sábado, 21 de setembro de 2019

FORRÓ

Sé o Cabra Bate
na Puxada,
a Candeia Lumia
Mais.
A Brasa que Esta
Pregada,
é que Entope os
Bocais.
Na Forquilha
Pendurada,
a Candeia vai
Lumiando.
Em Baixo da
Latada,
a Negada vai
Dançando.
A Poeira vai
Levantando,
o Sereno que vai
Caindo.
A Negada via
Dançando,
o Dia vai
Surgindo.
O Dono da Casa
deu o Sinal,
o Sanfoneiro
Parou.
É hora do
Final,
a Moçada já
Concordou.

Raimundo Sucupira

BALAIO DE GOLS

Caro Amigo,Destinado a
Evoluir-se,o Homem tem
que Acompanhar a
Modernidade,Assim
Tenho Agido Durante essa
Longa e Penosa Trajetória,
porem,faço isso sem
Esquecer-me do Passado,
da Minha Historia.
Joguei por muitos Anos
no Serrano,o Serrano era
um Time só de Amigos.
O Serrano foi o Time que
mais Jogava em Paramirim,
todos os Domingos Jogava,
Quando não era em Rio do
Pires,era em Água Quente,
Abadia,Barra,Angico ou
Muchilana,não passava
um Domingo sem Jogar.
Lembro-me Bem um Jogo
que fomos Pagar em Água
Quente,o Nosso Goleiro
Valdir e Alguns dos nossos
Melhores Jogadores não
Pode Ir.
Levamos o Erivam para
pegar no Lugar do Valdir.
o Jogo foi no Campo
Murado,Entramos em
Campo,Eu e o Dormário
na Zaga,o Erivam com
uma Fúria Danada no
Aquecimento,eu lhes disse,
sé Aquete Cara!fique
Calmo!Começou o Jogo.
Com 5 Minuto o Erivam já
tinha Tomado 4 Gols,os
Caras Chutavam do meio
do Campo,Eu Gritava é sua
Goleiro!Quando olhava
para Trás a Bola já Estava
no Fundo da Rede.
Chamei o Nanando num
Canto e lhes disse,se não
tomar logo uma Providência
nós vamos levar um Balaio
de Gols!o Nanando Jogava
na Ponta Direita,Corria mais
que a Bola.
Nanando foi lá no Gol
Pegado o Erivam pelo
Queixo disse Acorde
Infeliz!se tú tomar mais
um Gol vai Voltar a Pé.
Por não mais Confiar no
Goleiro,pensei Comigo,
Tenho que tomar minhas
Providências,vou Abrir a
Caixa de Ferramentas. O
primeiro que Apareceu na
Área foi o Zé Gatinha,dei-
lhes uma Raquetada,só vi o
Poeirão,Entrou Terra nos
Olhos,nos Ouvidos,na Boca.
O Zé Gatinha já Levantou
Pronto para a Briga,foi
Preciso o Dormário Entra
para Apartar a Pendenga.O
Jogo seguiu,perdi ate a
Conta,sei que levamos um
Balaio de Gols.
A Galera ficou por um
Bom Tempo Gozando com
o Erivam e com o
Nanando.
O Nanando por sua vez
dizia,não sei mais o que
fazer!Quando o Serrano
não Perde por Causa do
Juiz!Perde por Causa do
Goleiro que Entrega!para o
Delírio da Galera.
Dado que,Diante de todas
esses Percalços,com todos
as Dificuldades,Mesmo
Assim não passava um
Domingo sem que Jogo,
Quando não era na Lixa,
era Fora.
O Serrano Sempre Estava
em Evidência,ou seja,
Jogando,Tempos Bons era
Aqueles,Eram Tantos os
Amigos que Tivemos que
Montar um Time,Coisa que
hoje ficou Escasso....

Raimundo Sucupira

terça-feira, 17 de setembro de 2019

PONTO DE VISTA

A Natureza que
nos Dar,
Sem Nada nos
Pedir.
Um Dia vai nos
Tirar,
Tudo isso vai
Explodir.
Essa Bomba
Esta Ligada,
o Tempo Estar
Passando.
a Nossa Hora
Esta Marcada,
é Bom Ir se
Preparando.
A Natureza deu
o Sinal,
Ninguém Quer
Entender.
Sé Aproxima o
Final,
Todos vamos
Morrer.
Ainda é Tempo
de Mudar,
Prolongar nossa
Visita.
Deste Planeta
Cuidar,
Mudando nosso
ponto de Vista.

Raimundo Sucupira

O MUNDO EM PERIGO

Caro Amigo,Como Pode
uma Senhora Sensível
não Esvair-se em
Lagrimas,Depois de o
Partir dos seu Amado
Rumo à Guerra?pois é
Senhores!é o que
Acontece à Milhares de
Esposas dos Soldados
que Deixam seus Lares
para Ir aos Campos de
Batalhas Lutar Numa
Guerra que não é sua,
que não Causou,mesmo
Assim,Ver-se Obrigado a
Cumprir Tal Missão.
O que é mais Grave
Ainda,muitos desses não
Vão Voltar para os Seus,
para a Segurança do seu
Lar,Receber o Amor e o
Carinho dos seus Entes
Queridos.
Esse é só mais um dos
Danos da Guerra,a Morte
Prematura dos Jovens que
Muitas vezes Enganados
pelos seus Comandantes,
ou seja,os Governos,vão
Combater Inimigos que
não são seus,ou melhor,
que não Fez.
É muito Triste ver o
Mundo Dividido por
Conta da Atitude de
Alguns Maiorais que se
Acham Acima do Bem e
do Mal,Homens Vaidosos,
que só Pensam em Si.
Exemplo,de um Lado,um
Milionário Americano
Louco,Irresponsável,que
não tem Apreço pelo
Bem Comum,do Outro,
um Russo Frio e
Sanguinário,que Quer
Manter se no Poder a
Qualquer Preço,cada um
Mantendo o Resto do
Mundo Refém dos seus
Caprichos.Diante de
tudo isso vemos
que Essas Nações,donde
um Povo que Devia
Cuidar do Outro,no
Entanto,Lutam entre
si,um Matando o Outro.
Enquanto isso,esses
Países,Lucram com
essas Guerras,Vendendo
todo Tipo de Armas,
Enquanto falam da Paz,
Diante das Câmeras,nos
Bastidores,Armam seus
Aliados Até os Dentes.
Outros de Olho nas
Riquezas,como o Petróleo
finge que são Protetores,
no Entanto,a paga são o
Petróleo,as Riquezas
desses Países,que por
Consequência é do seu
Povo.
Diante de tudo isso só
vemos uma Solução,a
Rebeldia,o Mundo tem
que se Rebelar,Lutar
Contra Esses Países que
Quer Submeter o Restante
do Mundo aos seus
Caprichos.
A Primeira Coisa a fazer
é Tirar o seu Poder sobre
a ONU,Todos tem que
ter Direito Iguais,eles não
pode Mandar mais que os
Outros.
Dado que,como um
Guerreiro do Bem,que
Sempre Lutou pelo Bem
Comum,Espero que os
Demais Também faça o
Mesmo,Afinal,é do nosso
Futuro e da Nova Geração
que Estamos Falando...

Raimundo Sucupira

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

RAPADURA

A Raspa da
Rapadura,
no Fundo da
Gamela.
Não Perde
pela Doçura,
e Pelo Gosto
da Canela.
A Rapadura
Temperada,
é Algo
Maravilhoso.
Para a Alegria
da Rapaziada,
que Come
Gostoso.
São Coisas
do Sertão,
que o Moço
vai Encontrar.
Aqui nesse
Chão,
é só se
Achegar.
Nesse Sertão
Querido,
Terra que
Quero Bem.
Por Deus foi
Prometido,
Como Você não
Tem.

Raimundo Sucupira

JOÃO BIGODÃO

Caro Amigo,Quanto Mais
Longas Vastidões Abrange
o Mundo Moderno,Tanto
Mais Razão de Serem
Modestos os que os
Acompanham.
Os que Vivem para poder
Presenciar Tamanhas
Mudanças.
Para Mim que Tento
Acostumar-me com essa
Modernidade,Sertanejo de
Verdade,não Consigo
Esquecer do Semeador,
Aquele que Semeando
Algumas Sementes no
Torrão Virgem do Seio do
Roçado,na Esperança da
Colheita da Verdade.
Saudoso das Alegrias da
Saudosa Infância,Recolho
me ao Canto,Donde visito
Algumas Paginas da
Mente,ao fazer isso,
Lembrei-me de uma
Figura Pitoresca(o
Folclórico João Bigodão)
uma Figura que chamava
Atenção.
Como Paramirim Sempre
foi uma Cidade Acolhedora,
todos que por Aqui se
Aportam Sempre Acabam
por Ficar,com o João
Bigodão não poderia ser
Diferente.
Se Aportou em Paramirim
Aquela Figura Pitoresca,o
João Bigodão era muito
Engraçado,Dente de Ouro,
Ostentava um Enorme
Bigode,mais perecia uma
Asa de Morcego,usava um
chapéu de Aba Larga,
Sobre a Cintura uma
Enorme Espada,tão grande
que Arrastava ao Chão,pois
Ele não era tão Alto.
Juntou-se com a Anisia,uma
Senhora da Região,a
Procura de uma Casa para
Morar,veio Ter com o
meu Pai para Alugar uma
Casa.
Como meu Pai Tomava
Conta de Algumas Casas
da Minha Tia,logo Arranjou
uma para o João Bigodão.
Quando vinha à Rua Ele
Chamava Atenção,Cavalo
Ferrado nas Quatro Patas,
fazia um Barulho Danado,
Arreio todo Enfeitado,
Miçangas Pendurada por
toda Parte.
Chapéu Aba Larga,Espada
Pendurada Sobre a Cintura,
uns Gritos Raleado,lá Vinha
Ele todo Contente,fazendo
seus Floriados pelas Ruas
da Cidade.
João Bigodão,mais uma das
Figuras que Durante Anos
Viveu Entre nós,Trabalhador
Braçal,no Entanto,na sua
Simplicidade Também
Ajudou a Escrever um
pouco da nossa Historia.
Dado que,ao Relembrar
dos que fizeram Historia
nessa Terra,não Poderia
Esquece-se desse que por
Aqui Passou,que Também
nos Ajudou nessa Valiosa
Tarefa,que é Levar a nossa
Terra aos Píncaros da Gloria...

Raimundo Sucupira

terça-feira, 10 de setembro de 2019

CHIBATA

Na Boca Dessa
Fornalha,
Muita Coisa vai
Derreter.
No Final dessa
Batalha,
Muita Gente vai
Morrer.
A Briga só Esta
no Começo,
Muita Coisa vai
Rolar.
Cada um pagará
o Preço,
Por se Deixar
Enganar.
O Apoio vem
Agora,
a Chibata vem
Depois.
Mesmo Quem
ficar de Fora,
Vai Pagar pelos
Dois.
Em Nome da
Liberdade,
Muita Gente vai
Enganar.
Essa é uma
Verdade,
Que não se Pode
Negar.

Raimundo Sucupira
 
Contador de Visitas Para Blogs