições.
O Presidente Eleito Jair
Messias Bolsonario,
Preferiu Abdicar-se do
Contacto com o Povo,
para fazer uso das Redes
Sociais.
Não foi ao Encontro do
Povo,não Participou de
nenhum Debate,não
Apresentou Programa de
Governo,em fim,Abriu
Mão de tudo isso,mesmo
assim o Povo o Escolheu.
Virando as Costas para
Quem lhes Procurou,ou
seja,para Quem lhes deu
Atenção.
Com essa Atitude,Jogou
por Terra todos os
Argumentos daqueles que
Pregavam que os Debates,
os Programas de Governo,
o Contacto com o Povo,
Seria Essencial para Eleger
um Candidato.
De Agora por Diante,Este
Argumento já não Cabe
mais,não faz nenhum
Sentido,Basta uma Boa
Equipe,um Bom
Marqueteiro e a Eleição
Esta no Papo,ou seja,Esta
Ganha.
Plataforma,Plano de
Governo,isso são
Meramente um Detalhe,já
não tem mais Importância,
o Importante é sair Bem na
Foto,ou melhor,nas Redes
Sociais.
De que servira as Ideias,os
Ideais,a mais Preciosa
Dadiva dos Políticos,sé
Quem a Possui não pode
Usa-las,não pode Discutir
com o Povo,pois a Frieza
das Maquinas são mais
Eficaz?seria pura perda de
Tempo Lutar contra isso.
É,Amigos,os Tempos são
Outros,ou os Políticos
Mudam ou serão Engolidos
pelas Maquinas,que
Continuam cada vez mais
Eficaz no que faz.
Mas se Querem seguir
Essas Maquinas,Ver-las
Íamos Submeter-se a cada
Eleição,ao Frio Império
das Maquinas.Dado que,
não há na Terra Alegria,
Felicidade nem Prazer,que
não venha do Contacto
com os Demais,não vai
ser uma Maquina que vai
Substituir isso.Ademais,
como um Homem que
Sempre Acreditou no ser
Humano Espero que os
Demais Também faça o
mesmo,por isso vos digo,
não sois Maquinas,Homens
e Mulheres é que sois,por
isso,não Construam sob
Outro Fundamento que não
seja o Divino Criador.Paz e
Bem....


Raimundo Sucupira

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

BELEZA

No Chiqueiro o
Cachaço,
Fuçando o
Chão.
Cortando o
Espaço,
lá vai o Avião.
No Sertão é
Assim,
tem Sempre o
que se Vê.
O que é Bom
para Mim,
Também é Bom
para Você.
Não se pode
Negar,
dessa Terra a
Beleza.
Aqui você vai
Ficar,
de Bem com a
Natureza.
Sertão te Quero
Bem,
Terra do meu
Bem Querer.
Como Você não
Tem,
Aqui Eu Quero
Viver.

Raimundo Sucupira

PULANDO A CERCA

Caro Amigo,Não Sabemos
como vai ser a Terceira
Guerra Mundial,porem,
Sabemos como vai ser a
Quarta(A Ponta Pés)pois
do Jeito que as Coisas
Andam,Não Sobrará nada
para ser Usado numa
Eventual Peleja.
Eu sou Livre,Portanto,
Sendo Livre,posso fazer o
que Quero,Tal
Testemunho é Certamente
Justo e Verídico,partindo
desse Pressuposto,o
Homem Avança cada vez
mais sobre tudo,
Principalmente a Mãe
Natureza,o Resultado
dessa Deliberação poderá
ser Trágico.
Como Costumo fazer
Sempre que posso,subo
as Montanhas em Busca
do Ar Puro,já que o Ar cá
da Cidade Esta tornando
Irrespirável.
Toda as vezes que saio em
Expedição a essas
Montanhas,uma Cena
Desagradável chama-me
Atenção(As Cercas de
Arame Farpado)é Cerca
para todo Lado.
O Artigo 20 Trata desse
Assunto,é Bem Claro,os
Rios,as Lagoas as
Montanhas,tudo isso são
Patrimônio da União.Por
Tanto,não Pode ser
Invadido em Hipótese
Alguma.
Mesmo Assim,essas
Pessoas Cercam esses
Patrimônios sem nenhuma
Cerimônia,fazem isso
como se fosse Deles.
O que é mais Grave,tudo
isso Sobre a Inação das
Autoridade,Estes fazem
Vista Grossa,as vezes
Recebem Propinas para
fachar os Olhos.
Geralmente,são os
Garimpeiros,os
Latifundiários,estes que
tende a Praticar tais
Desventura.
Como é Sabido as Pessoas
costumam passar por cima
das Leis,a Gula,a Ganancia
os deixa Cegos diante desse
Assunto.
Vemos com Tristeza,que
ao Invés de Preservar,essas
Pessoas só pensam em
Tirar da Natureza tudo que
lhes Pertence.
Para um Ambientalista
fazer Esta Constatação é
Triste,por isso,a cada vez
que vou a essas Montanhas
Dói-me o Coração.
Como Ambientalista vejo
que a Natureza nos Pede
Socorro,Gritamos,porem,
Temos a Impressão de que
Gritamos no Deserto,sem
sem que ninguém
possa Ouvir,muito menos
Responder.
Dado que,como não
desistimos nunca,Vamos
Gritando,Quem sabe um
dia Alguém possa Ouvir e
Responder,por isso Gritar
é Preciso...

Raimundo Sucupira

domingo, 25 de novembro de 2018

BURREGO

Burrego Saltando
a Cerca,
Fugindo do
Flagelo.
Essa Fuga
Pitoresca,
foi por conta do
Cutelo.
Nessa Hora não
tem Jeito,
o Bicho tem que
Correr.
Senão vai para o
Espeto,
para o Homem
lhes Comer.
Esse é o Rumo,
desse Triste
Vivente.
Sua Vida não tem
Prumo,
Balança
Constantemente.
Tudo tem seu dia,
Sem contar com
a Hora.
Não Adianta a
Rebeldia,
um dia tem que
ir Embora.

Raimundo Sucupira

FESTA DE SÃO JOSÉ

Caro Amigo,Eis um Moço
com 13 para 14 Anos de
Idade,cheio de Sonhos,se
Aprontando para a Festa
de São José.
Calça de Algodão Riscado,
Camisa da Chita Azul
Marinho,Alpercatas de
Coro Arreada,as Tiras
passando por Trás, tudo
para não sair dos Pés,cuja
as Fivelas Brilhavam ao
Sol.
Duas ou trés gotas do
Perfume Madeira do
Oriente,logo Estava
Pronto para Enfrentar a
mais Importante das
Aventuras.
19 de Março de 1972,dia
da Festa em Louvor ao
Padroeiro São José,na
Capela da Beira da Lagoa,
a Pequena Praça Estava
Lotada de Fiéis todos
Alegres dado graças ao
Padroeiro.
A Praça toda Enfeitada,a
Mesa cheia de Presentes,
ou seja,as Ofertas para o
Leilão,as Pessoas Ansiosas
para o Inicio da Festa,
porem,Antes a Missa em
louvor ao Santo.
Ver-se,Claramente a Fé e
Devoção Estampada no
Rosto da cada um que ali
Estava,nada lhes tirava a
Atenção.
Antes da Missa,a Ladainha,
Rezava Fervorosamente,há
essas Alturas,numa Casa ao
lado o Vigário já se
Aprontava para o Momento
mais Importante(a
Celebração)
Depois da Celebração,o
Leilão,Sebastião Peitudo e
seu Maroto fazia a Alegria
do Povo,pois era os maiores
Gritadores de Leilão da
Redondeza.
Depois que Terminava o
Leilão,o Sanfoneiro
Começava a Tocar,os
Adultos,as Crianças a
Brincar,correndo de lá para
cá,era Grande a Alegria.
Com o Passar dos Anos,
Vemos com Tristeza que
tudo isso foi se Acabando,
já não se vê mais Aquela
Fé,Aquela Alegria.
A Capela Encontra se a no
mesmo Lugar,o que Sumiu
foram os Fieis,já não tem
a mesma Participação.
Dado que,diante de tudo
isso só nos Resta são as
Lembranças daqueles
Tempos,só Agora nós
Percebemos que Eramos
Felizes e não Sabíamos....

Raimundo Sucupira

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

GENTE DO MAL

Essa Gente é
Perigosa,
não larga do
meu Pé.
Essa Gente
Ardilosa,
não Guarda
a Fé.
Essa Gente
do Mal,
não Respeita
Nada.
Só espera o
Sinal,
para dar a
Cartada.
Que Ninguém
se Engane,
o Pior Ainda
Virá.
Que o Povo
de Dane,
eles só Quer
é Ganhar.
que Esteja
Ligado,
no que Estou
a Falar.
É Bom ficar
Preparado,
eles podem
Aprontar.

Raimundo Sucupira

NO LUGAR ERRADO

Caro Amigo,Nenhum Poderio
Poderia Estabelecer
Determinada Relação Entre
Dois Termos,dos Quais um
não Pudesse,de Qualquer
Forma,Ser Posto em Conflito
com o Outro.
Dado a Este Pressuposto,o
Melhor Seria,a Independência,
o Distanciamento Entre si,isso
Levaria Ambos à Desenvolver
o Seu Trabalho,as suas
Funções a Contanto.
Um sem a Interferência do
Outro,isso em nada lhes
Impede de ser Solidários nos
Momentos Oportuno.
Por não ter Conseguido fazer
a Famigerada Biometria antes
das Eleições,Procurei fazer
isso depois das Eleições.Dia
desse ao Dirigi-me ao Fórum
Desembargador Arnaldo de
Almeida Alcântara,por Tanto,
ao Cartório Eleitoral,para
fazer a Tal Biometria,Qual
não foi a Minha Surpresa.O
Dito Cartório Eleitoral
Encontra se,num Prédio em
Frente ao Fórum,mais
Precisamente na Casa do Vice
Prefeito.
Tudo isso seria Normal se não
tivesse esse Pormenor,ou seja,
não fosse o Dono do Prédio o
Vice Prefeito.
Como Militante Político,sempre
Preguei o Distanciamento entre
o Judiciário e a Política,os
Políticos.
Este Atrelamento não nos soa
muito Bem,cada um tem que
ficar na Sua,essa é a melhor
maneira para se ter uma Boa
Convivência Entre Ambos,de
modo que,a Meu ver,não seria
Saudável,a Justiça Eleitoral
e o Vice Prefeito sob o mesmo
Teto.
Não seria Saudável,Prudente,
essa Mistura,não sei o que se
passa,se é uma Situação
Provisória,o fato é que,isso
não pegou Bem.
Não Quero aqui,Começar
Nenhuma Polemica,tão
Somente fazer uma Simples
Observância,pois isso poderá
Causar Alguns Problemas mais
Tarde.
Repito,o Certo seria que cada
um Ficasse na sua,ou seja,o
Cartório Eleitoral no Fórum,
não na Casa de Político,isso
Evitaria causar um mal
Entendido.
Lembrando de um Velho
Chavão(Canja de Galinha e
Bom Censo não faz mal a
Ninguém)Faço essa Ressalva
para que Amanhã ou Depois
não venha a ter nenhum
Conflito de Interesse Político.
Só para Lembrar,uma Grande
Parte dos Homens se
Atormenta para Sustentar
Eternos Processos,e Parece
Disputar Calorosamente a
Primazia em Defender esses
Preceitos,o Politico que os
Engana,o Juiz que os Atrai
e o Advogado que os Ilude,
ao Final de tudo isso,Perde o
Cidadão,a Cidadania.
Ademais,que nesse Caso,o
Bom Censo Prevaleça para a
Harmonia de todos os Poderes.
Em Tempos tão Difíceis,em
que a Democracia nunca foi
tão Agredida,os Poderes
Precisou tanto uns dos
Outros,que isso seja feito,
Afinal,numa Democracia,o
Respeito às Leis,o Zelo pela
Jurisprudência é Fundamental,
por Tanto,que cada um faça a
sua Parte,porem,cada um na
Sua,no Seu Quadrado,ou seja,
na Sua Casa....

Raimundo Sucupira

sábado, 17 de novembro de 2018

CHUVA

A Chuva que
Caiu,
Molhando o
Chão.
O Verde que
Surgiu,
Alegrando o
Sertão.
A Cantoria
Voltou,
A Tristeza
Partiu.
O Pássaro
Cantou,
o Silêncio
Sumiu.
Da Noite pro
Dia,
essa Terra
Mudou.
O que se
Perdia,
Agora se
Salvou.
Esta Gota
Preciosa,
que cai ao
Chão.
Mais que
Milagrosa,
Salvou meu
Sertão.

Raimundo Sucupira

FAROFA DE CARURU

Caro Amigo,Como Homem
que nada mais tem que
fazer,que tivesse a
Humildade se Sonhar como
um Simples Mortal,ou
como Qualquer Infeliz,que
Tivesse a Beira do
Precipício nesse Mundo
Moderno,eis que Ponho-me
a Meditar.
Eis ai como passa cheio de
Inquietações os Homens,os
Dias,os Meses,os Anos,em
fim,a Vida Inteira.
Mas Deixamos de lado
Essa Multidão de
Inquietações e vamos ao
que Interessa,dia desse ao
Ir até a Janela da Alcova
para ver se ia Chover,vi
Algo que Chamou-me a
Atenção.
No Outro lado da Rua,em
Frente à minha Casa,ou
seja,à Beira do Muro da
Vizinha uma Bela e Viçosa
Moita de Caruru,ao ver
Aquela Beleza,não fiz de
Rogado,Calcei os Chinelos
saindo logo em seguida.
Depois de Alguns passos,
Atravessei a Rua,parando
em seguida em frente à dita
Moita de Caruru.
Tratei de tirar um Bom
Molho levando em seguida
para Casa donde mandei
Prepara-lo,Ansioso em ver
Tamanha Delicia sobre a
Mesa,não pude deixar de
Lembrar dos Velhos
Tempos.
Lembrei-me das Delicias
que minha Mãe fazia,
Dentre elas a Farofa do
Caruru,Sentávamos todos
em Volta da Mesa,cada um
com o seu Pratinho de
Barro a Espera da tão
Saborosa Iguaria,Tempos
Bons era Aqueles.
Eis que de Repente,chega
à Mesa a tão Esperada
Delicia para meu Deleite.
Comi com Gosto Aquela
Delicia,Algo que há muito
não Comia.
Recomendo ao que Ainda
não tiveram o Prazer de
Saborear essa Delicia.
Dado que,Ver-se Também
que,nesse Mundo Moderno
nem tudo Esta Perdido,com
um pouco de Paciência
poderemos Encontrar as
Coisas do nosso Passado
para Mergulhar na mais
Completa Felicidade.
Ademais,como um
Saudosista,gosto de
Relembrar as coisas Boas
que já fizeram parte da
nossa Vida,nos trás um
pouco de Alento a Alma...

Raimundo Sucupira

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

BELEZA RARA

Uma Terra Bem
Ressequida,
um Calor
Medonho.
Uma Beleza
Escondida,
Contendo um
Sonho.
A Esperança
não Morre,
o Jeito é
Sonhar.
À Fé Recorre,
não se pode
Parar.
Este é meu
Sertão,
a Vida não
Para.
Viver Neste
Chão,
é uma Beleza
Rara.
Como Ela não
Tem,
O Sertão é
Assim.
Te Quero Bem,
Es tudo para
Mim.

Raimundo Sucupira

DESCASO

Caro Amigo,"Podes,Desde
que Deves"isso nos
Faculta de Fazer Observar
que Este Argumento Esta
ficando tão Frágil Quanto
um Arbusto que Verga a
Qualquer Vento.
Aquele que Ainda Hesita
e não Pode ser Corrompido
pela Omissão,Sê-lo-á
Certamente Quando o
Poder Chagar-lhes às
Mãos.
Como Pratico Esporte
desde Criança,todos os
dias faço as Corridas
Costumeiras,Corro 5
Quilômetros em volta da
Lagoa.
De uns Tempos para cá,
Algo vem chamando-me
Atenção,as PALMEIRAS,
Estão Sumindo,é Sabido
que a Lagoa Era Rodeada
por Belas e Imponentes
PALMEIRAS.
Pois é,Estas Estão a
Desaparecer,ou seja,a
Morrer uma Apos a Outra,
para um Ambientalista,
um Amante da Natureza
ver esta Cena é muito
Triste.
Não sei o que se passa,o
fato é que,as Palmeiras
Foram-se todas,Restando
Apenas Algumas.Ao meu
ver Aquilo que Antes era
uma Bela PALMEIRA,
virou um TOCO,cheguei a
Seguinte Conclusão,talvez
Seja mais Fácil Gastar
Alguns Goles de Gasolina
com uma Moto Serra,para
Cortar um Esqueleto de
uma PALMEIRA Morta,
que Gastar com Alguns
Litros D,Água para Regar
uma PALMEIRA VIVA.
Como Ambientalista,ao
meu ver,Cabe a Nós não
só Fiscalizar,como
Também Cuidar,pois o
Cuidado com a Natureza
é uma Tarefa de cada um
de Nós.
Eis que são muitos os que
Esqueceram se,dessa
Responsabilidade,a Gula
Rouba-lhes toda a
Sutileza dos Olhos,Agora
é mais Cego que uma
Toupeira,já não vê o que
se Passa com a Mãe
Natureza.
O Preço de tudo isso é
Alto de Mais,a Persistir
com esse Descaso,com
essa Devastação,um dia
hás de Morrer Soterrado
nos Próprios Dejetos.Ai
não terá nem choro, nem
Vela,será o Fim da Vida
e o Começo da Luta pela
Sobrevivência.Dado que,
como Sempre Acreditei
no Ser Humano,Espero
que Estes Coloque a Mão
na Consciência e volte
Atrás,Cuidando Daquela
que Tanto nos Dar sem
nos Cobrar nada em
Troca,ao fazer isso,Estará
não só Salvando a Mãe
Natureza,como Também
a Própria Vida...

Raimundo Sucupira

sábado, 10 de novembro de 2018

MÃO DE DEUS

Nesse Mundo
Moderno,
onde manda o
Dinheiro.
Faz da Vida
um Inferno,
Ganha Quem
chega Primeiro.
Não se tem
Respeito,
por Quem vive
ao Lado.
Quem se julga
Perfeito,
pode Estar
Enganado.
Não se pode
Esperar,
dessa Gente o
Amparo.
Eles só Querem
Ganhar,
não Importa o
Preparo.
Só com a Ajuda
Divina,
vai ter
Salvação.
Para Mudar a
Sina,
Cabe a Deus
por sua mão.

Raimundo Sucupira

DE ARAQUE

Caro Amigo,Como Tenho
um Profundo Conhecimento
Jurisprudencial,falar-vos ei,
mais uma vez Sobre Este
Assunto,Desde os
Primórdios,com o
Crescimento da População,
viu se,a Necessidade de
formar as LEIS,Estatutos
foram Criados  para que a
Sociedade fosse Organizada.
Uma vez Feita as LEIS,elas
tem que ser Cumprida,não
pode Haver Descumprimento,
Supressão, ou se Respeita,
Cumpre, ou Instala se a
Anarquia.
Como um Homem que
Presa pelos Princípios
Éticos,Jurisprudenciais,que
sempre Presei pelos Respeito
às LEIS,por tanto,Faça se,a
LEIS,Observa se a LEIS,
Cumpra se a LEIS.
Tudo que tiver contra esses
Princípios,Esta contra a
LEI,ou seja,Fora da LEI,sé
Esta Fora da LEI,fere a
CONSTITUIÇÃO,Aquela
que Guarda as LEIS.
Ver um Leigo Afrontar a
Constituição,às LEIS,não é
tão Grave,Grave é ver e
Saber que seus Próprios
Representantes Estão a
Praticar Tamanha
Desventura.
Vejo com Tristeza que o
Judiciário Brasileiro Esta
em Frangalho,Chegou ao
fundo do Poço,já não é mais
o Guardião da Constituição,
da Jurisprudência,Feriram
de Morte as LEIS.
Seus Representantes há
muito Deixaram de
Cumprir seus Deveres,que
é Zelar pela Jurisprudência,
Passando a Atuar como
Defensores dos Partidos
Políticos.
Exemplo,um Juiz que se
diz Acima do Bem e do
Mal,Defensor das LEIS,
da Jurisprudência,Acaba
de Deixar o Judiciário para
Atuar na Política ou seja,
Assumir um Cargo
Político.
O que é mais Grave,Depois
de Perseguir um Ex
Presidente,Este mesmo Juiz
Aceita um Cargo num
Governo que Acaba de ser
Eleito.
Jogando por Terra tudo
Aquilo que Dizia,o Zelo
pela Jurisprudência,ficando
Claro o que Tinha por Trás
de toda as suas Ações,o
Interesse Político,não a
Defesa das LEIS.
Dado que,Mediante a Este
Argumento,que cada um
Faça a sua Reflexão,como
disse um Certo Galileu,dê
a Cesar o que é de Cesar,a
Deus o que é de Deus.Nesse
Caso,dê aos Políticos o que
é dos Políticos,e às LEIS o
que é das LEIS...

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

DE PÉ EM PÉ

A Bola Rolando,
Correndo de pé
em Pé.
A Torcida
Vibrando,
Gritando Olé.
Essa Pequena
Esfera,
tem um Grande
Valor.
Faz a Alegria
da Galera,
a Grandeza do
Jogador.
Este Belo
Esporte,
ao Alcance de
Todos.
Não Precisa ter
Sorte,
Nem tão pouco
Métodos.
É o mais
Popular,
em todo o
Planeta.
Todos Podem
Jugar,
Sem nenhuma
Suspeita.

Raimundo Sucupira

JOGO DURO

Caro Amigo,A Infância,a
Juventude,a Primeira
Idade do Homem,é a mais
Alegre e Bela,porem,as
vezes só damos conta
disso Quando sentimos
Sobre os Ombros o Peso
da Idade.
Lembro-me as Inúmeras
Diversões que os Jovens
daquela Época tinha,
dentre elas os Babas no
Campo da Lixa que
ficava nos fundos do
Colégio de Paramirim.
Lembro-me Bem de um
certo Baba donde formei
uma Zaga de Respeito,no
Gol,Jelão,na Lateral
Direita,Paulinho do
Angico,na Lateral
Esquerda,Dão Apache,
na Quarta Zaga,eu
Raimundo Sucupira,na
Zaga de Área,PC.
Antes do inicio do Baba
passei a seguinte
Instrução(não vamos
deixar essa Molecada
Gozar conosco,do
Pescoço para Baixo é
Canela,se for preciso
Abra a caixa de
Ferramenta)falei isso na
Base da Brincadeira,para
minha surpresa,seguiram
ao pé da Letra as minhas
Instruções,Abriram de
Verdade a Caixa de
Ferramenta,ou seja,
Baixaram o Sarrafo na
Galera.
Ao começar o Baba,
lançaram uma Bola para
o Zé Cebolinha na ponta
Direita,Dão Apache deu
uma Juntada no Zé
Cebolinha,Quando fui
ver,Apache estava com o
Joelho no Pescoço do Zé
Cebolinha ao Chão.
Batida a Falta,um outro
lance,dessa vez foi para a
Ponta Esquerda,para o
Zanata,Paulinho partiu
para cima do Zanata,
Quando vimos Paulino já
estava no meio do Mato
Arrastando o Zanata pela
Perna,deu Trabalho para
Soltar.
Um Escanteio,Jelão,
Goleiro Alto,Furnido,a
Mão parecia uma Pá,
Gritei,é sua Goleiro,o
Joelão deu uma Pazada
na Bola,ou melhor,uma
Mãozada que pegou mais
mais no pé do ouvido do
Zé Livuzia que na Bola,
Zé Livuzia saiu catando
Cavaco meio tonto,já
pedindo para sair.
O Jogo seguiu,a Bola
Rolou no meio do
Campo,fizeram um
Lançamento para o
Centroavante,como eu
era o Quarto Zagueiro,fui
primeiro na Bola,porem,
a Bola Encobriu-me(Gritei,
é sua Pepa)só ouvi o Tropel
e o Poeirão,passado alguns
segundos,o PC saiu do
meio da Poeira Limpando
o Bigode,Enquanto o
Centroavante
Estrebuchando ao Chão.
Não teve jeito,o Juiz parou
o Baba,dizendo,se não for
dividido novamente,não
dar para Continuar.
Aquela Zaga não poderia
Jogar mais Junto,desse dia
em diante,nenhum Jogador
Quis mais Brincar Conosco.
Dado que,essa é mais uma
das Passagens que nos
aconteceu no Tempo em
que o Futebol de Paramirim
era Levado a Sério,até nos
Babas as Pessoas tinha
Compromisso,sé fazia com
Amor e Dedicação.
Ademais,como um
Saudosista e Amante do
Esporte,faço Questão de
Relembrar essas Passagens
Boas que já vivemos nos
Campos dessa Terra,alem
de mostrar essa nossa
Historia,trás um certo
Alento a Alma desses que
que já não corre mais atrás
da Pelota...

Raimundo Sucupira


segunda-feira, 5 de novembro de 2018

RETRATO

De vez em Quando
Reparo,
Quem esta no
Retrato.
O Cachorro pelo
Faro,
o Cego pelo Tato.
A Investigação
Pela Pista,
O Doente pelo
Doutor.
A Guerra pela
Conquista,
A Paz pelo Amor.
A Corrida pela
Chegada,
A Planta pelo
Chão.
O Cabo pela
Enxada,
O Trabalho pelo
Pão.
O Homem pela
Mulher,
O Cuidado pelos
Seus.
Um Povo Quando
Quer,
Caminha para Deus.

Raimundo Sucupira

SEM RESSENTIMENTO

Caro Amigo,como Fizemos
Antes das Eleições, falei da
Política em Algumas
Crônicas,não seria Justo não
falar depois das Eleições,
por tanto,Falar-vos Hei.
Antes de mais nada,lembrar
vos ei de algo que disse,
 ("Suae Quisque Fortuna,
Fabe est"ou seja,o Homem
é o Arquiteto do seu Próprio
Destino.Isso é  a
mais pura Verdade,essa
Escolha é Soberana.
Sou Pois,um Revolucionário
com  mais e 40 anos de
lutas pelo Bem Comum,pois
nada tenho de meu,tão
Somente as Ideias que o
Tempo e o Coração me
deu.
Lembrando de uma das
passagens que Eu disse,
 (que o Homem é o
Arquiteto do seu
próprio Destino)isso é a
mais Pura Verdade,essa
Escolha é Soberana.
Lembrando de uma
Estrofe de uma Poesia que
Escrevi Algum Tempo
Atrás(Sou Um
Revolucionário cuja a
 Sina, é Campo de
Batalha.A luta nos
Ensina,
A Omissão nos
Atrapalha.
Abalizando nisso,sempre
lutei pelo Bem Comum,
a Liberdade,a Democracia,
a Vitoria,ou a Derrota,é a
Consequência da Luta.
Não Discuto o Resultado
da Eleição,Respeito,por
Respeitar,não discuto,
pois esta é a Escolha
Soberana da Maioria.
O Que Acaba de
Acontecer nessa Eleição,
foi a Escolha da Maioria,
da Povo,por um
Determinado Candidato,
sé ele é Bom ou Ruim,
isso só o  Tempo é Quem
vai dizer.
Torcemos para que tudo
possa dar Certo,pois trata
se do nosso Pais,da Terra
donde Nascemos e Vivemos,
não podemos Torcer
Cotra.
Diante da Divisão que
Instalou se,no Pais,nesses
Meses,vos Faço um
Lembrete,Palavras de
um Certo Intelecto(O Povo
Enganado de tudo
Quanto com ele tiver
Relação,Turva-se-à,em
Pouco,o Objeto do Ódio,
Aversão e Horror ao seu
Próprio Olhar,pois quanto
a Natureza em Geral,mais
Madrasta que Mãe,dar aos
Homens,e Sobretudo um
Pendor Infeliz que os
leva a Desdenhar o que
tem,para Admirar o que
não Tem.
Que o Povo voltem a
Razão,que pelo menos sé
Preserve o que se tem,o
que se Conquistou,com
Luta.
Dado que,como um
Revolucionário que
sempre lutou pela nossa
Liberdade,o Bem Comum,
Espero que os Demais
Também faça o Mesmo,
Afinal,é o nosso futuro
que Esta em Jogo,que Deus
nos Ajude a Todos.....


Raimundo Sucupira



sexta-feira, 2 de novembro de 2018

s











quarta-feira, 31 de outubro de 2018

IDADE

O Peso da nossa
Idade,
faz o Corpo
Reclamar.
Vai se Embora
a Vaidade,
só sé pensa em
Ficar.
Essa Vida é
mesmo Assim,
não tem como
Mudar.
Tem começo
meio e Fim,
um dia vamos
Parar.
Enquanto o dia
não Chega,
é Bom o Moço
Aproveitar.
Quem ao Mundo
se Apega,
Na passagem
não vai Pensar.
Tudo tem o seu
Dia,
sem contar com
a Hora.
Não Adianta
Rebeldia,
Um dia Vamos
Embora.

Raimundo Sucupira

SEMENTE DE MULUNGU

Caro Amigo,Eis que não
Atrevo-me a fazer
Nenhum Plano,Prefiro
Viver o Hoje,pois o
Amanhá Ainda Virá,
Chegamos a um Estagio
da Caminhada,que certas
coisas já me não é tão
Interessante,Viver o
Presente,torna-se a
Prioritário.
No Entanto,certas
Passagens da nossa Vida
não se Perde,não se deve
Esquecer se,pois trara se,
da nossa Historia,das
Coisas Boas que nos
Aconteceu no Passado.
Dia desse ao Folhar as
Paginas da Mente,
lembrei-me de uma
Passagem que Aconteceu
me na Infância.
Como toda Criança,
Acordava Cedinho,
juntamente com meus
Pais,Numa Certa Manhã
Acompanhei a Mamãe
logo Cedinho,ela foi ao
Paiol Encheu a Peneira
com Arroz de Casca.
Voltando para o Pilão,
Derramou o Arroz sobre
o Pilão,colocou um
Punhado de Cinza em
Meio ao Arroz,indaguei
o por que da Cinza sobre
o Arroz,Respondeu-me,
é para o Arroz não sair
do Pilão,não Entendi,
porem,não Questionei.
Ao Tempo em que meu
Pai dirigiu-se à Pedra de
Amolar,para Amolar o
Machado,Recebeu a
Advertência da Mamãe,
(Queno,vá ao Chiqueiro
que a Porca não Esta
Bem)Ao Terminar de
Amolar o Machado,meu
Pai,foi ao Chiqueiro
Voltando logo em seguida,
passou em meio ao
Terreiro,deu-me a seguinte
Ondem,Vá ao Mato
Apanhar Algumas
Sementes do Mulungu.
Depois que tomei o Café,
logo tratei de cumprir a
Tarefa a Mim Entregue,
de volta com as Sementes
do Mulungu.
De Posse das Sementes,
Minha Mãe as Torrou,
Moeu Misturou na
Comida e deu à Porca,foi
Tiro e Queda,no Outro dia
a Porca Estava Novinha
em Folha,ou seja,na Ponta
dos Cascos.
Dado que,para Quem
Mora no Sertão,longe da
Modernidade,tem Certos
Remédios Caseiro que é
uma Mão na Roda,Resolve
os Problemas que
Porventura venha a Surgir,
sem que seja Preciso ir a
Cidade,alem de Poupar o
nosso Tempo,Ainda Poupa
o nosso Dinheiro.Eita
Sertão que Quero Bem....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

MINHA TERRA

O Pensamento
Vagueia,
por Este meu
Sertão.
Na Pedra ou
na Areia,
na Água ou
Sequidão.
Essa é Minha
Terra,
Esse é o meu
Lar.
Rodeado pela
Serra,
que não para
de Vigiar.
Quem pisa
nesse Chão,
jamais vai
Esquecer.
Contagia o
Coração,
é Amor até
Morrer.
Sertão que
Quero Bem,
Terra do meu
Bem Querer.
Como Você
não Tem,
Aqui eu Quero
Viver.

Raimundo Sucupira

CAMINHOS

Caro Amigo,Quis o Sábio
Destino que o Homem não
Tivesse nenhum Poder
Sobre a Morte,Este
Fenômeno Fantástico,Cuja
as Regras Valem para
Todos,Ricos,Pobres,Pretos,
Brancos,Feios,Bonitos,em
fim,Somos todos Iguais
Perante Ela.
O seu Tratamento é Igual
para todos,Quando é
Chegado a Hora,não tem
nem choro,nem Vela,não
tem Escapatória,desse
nosso Destino Fatal.
Cada um de nós tem uma
Sagrada Missão,um
Caminho à Seguir,uma
Travessia a Fazer.Não é
Possível ficar Parado,
Caminhar é Preciso,por
tanto,façamos pois,uma
Cujo o Proposito seja o
Bem Comum.
Há,Talvez,Gente que,
Insensível a todas essas
coisas,só Encontra
Ventura no Convívio dos
Bens Materiais,Sabeis
por tanto,Qual a Fonte do
maior Prazer da Vida,o
Bem Comum,mas muita
Gente e Sobretudo os
Gananciosos,Preferindo
os Bens Materiais.
A Felicidade não
Consiste em Esta
Contente com o que se
tem,mas com o que se é,
com o que se faz,Quero
Provar-vos Também,que
não há Belos Atos dos
Quais não seja o Bem
Comum.
Há dois Sentimentos que
Impede as Pessoas de
Conhecer Perfeitamente
as coisas Boas,a Avareza,
que turva-lhes o Espirito,
e o Afasta dos Grandes
Feitos.
Sim,Quanto mais se
Entregam à Riqueza,aos
Bens Materiais,tanto
mais se Afastam da
Felicidade,ficando cada
vez mais Difícil ter uma
Boa Convivência com os
Demais.
Dado que,não Custa nada
deixar um pouco de lado
essa Busca Incessante e
Procurar nas Pessoas ao
lado,um pouco de Ternura,
ao fazer isso,teremos ao
menos um momento de
Trégua,de Paz Interior....

Raimundo Sucupira

domingo, 21 de outubro de 2018

FEITOR

Se o Homem do
Campo não Planta,
o Homem da
Cidade não Come.
Se a Honestidade
não Desponta,
a Corrupção não
Some.
Se a Verdade não
é Dita,
o Horizonte não
Brilha,
Se a Bondade não
é Vista,
não se abre uma
Trilha.
Se não manda a
Razão,
o Bem não fica
por Perto.
O Futuro da
Nação,
com certeza é
Incerto.
Se o Povo não se
Impor,
deixar de agir
feito Menino.
Por para Correr
Este Feitor,
vai ser Triste o
seu Destino.

Raimundo Sucupira

DEMOCRACIA OU FASCISMO

Caro Amigo,Fazendo Uso 
das Palavras de um certo
Filósofo,uma Vontade,
como já dissemos,Seria a
Vontade,que não fosse
Determinada por Razão
Alguma,Digamos,por
Nada,dado que Qualquer
coisa que Determina
Outra ou é uma Razão ou
uma Causa;uma Vontade
que Cujas as
Manifestações Individuais
Surgiram por acaso e sem
Qualquer Provocação,
Independentemente de
todo Vinculo Casual e de
toda Regra Logica.
O que Estamos Vendo e
Vivendo no Brasil nesse
Últimos Meses é Grave,
é Perigoso,Instalou-se o
Ódio em meio à
Sociedade,Estamos
Vivendo em meio a uma
Verdadeira Batalha,de
um Lado,a Esquerda
Tentando Representar o
Bem Comum,do Outro a
Direita,tentando
Representar o Fascismo,
o Mal.
No meio de tudo isso,o
Povo,mais perdido que
cego em Tiroteio,pois não
sabe mais em Quem
Acreditar,Tamanha as
Propostas que lhes são
Apresentada.
Pessoas que até pouco
Tempo Defendia a
Tortura,o Aniquilamento
dos Demais,Agora
Aparece como Salvador
da Pátria,ou seja,como
Santinho(Lembrando
do que disse um Certo
Galileu,Lobo Travestido
em Pele de Cordeiro
pronto para Devorar sua
Presa,Nesse Caso,o Povo)
Cada um de nós,por
pouco que Observe a
Própria Consciência,não
Tardará a Perceber que
o Objetivo desses
Pessoas é tão somente
Enganar os Demais,que
o seu Verdadeiro Objetivo
é chagar ao Poder.
Cabe a cada um de nós,
por tanto,só a nós,fazer
a Escolha,a Democracia
o Bem Comum ou o
Fascismo,o Mal,as
Cartas Estão sobre a
Mesa,Nesse Caso,em
Nossas Consciências,
para que seja depositada
nas Urnas no dia da
Eleição.
Dado que,que cada um
de nós,Vote com
Responsabilidade,para
que não venha a
Arrepender se,ou seja,
Vir a chorar sobre o
Leite Derramado,ou
melhor,o Voto mal Dado...

Raimundo Sucupira


quinta-feira, 18 de outubro de 2018

CHÃO

O Rajado a
Espreita,
na Boca do
Carreiro.
A Cerca
Bem Feita,
protegendo
o Poleiro.
a Prisunha
não Brinca,
Mata sem
dó.
Espingarda
na Trinca,
esperando
o Mocó.
Cavalo Bem
Treinado,
Rebanhando
o Gado.
Arame Bem
Esticado,
protege o
Cercado.
Essa é a
Lida,
que se tem
no Sertão.
A grandeza
da Vida,
que se tem
nessa Chão.

Raimundo Sucupira

FIFÓ NA TESTA

Caro Amigo,não é Possível
por em Duvida o Vinculo
que nos une,dado
isso,nenhuma Pessoa
Sensata Nutrirá em sua
Memoria,algo que não
tenha lhes acontecido no
Passado.
Em Paramirim na Década
de 60 tinha poucas Ruas
Movimentada,a que tinha
mais Movimento era a
Rua 7 de Setembro,para
os mais chegados,Rua de
Trás.
Dia de Sexta,Sábado,
Domingo,a Movimentação
era Grande,vinha Gente de
todos os lugares para
tomar Umas,tinha muitas
Vendas na Rua de Trás,
Donde os Boêmios vinha
Curtir.
Apesar da Movimentação,
Raramente acontecia algo
mais Sério,apenas alguns
Bate Boca,nada que uma
Boa conversa não viesse
a Resolver.
Tinha Alguns Valente,
dentre eles Mané Ferrado,
Mulato Alto,Furnido,fala
mansa,porem,Valente,
Qualquer coisa vinha
comer Sal na Mão.
Num Certo dia,numa
dessas Vendas,Mané
Ferrado Cismou com Biu
de seu Maroto,que por sua
vez Também era Valente,
não deu Outra,confusão na
Certa.
Pediram um tira gosto,veio
uma Coxa de Galinha e um
Pé,o Biu foi mais Esperto,
pegou a Coxa deixando o
Pé para Mané Ferrado,que
não Gostou,partiu para
cima do Biu de seu Maroto,
o Biu não se fez de Rogado,
passou a Mão num Fifó que
estava em cima do Balcão.
Foi uma Fifozada Certeira,
Bem no meio da Testa do
Mané Ferrado,abrindo uma
Brecha,donde o melado de
coruja desceu(para os que
não sabem,os Antigos
chamava o Sangue de
melado de Coruja)foi uma
confusão dos Diabos,Grita
da li,Grita da Colá,corre da
li,corre da colá,acode da li,
acode da colá,até que
Alguém chegou com uma
Bucha Encharcada com
Azeite Doce,colocando na
testa do Mané Ferrado.
Mandaram chamar o
Messias Soldado para
Resolver a Pendenga,
Messias Soldado mandou
outro Portador dizer ao
Biu que saísse pelos Fundos
que ele iria chegar pela
Frente.
Depois do Fuzuê,já com
os Ânimo um pouco mais
calmo,as coisas voltaram
ao normal,a Sanfona e o
Pandeiro voltaram a ditar
o Ritmo,seu Marcelino e
sua pé de Bode voltaram a
semear a Alegria aos
Demais.
O Arrasta pé comeu solto
ate o Romper do dia,tudo
sobre a Luz do Fifó,alias,
outro Fifó arranjado pelas
Pessoas,pois o da confusão
ficou aos Cacos.
Dado que,ao Lembrar
dessas passagens
Engraçadas,que se passou
nessa Terra,Quero tão
somente,fazer chagar aos
Moços tudo aquilo que já
vivemos nessa Terra que
tanto Amamos.Ademais,
como um Saudosista
Assumido,faço Questão de
Relembrar tudo isso,nos
trás,um Certo Alento a já
tão Conturbada Alma...

Raimundo Sucupira

domingo, 14 de outubro de 2018

HORA DA VERDADE

Na Hora da
Verdade,
se Peita o
Inimigo.
A nossa
Liberdade,
ainda corre
Perigo.
Não se pode
Vacilar,
nem fazer
vista Grossa.
O mal não
pode Prosperar,
contra o Bem
não há quem
possa.
O Rumo da
Nação,
não pode ser
Incerto.
Votando com
a Razão,
o Futuro vai
ser Concreto.
É Bom ter
cuidado,
com a vossa
Escolha.
Para não ser
Enganado,
Tratado feito
Bolha.

Raimundo Sucupira

O BEM OU O MAL

Caro Amigo,com a Omissão
da Igreja Católica e de
Algumas Entidades,a Direita
com a Ajuda da Imprensa,do
Judiciário,Evangélicos e
Militares,Estão tomando
conta do Cenário Politico
neste Momento.
Eis ai,o seu Legitimo
Representante a Ameaçar
a Jovem Democracia,pois
trata se,de um Militar que
serviu a DITADURA,
Torturador,Assumido,
Sanguinário,Homofóbico,
Racista,Truculento,Ameaça
a Paz Social.
O que mais nos Assusta,é
ver que o Dito cujo não
Apresenta nenhum
Programa de Governo,nem
mesmo participou de um
só Debate para Apresentar
as suas Ideias,se é que tem,
mesmo Assim,são muitos
os que o Apoia.
Vejo com Preocupação,que
Boa parte da Sociedade esta
Contaminada,já não pensa
no Bom Comum,estão
tomado pelo Ódio,Rancor.
Conquistas que nos custou
Anos de Lutas,corre o Risco
de irem parar na Lata do
Lixo,o Raciocínio esta a
perder para o Fanatismo,a
Razão para a Emoção,o
Amor para o Ódio,em fim,
a Liberdade para a
Opressão.
Há,Talvez,Gente que,
Insensível a todos esses
perigos,só encontra Ventura
no Convívio com essas
Pessoas,ou seja,com esses
Inimigos do Bem Comum.
Cessar os Olhos para os
Desregramentos desses
Inimigos do Bem Comum,
é jogar por Terra todas as
Conquistas que ao longo de
40 Anos de Lutas tanto nos
custou.
Que todos fiquem atentos,
um Passo mal dado,poderá
nos custar Caro,Sofrer por
4 Anos,tudo isso,por conta
do Fanatismo,da falta de
Compromisso com o Bem
Comum.
Por uma Ironia do Destino,
Pessoas que se diz Salvos,
Povo de DEUS,Refiro-me
aos Evangélicos,fazendo
tal Opção,ou seja,Optando
pelo Inimigo do Bem
Comum.
Dado que,que cada
Brasileiro e Brasileira
Pense Bem antes de Votar,
pois o seu Voto poderá
Mudar para Sempre o
Destino do Pais,para o Bem
ou para o Mal,não Sejais
pois,Instrumento do Mal
Contra nós mesmos.
Ademais,"Suae Quisque
Fortuna Fabe Est"o Homem
é o Arquiteto de seu Próprio
Destino,por isso,pense Bem
antes de Escolher o seu
Representante nessas
Eleições....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

REGRAS

Sé a Pinguela
Balança,
o Cabra pode
Cair.
Sé ele faz
Lambança,
a Madeira vai
Tinir.
Aquele que
anda Direito,
não tem o
que Temer.
Seu Caminho
é Correto,
são as Regras
do Bom Viver.
Quem Preserva
Boa Conduta,
Serve de
Exemplo.
Da Verdade
Desfruta,
do Amor será
o Templo.
A Vida é Bem
Assim,
não pode ser
Diferente.
O que é Bom
para Mim,
Também é para
o Semelhante.


Raimundo Sucupira


TORRADEIRA

Caro Amigo,Em Primeiro
Lugar,Haverá Algo mais
Doce,Algo mais Precioso
que a Memoria?Se não
Sabem Contar Historias,
Tirem de um Embolorado
Alfarrábio Quatro ou
Cinco Palavras com as
Quais Formarão uma Bela
Historia.
Conheceis,porem,uma das
Inúmeras Historias que já
Vivi ao longo dessa minha
Vida,nesse meu Sertão,de
modo que,com ela hei de
Obriga-lo ao menos por
de lado essa vossa
Preocupação.
Nasci e Cresci no Sertão,
em meio à Fartura,tinha
de tudo em Casa,pouca
coisa se Comprava na
Feira.
Lembro-me Bem uma
dessa pouco coisa que a
Mamãe Comprava na
Feira,era o Café em Coco,
pois era Assim que ela
chamava o Café Cru.
Como naquela Época não
tinha tantos Utensílios,isso
era coisa de Rico,lembro-
me dos Ritos que a minha
Mãe fazia para Torrar o
Café.
Ela Preparava uma
Torradeira de Barro,depois
colocava no Fogão a lenha,
tocava Fogo,Quando a dita
Torradeira estava Bem
Quente,colocava o Café em
coco,Quebrava Alguns
pedaços de Raspadura em
meio aos Grãos de Café.
De posse de uma Colher de
Pau com um Cabo Comprido
para não Queimar a Mão,
começava a mexer o Café.
Quando o dito cujo
Começava a Torrar,o Cheiro
ia Longe,Quem estava a
favor do Vento,Sentia ao
longe,Tamanho era o Cheiro.
Café Torrado,era hora do
Pilão,pois Moinho era coisa
de Rico,Quem não tinha ia
para o Pilão,depois era só
colocar numa Lata e Tampar.
De vez em Quando ao
Senta-me à Mesa para tomar
o Café,Vem-me a Mente o
Café que minha Mãe Coava,
Adoçado com Raspadura,era
uma Delícia que nunca mais
tive o Prazer de Saborear.
Dado que,Quando Bate a
Melancolia,Ponha-me a
Viajar no Tempo,a Relembrar
daquelas Delícias que só a
Nossa Mãe sabe Fazer,tudo
isso nos trás um Certo Alento
a já tão Conturbada Alma....


Raimundo Sucupira

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

TRAÇADO

Diante da Urna,
a Vontade.
Para os Corruptos
a Fortuna,
para os Honestos
a Liberdade.
Escolher o
Certo,
com a Razão.
É ser Correto,
com a Nação.
Neste momento
Importante,
se faz
Necessário.
Que seja
Transparente,
para continuar o
Cenário.
A Escolha
Certa,
o Voto Bem
Dado.
A Decisão
Correta,
o Destino Bem
Traçado.

Raimundo Sucupira

ESCOLHER BEM

Caro Amigo,"Suae Quisque
Fortuna Fabe Est"(o Homem
é o Arquiteto de seu Próprio
Destino.
Fala se muito em Mudanças,
porem,são poucos os que
Querem mudar de Verdade,
Vivem todos a Defender o
seu Legado.
Mudança mesmo,só da
Boca para fora,Querem estar
mesmo é numa Boa,Querem
mesmo é Continuarem
Usufruindo das Mordomias
que lhes Provem,ou seja,
Continuar como Dantes no
Quartel de Abrantes.
Nesses dias que Antecede
as Eleições,é Bom que
todos os Brasileiros e
Brasileiras Coloque a Mão
na Consciência,pense Bem
Antes de Escolher seus
Candidatos,pois é da sua
Escolha que a Sociedade
vai Depender pelos 4 Anos
Seguinte.
Que nessas Eleições todos
Coloque suas Ideias para
que de Corpo e Alma
Lavada possa tomar a
Melhor das Decisões,ou
seja,Escolher as Pessoas
Comprometida com o Bem
Comum.
A Felicidade não Consiste
em Esta se Esta Contente
com o que se é,com o que
tem,mas com o que se
Oferece aos Demais.
Cessar os Olhos aos
Desregramentos dos
Políticos,é Iludir-se no
Tocante aos seus Delitos,
Imita-los, Amar neles  os
Vícios,Adora-los,como se
fosse Deuses,Leva-los hão
para o Fundo do Poço.
Há Talvez,Gente que,
Insensível a todas essas
Preocupações,só encontra
Ventura no Convívio com
essas Pessoas,sabeis por
tanto,agora,Qual a
Responsabilidade de cada
um de nós,a Nobre Missão
de Alertar os que nos
Rodeiam,para que não
venha a cair nessa Telha,
ou seja,a ser Enganado.
O Bom Procedimento de
cada um de nós vai manter
à Sociedade o que Pode a
Razão contra tão Poderoso
Inimigo,é Ela a Razão,que
vai Iluminar todos e todas
as nesse momento.
Dado que,que cada um de
nós faça o que tem que ser
feito,Separar os Bons dos
Maus,de Posse dessa
Faculdade,possa por fim,
Trassar o nosso Destino
por mais 4 Anos.Boa
Eleição a Todos e a Todas....


Raimundo Sucupira

sábado, 29 de setembro de 2018

GATO DE RUA

Encontrei um Gato
na Rua,
Magrinho só Osso.
Lembrei-me da
Beleza Sua,
da fartura e do
Colosso.
Disse esse é Meu,
não vou Abandoar.
O Pai Este me
Deu,
para que eu possa
Cuidar.
Dei lhes um Nome
Pomposo,
o chamo de
Bonitão.
Eis mais um Filho
Maravilhoso,
Mora em meu
Coração.
Chegaste em minha
Vida,
com Quem não Quer
Nada.
Tentando uma
Saída,
Agora tens uma Bela
Morada.


Raimundo Sucupira

FACILIDADES

Caro Amigo,Mas como o
Homem,Destinado aos
Negócios,não para de
Evoluir se,Esta Sempre a
Inventar,há Talvez,Gente
que,Insensível a todas
Essas Invenções,só
Encontra Ventura no
Convívio com o Antigo.
Dia desse,ao tentar fazer
a Limpeza na Geladeira,
fiz uma Verdadeira
Varredura nas Paginas
da Mente.
Veio-me a Lembrança
uma Cena Corriqueira
nos Tempos Idos.
Montava se Vários
Esquemas para
Armazenar as coisas
em Casa.
Lembro-me Bem de
Alguns deles,de 6 em 6
Meses Matava se um
Capado,destrinchava o
dito cujo,tirava todas as
partes.
Boa parte da Carne ia
para o Varal nos Fundos
da Casa,lá Secava por
Alguns Dias.
A Outra parte,Mamãe
Fritava,colocava tudo
nas Latas e Armazenava
na Dispensa,lá ficava
por 6 Meses ou mais.
Quando Precisava era só
Tira das Latas e
Esquentar.
Os Custais de Raspadura
em meio ás Palhas de
Bananeira no Paiol ao
lado da Casa,o Milho,o
Arroz de Casca pronto
para Pilar,era só pega-lo
e leva para o Pilão que
Reinava Soberano em
meio ao Terreiro.
Seguindo esses Preceitos
a Vida seguia o seu
Curso,sem nenhuma
Presa é Claro,hoje,a
Historia é Bem Diferente,
de tudo se Compra no
Mercado.
Dado que,Diante da
Modernidade,das
Inúmeras Facilidades que
se tem para Comprar as
Coisas,fica muito mais
fácil,se todas essas
Mudanças Boas ou Ruim,
se Facilita ou Atrapalha,
o Fato é que,tem muitas
coisas que não são mais
como Antigamente,ou
seja,Umas para Melhor,
Outras para Pior.
Ademais,como um
Cidadão que Sempre
Olhou para Frente,porem,
sem Esquecer-se do
Passado,Sempre Procurou
Preservar as coisas Boas
do Passado,Afinal,se não
Faz Bem,Mal Também
não há de Fazer.Eita
Sertão que Quero Bem....


Raimundo Sucupira


quarta-feira, 26 de setembro de 2018

VALENTIA

O Homem Esta
Perdendo,
o Contacto com
a Natureza.
Ambos vão
Morrendo,
isso é mais uma
Certeza.
A Gula fala mais
Alto,
só pensam no
Dinheiro.
Tudo virou
Asfalto,
não se tem mais
Atoleiro.
Com a Derrubada
da Floresta,
já não chove
mais.
Só Tristeza que
Resta,
nas Paginas dos
Jornais.
Sé isso não
Mudar,
a coisa vai ficar
Preta.
Nós vamos
Acabar,
no Fundo de mais
uma Valeta.


Raimundo Sucupira

PÉ DE GALINHA

Caro Amigo,Ainda Criança,
sem a Curiosidade de que
Busca Penetrar os Segredos
da Natureza,Conhecer
Coisas Novas,Descobrir as
Causas Ocultas e Todos os
seus Mistérios,Conhecer o
que Existe Alem do Céu
Era Extravagâncias que
Jamais lhes Cruzava a
Mente.
Afinal,Eramos Crianças,e
como Criança Vivia sob o
Julgo dos Pais,Estes por
sua vez,era Quem Decidia
o que devia fazer,ou seja,
Ajudar nos Afazeres da
Casa ou Estudar,as vezes,
as Duas Coisas,Eu fiz as
Duas.
Em umas das minhas
Andanças por Este Sertão
que tanto Amo,ao Visitar
uma Certa Comunidade,
passei por um lugar,dei de
Cara com Arrozal.
Ao ver aquela Cena Bela,
pois o dito Cujo Estava
todo Cacheado,não pude
deixar de Voltar no Tempo,
as Inúmeras Empreitadas
que Travei nas Roças de
Arroz que meu Pai
Plantava.
Quando o Arrozal
Começava a Crescer,já
Começava o Trabalho,
Quando Estava Molhado
de mais,meu Pai dava a
Ordem,os Pequenos iam
para o Arrozal Arrancar
os Pés de Galinha.
Para Quem não Conhece,
a Lida na Roça,o Pé de
Galinha é uma Especie de
Graminha que Espalha se
com facilidade nas Roças
de Arroz.
Quando a Terra Estava
Bem Molhada,não dava
para Arrancar com a
Enxada,o Jeito era fazer o
Trabalho com as Mãos,ou
seja,Arrancar a Unha.
Depois dessa Empreitada,
mal Descansava,o Arroz
Começava a Cachear,era
hora das Baias,Tinha que
Montar o Girau,pois era no
Girau que Eu ficava para
Tocar as Baias.
Girau Pronto,Construido
Estrategicamente em meio
ao Arrozal,Embornal de
Pedras,Zunga em Mãos,
Começava a Lida,essa
Pendenga durava até que
o Arrozal era Cortado e ia
para o Terreiro para Bater.
Quando isso Acontecia,a
Meninada tinha Alguns
dias de folga,sempre a
Espera de Alguma Ordem
dos Pais,Afinal,Naquela
Época,Ordem dos Pais não
Questionava,Cumpria-se
sem Reclamar.
Dado que,diante desse
Mundo Moderno,dessas
Inúmeras Mudanças,Quase
não Obedecem os Pais,
Quando faz,faz com uma
Certa Restrição,faço
Questão de fazer essa
Lembrança,foi Graças a
Essa Obediência que sou
um Cidadão que só Anda
Sobre a Luz da Razão.
Ademais,como um Cidadão
que Preserva os Preceitos
que Herdou dos Pais,faço
Questão de passar para a
Minha Filha,para que possa
passar para meus Netos,
posso pecar por Excesso,não
por Omissão....


Raimundo Sucupira

sábado, 22 de setembro de 2018

SENTIDO

Sé a sua Estrela
não Brilha,
não venha
Ofuscar a Minha.
Siga a sua
Trilha,
mesmo que seja
sozinha.
A Inveja é
Maldita,
Atrapalha uma
Vida.
Por ninguém é
Bem Vista,
é Preciso ser
Contida.
Quem nutre esse
Sentimento,
não sabe o que
diz.
Só conhece o
Sofrimento,
não sabe ser
Feliz.
Cada um tem
que Lutar,
contra essa
Divisão.
A Sociedade
Preparar,
Baseada na
União.


Raimundo Sucupira

O ULTIMO GOLPE

Caro Amigo,Os Políticos já
me não tem mais Obrigações,
vivem Incessantemente
ocupados em Bombardear
os Ouvidos do Povo com
Asneiras,Promessas e
Propostas Ridículas,no
Fundo,não passa de Lobos
em Pele de Cordeiro,ou seja,
Inimigos do Povo.
São três os Inimigos do
Brasil e dos Brasileiros e
das Brasileiras,o Judiciário,
o PSDB,a Globo e seus
Lacaios.
Estes de Coluio deram o
Golpe na Dilma e na
Democracia,depois deram
o segundo Golpe,tirando o
Lula das Eleições.
Há muito venho Alertando,
o PSDB,a Globo e seus
Lacaios Infiltraram se no
em meio ao Judiciário,
estão a Tramar contra o PT
e seus Aliados,isso é Fato,
Basta fazermos uma Analice
ao que se passa ao Pais.
A Começar por São Paulo,
um Estado Governado pelo
PSDB há Quase 20 Anos,a
Corrupção em São Paulo,o
Caso dos Trens e Metro,
nada foi Investigado,os
Processos foram
Engavetados.
No Paraná,os desmandos
do Governador Beto Richa,
o Judiciário Empurra com
a Barriga,Prenderam o Ex
Governador,no Outro dia o
Ministro Gilmar Mendes o
Soltou,ou seja,uma Prisão
para Inglês Ver.
O Tucano Aécio Neves,
pintou e Bordou em Furnas,
Recebeu Malas de Dinheiro,
nada disso serviu como
Provas,foi o Próprio Ministro
Quem disse isso.
Os Doleiros,todos ligados a
essa Gente,nenhum ficou na
Cadeia,foram todos Liberado
pelo Ministro Gilmar Mendes,
os Delatores estão Soltos,
Gozando do Dinheiro que
Roubaram do Pais.
Preso mesmo,só o Lula,sem
nenhuma Prova,pois até Hoje
não foi Apresentada Provas
que Prove de fato,que o tal
Triplex seja do Lula.
Só para Lembrar,um Detalhe
que passa Despercebido,
todos os Julgadores do Lula
são Filiado ao PSDB,ou são
ligados ao Partido.
Dar-vos,ei dois Exemplos,
o Juiz Sérgio Moro é Filiado
ao PSDB do Paraná,o tal
Empresário que Arrematou
o Tal Triplex,esta envolvido
em vários Delitos,e é ligado
os PSDB.
Diante de tudo isso,fica claro
de Qual o Judiciário
esta,tanto fizeram,que
Tiraram o Lula das Eleições,
Ceifando Então,os Sonhos
de Milhões de Brasileiros e
Brasileiras.
Dado que,diante de tudo
isso,esses Políticos
Corruptos,essa Mídia
Vendida,esses Urubus de
Toga,não tem nenhum
Precedente para Apontar
nenhum Rumo ao Povo,por
tanto,cabe ao Povo,Somente
ao Povo,Escolher e Trassar
seu Próprio Destino,as
Urnas será o seu Veredito....


Raimundo Sucupira

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

OSSOS

A Alvura dos
Ossos,
Espalhado pelo
Chão.
Nos causa
Remorsos,
é tamanha a
Sequidão.
Uma Seca
Medonha,
nos acossa
sem Parar.
Um dia se
Sonha,
desse mal se
Livrar.
Mesmo assim
não Deixo,
esse meu
Torrão.
Ele é o Eixo.
que Sustenta
meu Coração.
Meu Sertão
Querido,
de ti nunca
Reclamo.
Por Deus foste
Prometido,
Terra que tanto
Amo.


Raimundo Sucupira

ARVOREDO

Caro Amigo,Quando Acoça-me
a Melancolia,saio Vagando por
esse Sertão a Fora,Quando saio
não Costumo Levar muita coisa,
Principalmente Tecnologia,só a
Filmadora,nada mais que isso.
Dia desse ao ser Acometido por
ela,pequei a Filmadora,o
Embornal,Alguns Apetrechos e
sai pelo Sertão em Caminhada.
Não vou falar o lugar por onde
Andei,para não despertar a
Atenção de Alguém  que
Porventura venha a ser Parente
da Pessoa que já foi o Dono
Daquelas Terras.
Como disse há Pouco,não
Costumo fazer uso da tal da
Tecnologia,por isso não
Carrego GPS,por isso vou fazer
uma Base,Andei mais ou menos
de 10 a 15 Léguas,nada mais,
nada menos que isso.
Sempre Atento,fazendo as
Minhas Observações,pois o
Objetivo é Deitar tudo isso ao
Papel Quando Volto para Casa.
Já Cansado,Devido ao Sol
Escaldante que Reina por essas
Terras,ao Subir numa
Determinada Colina,ao longe
um Enorme Arvoredo.
Essa Visão chamou-me Atenção,
pois o Dito Arvoredo Destacava
Entre a Vegetação ao Redor,
Fiquei Curioso,fui de Encontro
ao Dito Arvoredo,Andei por
mais uma ou duas Léguas,
Finalmente,Estava Diante do
Imponente Arvoredo.
Algo chamou-me Atenção,os
Belos Cachos de Flores
Amarela,Constatei que se
Tratava de um Belo Pé de
Tamboril.
Devido ao Sol Escaldante,fui
para a Sombra,coloquei as
Tralhas ao Chão,Encostei-me
numa Pedra.
Relaxei um pouco,Sentindo o
Cheiro das Flores e Ouvindo o
Tinido das Asas dos Insetos,
Estes Atraídos pelas Flores.
Eis que de Repente um Clarão
Chamou-me Atenção,em meio
ao Clarão,Surge um Mancebo,
Sujeito Alto,Cara Estreita,Bem
Vestido,Palitó Azul Marinho,
uma Vistosa Corrente de Ouro
Indicava que Levava um
Relógio no Bolso do Colete,
em Mãos uma Bengala,com
um Adorno parecido com uma
Cabeça de Cavalo.
Meti a Mão na Algibeira,tirei
a Caneta e o Bloco,porem,os
Dedos Travaram,nada Escrevi,
não lhes fiz nenhuma Indagação.
Depois de um Breve Silencio,
Finalmente ouvi a sua Voz,uma
voz Firme,Pareceu-me um
pouco Autoritária(Esta vendo
tudo isso,é tudo Deleite meu)
Com a mesma Rapidez que
Apareceu,Também
Desapareceu.
Não Senti Medo,pois o Medo
é Algo que nunca tive,peguei
um Pedaço de Raspadura no
Embornal,pois a Raspadura é
Bom para nos dar Sustança na
Caminhada,Comi dois ou Trés
Pedaços,Tomei uns Goles
D,Água,juntei as Tralhas e fiz
o Caminho de Volta.
Dado que,em Casa,já um pouco
Descansado,da longa
Caminhada,fiz Questão de
Deitar ao Papel essa Passagem
que Aconteceu-me,para que
saibam que nesse Mundão,há
mais Mistério que se possa
Imaginar.
Ademais,como gosto de fazer,
já Estou pronto para fazer mais
uma Caminhada por Este
Sertão que tanto Amo,se não
for Pedir de mais,sem Certas
Visitas,ou Melhor,Aparições....


Raimundo Sucupira

domingo, 16 de setembro de 2018

JANELA

Pela Banda da
Janela,
Iaiá Espiando.
Que Gente foi
Aquela,
que por aqui
vai Passando.
Esta Gente
Estranha,
nunca vi Igual.
da uma Cisma
Medonha,
isso não é
Normal.
Tomara que
não Ficasse,
isso não ia dar
Certo.
Se essa Terra
Ressecase,
Transformaria
num Deserto.
No Sertão não
tem Lugar,
Pra esse Gente
Enxerida.
A Floresta tem
que Preservar,
com ela a nossa
Vida.


Raimundo Sucupira


PARAMIRIM,140 ANOS

Caro Amigo,Todo Homem
tem que Orgulhar se da
Terra Donde Nasceu,pois
é Nela que tudo Começou,
Os Seus Primeiros Passos,
Consequentemente seus
Primeiros Sonhos.
Paramirim,meu Amado
Rio Pequeno,Torrão
Donde Nasci,Rodeado
Pelas Montanhas,Vale
Perfeito para se Viver,
Terra Prospera e
Acolhedora,Aquele que
por Aqui se Aporta
Jamais Esquecerá,Amor
há de Sentir.
Quando os seus Primeiros
Raios Dissipam as Travas
que Toldam o Horizonte,
ou Assim como,diante da
Primavera que nos trás a
Beleza das Flores,tornando
Este Vale muito mais
Florido.
Nascido em tão
Esplendido Recanto,não
foi o meu Nascimento
Anunciado por Tristeza,
mas pela Alegria da Mãe,
Mulher que Sempre me
Sorriu Graciosamente,
dando-me,o seu Amor
Materno.
Sé com Razão é que se
diz Fazer o Bem aos
Homens,Essa Terra é um
Bom Exemplo disso,o
que Gera e Multiplica o
Bem Estar dos seus
Filhos.
Mas não Basta Ter-vos
Demostrado que de ti o
Principio e o Começo da
Vida.
É Preciso que se Ame que
Devota Esse Mesmo
Amor,Esse Carinho.
Feliz pelos seus
Benefícios,Amado pelos
Amigos,Desempenhando
Excelentemente Bem o
Papel de Filho,Ouso
Chamar-te de Mãe,Nesse
dia tão Belo,140 Anos
de Vida,Paramirim,minha
Terra Querida,sou Louco
por ti.
Contemplai Essa Gente
Alegre e Sonhadora que
se Dedica à Arte de
Amar,a Sua Alma
Incessantemente Agitada
para uma Multidão de
Sonhos e Ideias que hão
de Prosperar....

Raimundo Sucupira

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

LICURI

A Palha do
Coqueiro,
Balançando
ao Vento.
Em Baixo o
Vaqueiro,
Prepara seu
Alimento.
No Sertão o
Licuri,
Produz com
Fartura.
O que se Vê
por Aqui,
dessa Árvore
a Formosura.
Do Coco o
Alimento,
o que ele nos
Concede.
Da Palha o
Sustento,
nada aqui se
Perde.
No Sertão é
Assim,
Tudo tem seu
Valor.
Es tudo para
Mim,
Es Grande o
meu Amor.

Raimundo Sucupira


CHAPÉU DE PALHA

Caro Amigo,Não Esperais de
Mim nem Definição,nem
Divisão de Retórico,Aqui não
Caberia tal Coisa,Definir-me
Hei,Apenas como um
Saudosista que Quer tão
Somente Relembrar as coisas
Boas que Lhes Aconteceu no
Passado.
Nada nessa Vida é por Acaso,
nem tão pouco Complicado,
só Depende do ponto de vista
em que se coloca,a Minha
Infância foi Dura,porem,não
tenho do que Reclamar.
Basta Analisar as Coisas pelo
lado Bom,isso é o que Sempre
Faço,jamais deixei de
Preservar os Preceitos que
Herdei dos meus Pais.
Desde Cedo Aprendi com
Eles o Valor do Trabalho,do
Caráter,da Honestidade,da
Palavra,pois todos esses
Preceitos Dignifica o Homem.
Lembro-me Bem a Dureza
que era a Vida naquele Tempo,
porem, a Gente Tirava de
Letra,Arranjava Sempre um
Jeito,mas a Comida não nos
Faltava.
Meus Pais Tinha um Esquema,
2 vezes por Semana íamos à
Serra da Santana Buscar
Palhas de Coqueiro Licuri,pra
fazer Esteiras e Chapéus.
Papai Acordava às 3 Horas da
Manhã,com a Candeia em mãos
nos Acordava,Eu com 10 Anos,
era o Primeiro a Levantar,
Calçava as Alpercatas de Coro,
pegava o Embornal com o
Estilingue que ficava pendurado
ao Porno.
Ainda Escura colocava os pés
na Estrada,pois ia a pé,Carro
nessa Época era coisa de Rico.
Ao Chegar lá,de posse do
Facão Bem Amolado,meu Pai
Cortava as Palhas do Coqueiro
Licuri,fazia um Pequeno Feixe
para cada um,colocava a
Quantia que Aguentava
Carregar.
Tudo Arrumado,meu Pai nos
levava para o Olho D,Água que
ficava ao pé da Serra,Abria o
Embornal,que carregava
Contendo Farinha com
Raspadura,cada um Comia o
Seu.
Depois pé na Estrada,Quando
chegava em Casa,Estava todo
Escadeirado,devido a Carga
que Carregava,não Reclamava,
pois era o nosso Ganha Pão,a
nossa Sobrevivência,não
Tinha Tempo para Lamentação.
Com a Palhas no Terreiro,era
Hora da Mãe fazer os Chapéus,
o Chapéu que Ela fazia era o
Casco de Tatu.
Lembro-me Bem como era,a
Mãe Transava as Tiras de 5
Fina e Comprida,ia Arrodiando
no Molde,ao mesmo Tempo ia
Costurando com Linha de
Algodão,Quando chegava ao
Final,o Chapéu Estava Pronto.
Aos Sábados,Mamãe levava à
Feira para Vender,com o
Dinheiro,a Despensa estava
Abastecida.
Dado que,ao ver os Modos em
que os Filhos de Hoje em dia
são Tratados,fico um pouco
Preocupado,não pode isso,não
pode Aquilo,vemos que no
final das Contas,Quem sai
Perdendo nessa Historia são
os Filhos.
Ademais,como um Filho que
faz Questão de Preservar os
Ensinamentos que Herdei dos
Pais,Quero Passa-los para a
Minha Filha e Netos,isso é o
Minimo que posso fazer em
 Memoria dos meus Pais....


Raimundo Sucupira

sábado, 8 de setembro de 2018

FALANDO DE AMOR

Um Dia o Poeta
Falou,
o Amor Haverá
de Vencer.
Esta Semente
Germinou,
um dia há de
Florescer.
Quem fala do
Amor,
não fica
Esquecido.
É como Jardim
em Flor,
logo Percebido.
Vale Apenas
Viver,
Amar e Sonhar.
Quem ao Amor
Recorrer,
Triste não vai
Ficar.
Viva a Vida,
Viva ao Amor.
Essa é a
Saída,
para Combater
a Dor.


Raimundo Sucupira

DESAPEGO

Caro Amigo,Apesar da
Insistência,Querendo
ficar,um dia Haveremos
de Partir,uns Brevemente,
Outros se Alonga um
Pouco mais,no Entanto,
todos Partiremos um dia,
nada nos Segura por
Aqui.
Refletindo com Calma,
não e Difícil chegar a
Conclusão de que a
Vaidade não passa de
uma mera Ilusão,coisa
Passageira,Sempre fiz
Questão de dizer,Aqui
chegamos só e sem
nada,Lutamos o Tempo
todo para Juntar Fortuna,
Quando Partimos,
Partimos só e sem Nada,
não Levamos nada,fica
tudo Aqui.
O que nos deixa Triste é
Saber de tudo isso,e
Continuar Insistindo
Querendo ficar,Querendo
Juntar Fortuna,
Esquecendo Então,da
Única coisas que nos
Interessa de Verdade,a
Pureza da Alma.
É na Alma que esta o
nosso maior Tesouro,as
coisas Boas que
Praticamos,é somente
isso que será levado em
Consideração no dia do
nosso Julgamento.
No mais tudo será
Descartado,ou seja,será
deixado para trás,as Boas
Ações é que Pesarão
Perante o Juiz.
Haverá Sempre Pessoas
que,não levará nada disso
em Consideração,que
Continuará a sua Corrida
Desenfreada Rumo à
Riqueza,Eis ai os Ilustres
Personagens que,Guiado
pela Ganancia,
Pretendendo dar se Bem
na Vida.
O que os faz manter se,
na Ganancia,havera
Sempre Interesseiros que
se Esforçam para lhes
Agradar,pois Sabem que,
Adulando os Gananciosos
lhes tiram Sempre um
pouco de Vantagem.
Não Sabendo Este que,
tudo isso não passa de
Mera Ilusão,que nada
disso será levado em
Consideração na Hora da
Verdade.
Dado que,Quero Provar-
vos Também que não há
Boas Ações das Quais
não se Possa Praticar,
tudo é Possível,Basta
Querer se,Haverá Sempre
uma Maneira para
Recomeçar,as Boas Ações
é uma Delas....


Raimundo Sucupira

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

ELO

Não tem nada mais
Belo,
que se Acoitar
no Sertão.
Existe um
Elo,
entre o Sertanejo
e seu Torrão.
Um Sertanejo de
Verdade,
não deixa este
lugar.
A sua Felicidade,
esta sobre o seu
Lar.
O Sertão é a sua
Vida,
sem ele não sabe
Viver.
Dessa Terra
Querida,
só sai Quando
Morrer.
Sertão meu,
Terra que Quero
Bem.
Como o Pai nos
Prometeu,
como você outra
não Tem.

Raimundo Sucupira

TUTANO

Caro Amigo,Antes de tudo,é
Verdade que a Infância,a
Primeira Idade do Homem,é
Sem Nenhuma Sombra de
Duvida,a mais Alegre e
Encantadora das Passagens,
por que,Desde o Instante do
Nascimento somos Envolvido
em uma Atmosfera Especial,
que só os Pequeninos são
Capaz de Sentir.
Neste Momento Especial da
nossa Vida,a Natureza Sabia
Mãe,Derrama sobre nós o
Sedutor Encanto das
Passagens,Coisas que só se
tem na Infância.
Dia desse ao ir à Feira dei
uma Passadinha no Açougue
para Comprar a Carne,ao
passar por um Determinado
Box,vi Algo que,há muito
não via.
Ao Olhar para um Varal,vi
Alguns Pernis Pendurado,
Algo que não via há muito
Tempo,Geralmente se
Compra isso cortado para
coloca-lo na Feijoada,ao ver
Aquela Cena,não foi possível
deixar de voltar no Tempo,
Lembro-me Bem,Mamãe
Comprava os Pares de Pernis
para colocar no Feijão.
Ela Tinha uma Enorme
Panela de Barro,Cortava os
Pernis,colocava para
Cozinhar dentro do Feijão.
A Meninada já ficava
Ligada,na hora do Almoço,
um Gritava de cá,o Osso do
Papai é meu!o Outro gritava
de lá,o Osso da Mamãe é
meu!ficava a Espera de tão
Precioso Momento.
Quando eles acabavam de
Comer,nos Entregava os
Ossos,de posse dos Ossos,
vinha a Recompensa,como
a Dentaria era Boa,depois
de Roer-los vinha o melhor,
Virava a Colher,Batia o
Osso em cima da Colher
Algumas vezes,até que o
Tutano caia Sobre a Colher,
Ai era só Saborear Aquela
Delicia.
Há talvez,Gente que,
Insensível a todas essas
Passagens da Infância
preferem Esquecer se,ao
Contrário Deste,procura
lembrar,pois,ao fazer isso
nos trás um Certo Alento
já que o Tempo passou,e
com ele Também a nossa
Infância.
Dado que,como Sempre
fiz,tento passar Alguns
Preceitos,Dentre eles as
Coisas Boas que fizeram
Parte da nossa Saudosa é
Bela Infância,nos trás uma
Certa Paz de Espirito....

Raimundo Sucupira

sábado, 1 de setembro de 2018

ESPERTEZA

Tem Muita Gente
Vivendo,
no Mundo da
Esperteza.
A Verdade
Escondendo,
não fala nada
com Clareza.
Essa Gente vem
Agindo,
fora da Razão.
A Verdade vai
Sumindo,
Prevalece o
Espertalhão.
Nessa Luta
Desigual,
os Bons sai
Perdendo.
São Tragados
pelo Mal,
aos poucos vão
Morrendo.
Que a Verdade
Prevaleça,
diante desse
Impasse.
Que o Povo não
Esqueça,
que o Sol sempre
Nasce.

Raimundo Sucupira

ESCOLHAS

Caro Amigo,Quando um
Candidato é Fidedigno,
ele Tende a nos passar a
Fidúcia,Quando isso
Acontece,a Recíproca é
Verdadeira,Haverá
Sempre a Inteiração
Entre Comando e
Comandados,ou seja,
jamais haverá a
Felonia.
Imaginai Agora um
desses Candidatos que
se vêem por Vez,
Desconhecedor das Leis,
sem Respeito ao em
Publico.
Este Unicamente
Ocupado com os seus
Próprios Interesses,
Imerso em toda Especie
de Maracutaias,Inimigo
da Democracia,da
Verdade e do Bem
Comum,que na Verdade,
não passa de um
Finório.
Ocupando Então,tão
somente com às suas
Paixões e à sua
Utilidade Particular,e
pouco Preocupado com
o Destino da Nação.
Este,Rodeado pelos
Prazeres,Adulações,o
Luxo e Mil outras
Coisas passa à Condição
dos Gestores,os Afastam
Constantemente do
Dever,que é Zelar pelo
Bem Publico.
Diante de tudo isso,deixa
de Vigiar-se,para não ser
Seduzido pelas Donzelas
do Poder que Buscam
Incessantemente afasta-
los do Bem Comum,e,sem
falar das Ciladas,dos
Ódios e dos Perigos que
os Ameaçam
Constantemente os dias
do Bom Gestor.
Eis ai as Eleições a Bater
em nossas Portas,dezenas
de Postulantes ao Comando
do Pais,e as suas Propostas.
Que direi de Algum dessa
Gente que,sendo na sua
Maioria a mais Traiçoeira,
a mais Vil,e a mais Tola,
Pretende passar pela mais
Maravilhosa das Propostas.
Só há um ponto sobre a
Qual esses Homens são
Parecidos,Contentando-se
em trazer sobre si a
Responsabilidade em
cuidar dos Interesses do
Povo.
Uma vez no Poder,essa
Gente Vive a ponto de
Estourar de Satisfação,por
Ostentar tão Alto Posto,
Orgulha de Manter ao
mesmo Tempo a sua Força
e a sua Opulência.
Quanto sua Excelência o
Povo,Ver-se-ai,Reduzido
a Morrer a Míngua,
Enquanto os Bens são
Distribuido para uns
poucos que são Afilhados.
Dado que,cabe a cada um
de nós,Eleitores,a nobre
Incumbência de fazer as
Escolhas,que Seja a
Escolha Certa,Afinal,é
Ela que vai Selar o nosso
Destino e dos nossos
Filhos e Netos....


Raimundo Sucupira

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

MUTRETA

Quando a Grana
entre em Cena,
a Historia muda
de Figura.
Muita Gente se
Apequena,
a Verdade pouco
Dura.
A Mentira e o
Dinheiro,
uma Mistura
Perigosa.
De longe se sente
o Cheiro,
dessa mistura
Perigosa.
O Homem tem
que Entender,
que a Verdade é
Importante.
Sem ela não vai
Viver,
Neste Mundo
Impunemente.
Que isso sirva de
Lição,
para os
Desavisados.
O Final da tal
Corrupção,
é a Punição dos
Condenados.


Raimundo Sucupira
 
Contador de Visitas Para Blogs