segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

TORMENTOS

Nesses Tempos de
Tormentos,
pelo Qual temos
Passado.
São Muitos os
Movimentos,
Muitos deles tem
Errado.
Falando com
Lucidez,
Sobre a luz da
Razão.
Muitos deles vira
Freguês,
dos Senhores
Enganação.
O que temos
Notado,
Em Meio dessa
Muvuca.
Quem tem muito
Pau Mandado,
Botando fogo na
Disputa.
Ninguém Estar
Ligado,
com o Destino da
Nação.
Só Estão se
Preocupando,
com o Próprio
Quinhão.

Raimundo Sucupira

HORRORES DA GUERRA

Caro Amigo,Aos Milhões
de Irmãos e Irmãs ao
Redor do Mundo,
Acometido pela Maldita
Guerra,que tanto tem
Matado,que tanto tem
Feito os Inocentes
Sofrem  Escrevo Essa
Humilde Mensagem.À
Vós Como a Quem se
Sente Arredado por
Milhares de Quilômetros,
Mas de ao Pé,de Em
Meio à Vós,Como Quem
Estar Sobre a Mesmo
Teto,e à Beira do Mesmo
Lar,Em Meio de Irmãos
e Irmãs,ou Junto do
Mesmo Templo,Sob o
Mesmo Campanário,
Elevando ao Divino
Criador as Mesmas
Orações,e Proferindo o
Mesmos Credo,os
Mesmos Sonhos,a PAZ.
A Vós que Estais a
Sofrer os Horrores de
Uma Guerra que não é
Sua,que não Começou,
Elevo as Minha Orações,
para que,Finalmente,
Possam Viver Essa Paz,
a paz tão Sonhada.
Entre Vós Irmãos e
Irmãs que Estar Lendo
Essa Minha Humilde
Mensagem,que Ainda
Brilha em Vossos Olhos
a Chama da Esperança
em dias Melhores,Vos
Peço,não Desista da Paz.
Lembrando do que disse
um Certo Galileu que por
Aqui Passou(A Paz Gera
Paz,Quando Somos Paz,
Transmitimos Paz)Dai o
Motivo desse meu
Apelo.
Os Tiranos,os Maus, não
Podem Sobrepor aos
Bons,os Mansos,o Ódio,
a Ira, não pode Sobrepor
ao Amor,ao Bem Comum,
por isso Vale Apenas ser
do Bem e da PAZ.
De Modo que,Em Meio
a tudo Esse Sofrimento
que Estais a Passar,Ainda
que de ao Longe,Quero
que Saibam que
Estaremos Juntos em
Espirito.
Compartilhando dos
Mesmos Sonhos a Paz e
o Bem.
Ainda que Sofrendo,não
se pode Desistir dos seus
Sonhos.A Vós Paz e Bem...

Raimundo Sucupira

sábado, 15 de fevereiro de 2020

PINGUELA

Nem Todo Mundo
Gosta,
do Balanço da
Pinguela.
Nem tão pouco
Muda de Proposta,
Quando o Assunto
é uma Donzela.
Onde há Fumaça,
Há Fogo.
Quem tem Razão
não Desfaça,
não faz esse Jogo.
Tem Gente de todo
Jeito,
Cada um com sua
Opção.
Uns pelo Direito,
Outros pela
Enganação.
A Verdade é uma
Só,
não sé pode
Negar.
De Ninguém ela
tem Dó,
O Cabra não pode
Errar.

Raimundo Sucupira


ESPINHELA CAÍDA

Caro Amigo,Quanto Mais
Larga Vastidões Abrange
o Saber,Tanto,Mais Razão
Cultiva Quem tem
Tamanha Ventura.
Dia desse ao Sair ao
Alpendre para Ver o que
se Passava na Rua,
Aproveitando para dar uma
Respirada,pois Estava um
Calor dos Diabos.
Ao Sair dei de Cara com
Uma Ambulância da Samu
que Descia aos Borbotões,
Provavelmente Iria Socorrer
Alguém,ao Ver Aquela
Cena,não pude Deixar de
Voltar no Tempo.
Ainda Criança,10 para 11
Anos de Idade,Sempre
Gostei de Levantar Bem
Cedinho,Enquanto que os
Outros Irmãos Ainda
Dormiam.
Lembro-me Bem Daquele
Bendito Dia,a Mamãe as
Voltas com o Pilão Pilando
o Milho para o Cuscuz da
Manhã,as Galinhas Catando
as Sobras ao Chão.Corri
para o Terreiro para Brincar
um Pouco,a Nhá Chica
Sentada na Velha Cadeira de
Balanço na Sala,Eis que de
Repente,Apareceu o
Toninho o Irmão mais
Novo Meio Jururu,Estava
Desandado.
Ao Ver o Estado do Moleque,
Mamãe Gritou,Minha Nossa
Senhora!o que é Isso!Nhá
Chica que não Enxergava
Bem,porem,Escutava que
Era uma Beleza,Respondeu,
lá de Dentro,Isso é
Espinhela Caída!Vá a Casa
da Cumad Zifa Diga que
Venha Passar o Ramo nesse
Moleque!Daqui a Pouco
Ele Fica Bom!São Feito
Beira de Sino.
Ao Ouvir Aquela
Ponderação,Sabia que Ia
Sobrar para Mim,por isso
Sair de Fininho para o
Quintal,para Acoita-me
na Sombra do Velho pé de
Juazeiro nos Fundos da
Casa.
Há,não Demorou muito,
Ouvi o Chamado da Mamãe,
Raimundo!Venha cá!vá a
Casa da Dona Zifa!diga a
Ela que Venha Benzer o
Toninho!vá Num Pé e Volte
Noutro!Fui ao Torno,passei
a Mão na Minha Corda de
Caroá,Saindo logo em
Seguida ao Quintal,Donde
Estava o Pitaco,meu
Jumento Preto.
Saindo logo em Seguida aos
Borbotões Rumo à Casa da
Dona Zifa.
Ao Chegar à Dita Casa,
parei-me em frente a uma
Porteira,a Porteira Era
daquelas que tinha um dos
Morões Furado e os paus
Era Colocado em meio aos
Buracos.
Deitei-me no Pescoço do
Pitaco,sem Descer,tirei os
Paus da Porteira Entrando
em Seguida.Finalmente,
cheguei em frente a Casa,
fui logo Gritando,Sá Fiza!
Sá Zifa!a Velha que Estava
Sentada num Pequeno
Banco com um Fuzo em
Mãos e um Balaio de
Algodão ao Colo foi dizendo,
o que foi Menino que
Sangria Desatada é Essa!
fui logo dizendo,a Mamãe
mandou dizer que o Toninho
tá com a Espinhela Caída!é
pra Senhora Ira Benzer!
Esta por sua vez,
ao Ouvir o Recado,Jogou o
Xale Sobre a Cabeça saindo
em Seguida.
Ao Chegar em Casa,já com
os Ramos em Mãos,Deitou
o Ramo no Moleque.
Home,não Demorou muito
e o Meleque já Estava atrás
de Nós a Correr pelos
Cantos.
A Benzida foi Tiro e Queda,
Dado que,passado 50 Anos,
já não se vê mais as
Benzedeiras Acudindo os
Doentes,Mas,as Modernas
Ambulâncias da Samu que
ao Invés do Ramo,Carrega
as Macas,Coisas Bem
Diferente,Afinal,Estamos
em Pleno Mundo Moderno....

Raimundo Sucupira

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

CRUELDADE

O que dizer de
um Homem,
Cujo o Intuito
é Cruel.
A Crueldade
Esta no Cume,
Amargando
feito Fel.
Este Homem
Rancoroso,
que só pensa
no Mal.
Cujo o Intuito
Amoroso,
não Resta nem
um Sinal.
Que um dia
Ele Mude,
Saindo dessa
Escuridão.
Com Essa
Atitude,
Põe Amor no
Coração.
Quando isso
Acontecer,
Será um Homem
Novo.
Finalmente vai
Viver,
Em Harmonia
com seu Povo.

Raimundo Sucupira

LUTAR E LIMPAR É PRECISO

Caro Amigo,Diante de Mais
um Desastre Ambiental que
Atingiu o Pais nos Últimos
Meses,mais Precisamente na
Costa do Nordeste,Donde a
Natureza Esta Sendo
Seriamente Comprometida,
Vemos com Tristeza a
Inação da Parte de Alguns
Órgãos,o que mostra o
Descompromisso Destes
para com o Bem Comum.
Diante de tudo isso,Atrevo-
me a Reproduzir Parte de
uma Fala de um dos Maiores
Jurista que Este Pais já Teve,
Ei-la,por Tanto.
(A Pátria não é de Ninguém,
são de todos:e cada Qual
tem no Seio Dela o Mesmo
Direito à Ideia,à Palavra,à
Associação.A Pátria não é
um Sistema,nem uma
Seita,nem um Monopólio,
nem uma Forma de Governo:
é o Céu,o Solo,o Povo,a
Tradição,a Consciência,o
Lar,o Berço dos Filhos e o
Tumulo dos Antepassados,a
Comunhão da Lei,da Língua
e da Liberdade)
Nunca Deixei de Ler as
Obras desse Ilustre Jurista,
pois Dela se Tira Grandes
Lições,pois Trata se de uma
das Maiores Autoridades
Jurídicas que Apesar do seu
Passamento,há Décadas,
Continua a nos Ensinar.
Este Sujeito que Hora
Governa o Pais,que se Diz
Patriota,Acaba de nos dar
um Péssimo Exemplo,Estar
a Fazer tudo que um Patriota
Jamais Faria,Deixar os
Membros da Federação
Entregue á Própria Sorte,
Num Momento em que
Mais Precisa.
O que é mais Grave Ainda,
Estar Deixando de Cumprir
as suas Obrigações,pois a
Constituição é Bem Clara,
Nenhum Estado pode
Legislar Sobre o que
Acontece em Alto Mar,pois
isso são Atribuições da
União,ou seja,do Governo
Federal,por Tanto,Cabe a
Ele Deliberar Sobre Este
Assunto.
Mesmo Assim,o Governo
Federal Continua Inato,
Agindo como se nada
Tivesse Acontecendo,
Enquanto que,os Governos
Estaduais e os Prefeitos
Juntamente com os
Voluntários Lutam
Bravamente Contra Esses
Intemperes.
Causa-me Repulsa Tamanha
Desventura,a Falta de
Respeito da Parte do
Governo Federal para com
a Federação,ou seja,para
com os Estados,isso é
muito Triste,vai de Encontro
ao que nos diz o Bom Censo,
Qual o Pai ou a Mãe que
Recusa a Cuidar dos seus
Filhos?pois Bem Senhores,
Este Governo Recusa a dar
aos seus Federados.
Dado que,Essa  Batalha
Estar Sendo Enfrentada sem
a Ajuda do Governo
Federal,tão Somente pelos
Governos dos Estados,
Municípios e Voluntários,
que Esta Batalha Seja
Vencida o Mais Breve
Possível,para o Bem de
Todos e de Todas,a Mãe
Natureza Agradece e nós
Ambientalistas Também....

Raimundo Sucupira

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

SANTO FORTE

Não Temo o
Perigo,
o meu Santo
é Forte.
Deus Estar
Comigo,
sou um Cabra
de Sorte.
O Sertanejo
de Fé,
não tem medo
de Nada.
Seja Homem
ou Mulher,
Enfrenta toda
Parada.
Quando Entra
numa Briga,
dela não quer
Sair.
Não Gosta de
Intriga,
só Quer é
Prosseguir.
A Verdade é
uma Só,
ninguém pode
Negar.
Na Tristeza da
um Nó,
só pensa em se
Alegrar.

Raimundo Sucupira
 
Contador de Visitas Para Blogs