quinta-feira, 17 de agosto de 2017

VERDADES

Quem fala a
Verdade,
não merece
castigo.
Viver sem
Vaidade,
longe do
Perigo.
Este é o
Papel,
de todo
Jornalista.
Não importa
se é Fel,
que a Verdade
seja Dita.
Quem age
diferente,
não honra a
Profissão.
Mesmo
Independente,
deve Respeito
à Razão.
Não importa
com for,
se Falada ou
Escrita.
Leigo ou
Doutor,
que a Verdade
seja Dita.


Raimundo Sucupira

PELA CULATRA

Caro Amigo,Sabemos que
desde os Primórdios que o
Homem viu se a
Necessidade de Comunicar
se,dai a Criação da
IMPRENSA.para fazer a
Interlocução entre os
Povos,tal Testemunho é
Certamente Justo e Viridico
desde então,o Papel da
Imprensa é tão somente,ser
a Testemunha Ocular da
Historia.
Cada um de nós,por pouco
que Observa a Própria
Consciência,não tardará a
Perceber que o Verdadeiro
Papel da Imprensa é nos
Manter Informado.
Quando a Verdade é
Destorcida causa danos
Terríveis à Sociedade,a
Emissão Precedente
também se Acrescentam
os Sentimentos,tanto de
Prazer,quando de Dor.
Observando o Desempenho
da Imprensa nos últimos
Tempos,algo chamou-me
a Atenção,a Imprensa
Dividiu-se,Boa Parte
Transformou-se em Partido
Político,a outra parte partiu
para o lado Pornô.
Essas Redes de Televisão
estão Transformando a sua
Programação em Verdadeiros
Bordeis,por tanto,de tudo se
vê e se ouve na Imprensa
Brasileira,menos a Verdade
como ela Realmente é,ou
seja,há sempre a Distorção
dos Fatos.
Como se não bastece o Caos
Politico ao qual o Pais
Transformou se,a Ponto de
um Senador de Republica
dizer que estamos em meio
a uma SURUBA,a Globo
deixa de lado Programas
Educativos,o Jornalismo
Verdadeiro,para fazer
Apologia ao CRIME.
Acabo de ver uma Cena
Dantesca donde um Ator e
uma Atriz,num Ato
Lamentável,tirava Selfies
da dita Cuja com uma Arma
de uso Exclusivo das Forças
Armadas,essa mesma Atriz
fazendo o Papel de uma
Temida Traficante.
Como se não bastasse os
Reality Show,que na
Verdade não passa de
Cabarés de Luxo que as Tvs
mostram,agora a Globo
Extrapola,fazendo Apologia
ao Crime Organizado.
Ensinando as Crianças e
Jovens,como se pratica o
Crime,Maculando aquela
Imagem que nos Transmitia
Alegria,Educação,Imagem
que ficou no Passado.
Se isso,não é um
Chamamento aos Jovens
para Enveredar se no sub
Mundo do Crime,estamos
perdendo a Capacidade de
Raciocinar,ou seja,de
separar o Certo de Errado.
Dado que,de duas uma,ou as
Autoridades tomam as devida
providências,ou em Bem
pouco Tempo a Imprensa
estará fazendo Propaganda
Abertamente para o Crime
Organizado.
demais,como um Cidadão
de Bem e do Bem,espero que
a Imprensa volte ao seu
Verdadeiro Lugar,que é o da
Verdade e do Bem Comum...


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

HISTORIAS

No Estalo do
Dedo,
no piscar do
Olho.
No Coração
o Segredo,
na Boca o
Ferrolho.
Não se conta
uma Historia,
quem não for
preparado.
Há sempre na
Memoria,
algo a ser
contado.
Quem vive
do Conto,
sabe o que
diz.
Sabe tocar no
ponto,
para fazer
alguém Feliz.
Não importa
o que é,
se é leigo ou
Doutor.
Homem ou
Mulher,
é ser contado
com mor.


Raimundo Sucupira

SOB SUSPEITA

Caro Amigo,Ao sentar-se
para Escrever uma
Crônica,o Escritor,o Poeta
tem que ter a Noção Exata
do que vai Deitar ao
Papel,Dessa mesma
Forma,Deve Comportar
se todas as Pessoas,em
todas as Profissões.
A Magistratura por
Exemplo,o Individuo tem
que ter uma Conduta
Impecável,tem que ser
PROBO.
Essas Autoridades,jamais
poderão fazer uso da
Própria Profissão em seu
Beneficio,pois seu
Compromisso é tão
somente com a Justiça,o
seu Dever é Proteger-la.
Neste momento é
Oportuno Recordar que
toda Existência
Pressupões uma Essência
Digamos que tudo que
quisermos Ser,tem que ter
uma Existência
Determinada.
O Homem quando Julga
os seus Semelhantes,
Submetendo-os a Várias
Provas,em cada Caso,os
seus Atos.
Como Resultado deste
Trabalho,Deveremos ter
a Constatação desses Atos,
e o Complexo do Papel de
que foi Incumbido de
Reputar no Cenário do
Judiciário.
Digamos,pois,que a
Verdade Fundamental em
que Repousa a Necessidade
da Ação da LEI,é o Existir
de uma Essência
Fundamental,a LUZ da
RAZÃO.
No Entanto,a diferença nos
Juízes e Opiniões dos
Magistrados,nesse Caso,toda
Moralidade seria Reduzida
ao Conhecimento Verdadeiro
ou Falso,o que levaria a agir
de maneira Inadequada,ou
seja,Ferindo os Princípios da
Jurisprudência.
Pode esta Verdade parecer
Chocante a mais uma
Perseguição a certas
Autoridades,porem,é o que
mais se vê Ultimamente,os
Magistrados Agindo em
Favor do Crime Organizado,
donde a LEI é o que menos
Importa.
Vê se claramente,Magistrados
Agindo como se fosse
Militantes Políticos,alias,
Alguns são Filiados a essas
Agremiações,como o Juiz
Moro,o que lhes tira toda a
Isenção que um Magistrado
precisa para Exercer tal
Função.
Dado que,é devida a isso
que Circunstâncias estão
mudando,a Sociedade esta
ficando cada vez mais
Descrente da JUSTIÇA,e
Daquele cujo o dever é o
Zelo pela a
Jurisprudência.Ademais,
como um Cidadão que
sempre andou sobre a Luz
da Razão,espero que a
Justiça sempre Prevaleça,
afinal,nada esta a Cima da
LEI....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

ERVAS

Ervas no seu
Quintal,
é Saúde em
Casa.
Livrando do
Mal,
a alegria não
passa.
Esse Mundo
Verde,
vale mais que
Tesouro.
Sem ele se
perde,
do Homem
ao Besouro.
Não se pode
Viver,
sem ela ao
lado.
Sem ela você,
vai ser
Condenado.
As Ervas nossa,
de cada dia.
Em Versos e
Prosa,
sem nenhuma
Ironia.


Raimundo Sucupira

O SEGREDO DAS ERVAS

Caro Amigo,Minha Mãe era
Descendente dos Tapuios,
por tanto,por ser Índia,tinha
um Profundo Conhecimento
das Plantas,das ERVAS.
Volta e meia estava a nos
Ensinar,quando alguém
Aparecia Reclamando de
algo,Ela entrava para a
Cozinha não demorava logo
saia com um Chazinho um
tanto Milagroso.
Lembro-me Bem das coisas
que ela fazia para suprir a
falta de algo que viesse a
Faltar em Casa,uma delas
era o Café.
Quando isso Acontecia,logo
era Resolvido com a
Semente do Fedegoso.
Quando faltava o Café,ela
Preparava a Semente do
Fedegoso,colocava  as
Sementes numa Torradeira
de Barro,depois de torrado,
levava ao Pilão,em pouco
Tempo tinha um Cafezinho
Fresco e Delicioso,não
perdida em nada para o
Café Tradicional.
No Quintal tinha uma
Verdadeira Farmácia
Verde,ela cultivava todos
os tipos de ERVAS,tanto as
que eram Usada no Chá,
quanto as que era usada na
Salada.
Era Importante a quantidade
dessas ERVAS,Tanchagem,
Erva Cidreira,Capim Santo,
Língua de Vaca,Alecrim,
Arruda,Agrião,Favaca,
Salpicão,Losna,Boldo,
Milonda,Quina,Erva Doce,
sem contar com as que já
são usado nas Hortas
Tradicionais.
Tanto Tempo Passado,com
a Partida da minha Mãe,já
Confinado numa Prisão,ou
seja,num Apartamento,pois
é Assim que Sinto-me,
morando num lugar desse,
sinto a Falta de uma Casa
com Quinta,donde se possa
Plantar uma Boa Horta.
Dado que,para quem Nasceu
e Cresceu na Roça,viver em
meio a essa Selva de Pedra,
com o tal Cimento sobre os
Pés,não é nada Agradável,
nos trás uma Certa
Melancolia,sem ter muito o
que fazer,o Jeito é sair pela
Redondeza a procura de algo
que venha a nos trazer de
volta aos Velhos Tempos que
passou.
Ademais,como um Bom
Filho,que seguiu ao pé da
Letra os Ensinamentos que
Recebeu dos Pais,procuro
Preservar todos esses
Preceitos que Herdei,a melhor
maneira de fazer isso,é
Passa-la à Frente para que
tudo isso não venha a Perder
se no Tempo....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

CANTO DA JURITI

O Canto da
Juriti,
que soa logo
Cedinho.
Saúda o Astro
que vai surgi,
no horizonte
de Mansinho.
Para alegria
dos Moradores,
da Sonolenta
Floresta.
Preparam-se
os Atores,
vai começar a
Festa.
A Lida começa
Cedo,
neste pedaço
de chão.
Não há nenhum
segredo,
nesse meu
Sertão.
Quem vive nessa
Terra,
não tem do que
Reclamar.
Rodeado da
Serra,
Respirando o
puro Ar.


Raimundo Sucupira

REAÇÃO

Caro Amigo,Onde há Culpa
deve também Existir
Responsabilidade,e desde
que o Sentimento desta
Responsabilidade é o único
meio Possível para Garantir
a Existência da Liberdade
Moral e Politica.
Seja-me Consentida agora
outra Observação no que
diz Respeito a Politica,um
Olhar mais atento sobre o
que esta Acontecendo ao
meio Politico.
Esta Verdade Consente no
Sentimento Perfeitamente
Claro e Seguro da nossa
Responsabilidade para com
o Bem Comum.
Do mesmo modo que,para
a solução de um Grave
Problema,a CORRUPÇÃO
que Assola o Pais.
O que estamos vendo e
Vivendo nos últimos
Tempos é Grave,a falta de
Compromisso com o Erário
a Dilapidação  do Patrimônio
Publico o Desrespeito às
Leis,a Falência do Judiciário,
Vemos com Tristeza que o
Judiciário cujo o dever é
Guardar os Direitos da
Sociedade,ser o Guardião
da Constituição,da
Jurisprudência,vemos que
esta à Serviço dos
Criminosos,há muito deixou
de Proteger o Cidadão.
Vê-se Claramente de que
lado a Justiça esta,é tão
Escancarada esse Coluio,
que seus Representantes já
não Escondem as suas
Escolhas,falam Abertamente
do Apoio aos Fora da Lei,
deixando Claro,de que lado
estão,Instalando então,o
Caos Social.
Não são as Autoridades mas
sim,os Argumentos,daqueles
que sempre se Preocupam
com o Destino do Pais.
Devemos,de preferência,
Considerar os Acontecimentos
que se Aparecem diante de
nós,a CORRUPÇÃO,esse mal
que tanto Corrói o Erário
Publico.
Um Pais tão BELO e RICO
como o nosso,com tantos
Problemas,aqueles que
deviam Cuidar,são os
primeiros a Roubar.O que era
para ser Dividido entre
Iguais,Acaba ficando entre
Poucos,ou seja,são Roubado
pelos que tem o dever de
Zelar pelo Bem Comum.
Dado que,nesse momento
em que tudo esta vindo a
Tona,o Povo tem que ficar
Atento,não podemos deixar
passar essa Oportunidade,
este é o momento de Reagir,
Tirar dessas Pessoas o Poder
das Decisões.
Ademais,como Reza a
Constituição,o Poder emana
do Povo,e por ele será
Exercido,não podemos deixar
essa Minoria nos tirar o que
é nosso,Afinal,quem Ama
Cuida...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

GIRANDO

O Mundo é uma
Bola,
Girando sem
Parar.
A Vida é uma
Escola,
que não para de
Ensinar.
Nessa Casa do
Saber,
o Tempo é o
Professor.
Não tem como
Perder,
é simples esse
Divisor.
Não tem como
Errar,
é só seguir o
Coração.
A Natureza
Respeitar,
Vivendo a Vida
com Retidão.
Respeitando esse
Enredo,
não tem como
Errar.
Não tem nenhum
Segredo,
a Vida vai lhes
Ensinar.


Raimundo Sucupira

O SONHO NÃO ACABOU

Caro Amigo,O que Seria da
Democracia,a Pedra
Fundamental da Sociedade,
portanto,que Conduz o Pais,
se nas Disputas Políticas,a
trás tão bem protegida,sem
tal Precaução,Vê-la-íamos
Romper-se,Perder a sua
Valia.
O Grande Chefe dos que
deram o Golpe acha que
pode comprar as nossas
Consciências,mas não
Podes,Como pode Comprar
ou Vender Consciências,tal
Ideia nos é Estranha.
Quando o Grande Chefe
dos Golpistas manda nos
dizer que Deseja Governar
para Nós,que nós devemos
lhes Apoiar,Ele Exige
muito de Nós.
Estais a Mentir,ao dizer
que vai Preparar nos uma
Sociedade Tranquila,donde
possamos Viver com nossa
Família Confortavelmente,
não há sequer um lugar
calmo na Cidade donde se
possa Viver em PAZ.
Deves dizer a teus Aliados
que a Riqueza deste Pais,
são as VIDAS da Parentela
Nossa,Homens e Mulheres
que deram suas Vidas pela
Pátria,para que tenhas
Respeito ao PAIS.
Tudo que fere a Democracia
fere os que luta por ela,tudo
quanto fere aos Filhos,fere
a Pátria.
De uma coisa sabemos,
a VERDADE é Filha do
TEMPO,não das
Autoridades,disso temos
Certeza.
Esse momento é para nós
um Mistério,pois não
Sabemos como seria o dia
de Amanhã,ou seja,o que
vai Acontecer depois da
Tempestade que se abateu
sobre Nós.
Sé Soubéssemos quais as
Garantias que transmite aos
Aliados nas longas Noites
de Reuniões,quais as Visões
do Futuro,as suas Mentes
para que possa formar
Desejos para o dia de
Amanhã.Porem,tudo isso
são para Nós Oculto,e por
ser Oculto, temos que
Escolher nosso Próprio
Caminho.
Ao Conceder a Alguns
Homens e Mulheres a
Outorga para que possa
nos Representar,damos a
eles Poderes para tais
Decisões,como essa que
Livrou do Crivo da LEI
Alguém que Agiu contra
Ela.
Essas Pessoas cujo o Poder
é Passageiro,trata a coisa
Publica como coisas que
pode ser Comprada,
Saqueada,Vendida como se
fosse Bananas ou Miçangas
Cintilante.
Sua Voracidade Arruinaria
o Pais,deixando para trás
Apenas uma Terra
Arruinada,com um POVO
sem nenhuma Esperança.
Dado que,esse ALARIDO
que agora perece Insultar
vossos Ouvidos,Amanhã
poderá lhes fazer Falta,ai
será o Fim Dos SONHOS e
o Começo da luta pela
SOBREVIVÊNCIA.
Ademais,como um Cidadão
que sempre lutou pelo Bem
Comum,espero que todos
entrem nessa luta,antes que
seja Tarde de Mais,a Futura
Geração ira nos Cobrar isso...


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 31 de julho de 2017

BARRIGA VAZIA

Sem Panela no
Fogo,
não tem Prato
na Mesa.
A Vida em
Jogo,
sem nenhuma
surpresa.
Não tem coisa
Pior,
que a Barriga
Vazia.
Seja lá quem
For,
não se faz
Fantasia.
Seja Rico ou
Pobre,
Comer faz
Bem.
Este Gesto
Nobre,
um Direito que
se tem.
O Home tem
que ter,
na Mesa o Pão.
Para poder
Viver,
como Cidadão.


Raimundo Sucupira

O FANTASMA ESTA DE VOLTA

Caro Amigo,Se Perguntarmos
a um Cidadão Desprovido de
toda e qualquer Educação
Filosófica o que é Fome,há de
lhes dizer que é a Vontade de
Comer,Difícil é ter Fome e
não ter o que Comer.
Não há Mortal que Poderia
suportar a Fome,essa Miséria
da Humanidade que volta e
meia nos Atormenta.
Quem poderia Suportar,o
trato e a Convivência com
esse Evento Tenebroso que é
a Miséria.
Cujo o Aspecto Sombrio e
Severo faz Milhões de seres
Perderem a Esperança em
dias Melhores.
A luta de alguns Homens e
Mulheres mostra,à Sociedade
Diariamente,o que pode a
Razão contra tão poderosa
Inimiga.
Ela Ultrapassa as Leis da
Honradez,Humilhando as
Pessoas,sem dó nem piedade,
Homens Mulheres e
Crianças que Gritam até
Enrroquecer se para que possa
ser Ouvidos.
Há,Talvez,Gente que,
Insensível a esses Alaridos
só Encontra Ventura no
Convívio com a alta
Sociedade,ou seja,os que
tem em Abundância.
O que acabo de dizer faz
parte de uma triste Realidade
que nós temos que Enfrentar,
não se pode mais desviar os
Olhares para essa Terrível
Realidade.
Depois de muita luta,esse
Evento Funesto que  vinha
dando uma Trégua,porem,
Voltou a nos Assombrar,
Famílias ser ter o que Comer.
Homens e Mulheres
Sucumbido sob o peso da
Vergonha por não poder dar
aos Filhos o que Comer,por
não poder cuidar da sua
Família como se deve. Se em
lugar de Preocupar se com a
Conta Bancária,os Homens
Públicos Houvesse Aprendido
o que é Necessário para a
Vida Comum,nada disso
estaria Acontecendo.
Dado que,nesse momento em
que a Fome volta a Bater nas
Portas de Muitos Brasileiros
e Brasileiras,se fez Necessário
a União de todos para que ela
não torne a Roubar a Esperança
dessas Pessoas,para que eles
continuam a Sonhar com dias
melhores.
Ademais,como um Cidadão
que sempre lutou pelo Bem
Comum,espero que todos
entrem nessa luta,afinal,trata
se a do Futuro da Nova
Geração...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 27 de julho de 2017

CHAPÉU DE PALHA

Alpercata com o
nó apertado,
tudo isso para
não sair do Pé.
Chapéu de palha
Transado,
Patuá carregado
na Fé.
Moleque já
Taludo,
Vadiando no
Mato.
Sé vacilar leva
Cascudo,
não pode pagar
pelo Pato.
No Sertão é
Assim,
tudo começa bem
Cedo.
Uma lida sem
Fim,
sem nenhum
Segredo.
Este é o meu
Sertão,
lugar do meu
Nascimento.
Meu pedaço de
Chão,
Conservo em ti
meu Sentimento.


Raimundo Sucupira

NO GOGÓ DA EMA

Caro Amigo,Na Verdade,
se Existe Alguém que
Pretende Conhecer-me
melhor do que Eu a mim
Próprio Conheço,
Comportando da maneira
que sempre Comportei,
Creio Fazer-lo muito mais
Corretamente que essas
Pessoas.
Não Penseis Contudo,que
o que Afirmo seja uma
das Maneiras Fantasiosa
de que vale os Contadores
de Historias.
Sempre gostei de dizer
tudo quanto à Memoria
me Assoma,ou seja,o que
Vi e Vivi,nada mais,nada
menos que isso.
Na Verdade,quero tão
somente Dividir com os
Amigos e Amigas
Graciosamente algumas
passagem que ao longo
dos Anos passou se com
este que hora vos fala.Dia
desse ao passar em frente
a uma Residência,dei de
Cara com um Grupo de
Crianças a Brincar,todos
Correndo de lá pra cá,de
cá pra lá,sem nenhuma
Preocupação.
Ao vê aquele Cena,veio
me a Mente uma Cena
Engraçada que aconteceu
me no Passado,meu Pai
Costumava Visitar um
Amigo que morava num
Sítio.
Eu ia com ele,enquanto
meu Pai colocava o papo
em dias,eu aproveitava
para Brincar com os
Filhos do Dono do dito
Sítio,Francisco e Leocádia,
Francisco era um Menino
Retraído,já a Leocádia era
um pouco mais Sapeca.
No pouco tempo que nos
Restava Aproveitávamos
ao Maximo,era várias as
Brincadeiras,como as
Crianças Raramente saia
do Sitio,era devera a
Alegria ao ver-me.
No Sitio tinha algumas
Emas,ficava sempre a
catar ao Terreiro.Corre pra
lá,corre pra cá,numa
dessas carreiras o Brinco
da Leocádia caiu,a Ema
logo tratou de Engolir,o
Avô da Leocádia que
sempre ficava sentado no
velho Estrado viu o
Ocorrido.
Ao dar por falta do seu
Brinco,Leocádia fez o um
grande Estardalhaço,ao vê
o Bafafá,o Velho gritou lá
do Varandal(Já tá no Gogó
da Ema)foi um Deus nos
acuda.
A Leocádia Esperneava,
Rolava ao Terreiro,toda
Chorosa,pois não se
conformava com a perda
do seu precioso Brinco,só
veio a ficar um pouco mais
calma,com a Promessa da
sua Mãe de lhes comprar
um novo Brinco.
Passado o mal Estar,mal
deu para tomar uma
Caneca d,Água,já estava
aos Trotes atrás do meu
Pai de volta para Casa,que
ficava algumas Léguas do
tal Sítio.
Dado que,essa é mais uma
das Inúmeras Historias que
Vivi,que faço questão de
Passa-la à Frente,nós trás
um Certo Alento a já tão
Sofrida Alma....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 24 de julho de 2017

ALERTA

Um dia esta
Conta,
para nós irá
chegar.
O Planeta de
ponta aponta,
esta conta
vai Cobrar.
É grande a
Devastação,
a Natureza
vai Morrendo.
É Tamanha a
Agressão,
que o Homem
esta fazendo.
A Natureza
Agoniza,
numa tristeza
sem fim.
Meus Sonhos
não Realiza,
é muito triste
para mim.
Quero deixar
um Alerta,
pra quem quiser
Entender.
Sem a Floresta,
o Homem vai
Morrer.


Raimundo Sucupira

CAMPO DE CONCENTRAÇÃO

Caro Amigo,Desde a Criação
que o Divino Viu-se
Obrigado a Criar o Homem,
para não deixar-lo Só,ele
também Criou a Mulher.
Desde então,começou a
Multiplicação,o inicio da
Sociedade.
Por outro lado,viu-se a
Necessidade de Criar
Algumas Regras,Alvitrou-
se também,a Hipótese de
Punição aos que Descumprir
essas Regras.
Dai a Criação das LEIS,
Reunindo todos os
Conhecimentos Adquiridos
Elaborando-os em Noções
que,Combinando-se
Indefinidamente com a ajuda
do Vocabulário,Constitui o
Pensamento das Pessoas.
Cada um de nós,por pouco
que se Observe a Própria
Consciência,não tardaria a
Perceber que o Objeto dessa
Faculdade é a sua Vontade
Pessoal.
A única coisa que ainda se
Apresenta Duvidosa aos
nossos Olhos,é o Grau dessa
Vontade,quando um Homem
querer alguma coisa,tende a
lutar para que isso seja
Possível.
De posse dessas Faculdades,
muitas vezes comete
Excessos,acabam por
Ultrapassar Limites,ou seja,
Cometendo Delitos.
Quando isso Acontece,paga
se a pelos Erros,vê-se
Obrigado a Retira-se da
Sociedade,passando então,a
Viver em Cárcere Privado.
O Senso de Humanidade nos
diz que mesmo em Cárceres
Privado,se tenha o Minimo
de Dignidade,não é o que se
vê nos Cárceres Brasileiro.
Vê-se Cenas Dantescas,um
Amontoado de Homens e
Mulheres morrendo em meio
ao Caos.
O que nos faz Lembrar os
Campos de Contração Nazista,
Donde as Pessoas eram jogada
para Morrer.
A Diferença é que,nos campos
de Concentração Nazista,era
jogado lá por questão Étnica,
aqui por ter cometido alguns
Delitos,por conta disso,
Decreta se a Morte Prematura.
Dado que,diante dessa
Tragédia Social,não vemos
outra Saída há não ser o
ALARIDO,o Pedido de
SOCORRO,nada pode estar a
Cima da VIDA.
Ademais,como um Cidadão
de Bem e do Bem,que sempre
lutou pelo Bem Comum,por
tanto,pelo Bem estar das
Pessoas,espero que os Demais
também faça o mesmo.Afinal,
fomos Criados para Vivermos
em Comunhão,não se é Feliz
Sozinho...


Raimundo Sucupira


quinta-feira, 20 de julho de 2017

ESFERA

Esse Mundo esta
Mudando,
esta ficando
Diferente.
O Homem não
tem cuidado,
deste  Belo
Presente.
A Degradação
esta na Cara,
isto é Visível.
A Bramura não
para,
isto é Previsível.
O Homem tem
que entender,
que tem que
mudar.
Senão vai Morrer,
Querendo Ficar.
Essa é a Hora,
a Nave não nos
Espera.
Esta sempre inda
Embora,
Até a próxima
Esfera.

Raimundo Sucupira

O ÚLTIMO ESPETÁCULO

Caro Amigo,Mas eis uma
coisa que Ouvi com meus
Próprios Ouvidos,um dos
mais Belo Espetáculo de
todos os Tempos,a Copa
do Mundo de 1970 no
México.
Com 9 para 10 Anos de
Idade,não perdi um Jogo
se quer,todos os Jogos lá
estava eu com os Ouvidos
atento ao Radio.
Lembro-me bem o Jogo
da Final contra a Itália,a
Preparação começou cedo,
se me não engano,Salvador
de Lorminda,Alceu de
Mana,Quincas de Diramos
e outros,colocaram um
Radio de Pilha em baixo
da Árvore em frente a
Casa de Manezim de seu
Antônio Rodrigues.
Perto da Venda de
Diramos,que ficava logo
a frente.
Logo a Multidão juntou
se em volta do Velho
Radio,todos a espera do
Grande Acontecimento,
entre um Foguete e outro,
a Ansiedade era Grande,
até que em fim,deu se
Inicio ao Jogo,o Brasil no
ataque,Pele Tostão,
Jairzinho,era tamanha a
Emoção.
Aos 18 Minutos Pele fez
o Gol,Gerson fez o
segundo aos 21,Jairzinho
fez o o seu aos 24,mas a
maior Emoção estava por
vir.
Quando o Capitão Carlos
Alberto Torres fez um dos
mais Belos Gols aos 41.
Ao final do Jogo todos em
Festa,o Brasil Tri Campeão
Mundial,21 de Junho de
1970,um dia que jamais via
sair da Memoria.
Desde então,Futebol
Brasileiro nunca amais foi
o mesmo,ou seja,deixou de
lado a sua Essência,partindo
para o lado Físico.
Dado que,ao lembrar
daqueles Tempos,Bate uma
Saudade Danada do Bom e
Verdadeiro Futebol,do
tempo em que se Jogava
por Amor a Camisa,não ao
Dinheiro.
Ademais,como um Amante
do Futebol Arte,espero que
um dia essa Maravilha volte
a Brilhar nos Gramados
deste Pais,afinal,quem sabe,
sabe,jamais vai Esquecer....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 17 de julho de 2017

VIRGÍLIA

A Luz da Velha
Lamparina,
Alumia a
Senzala.
Na Casa Grande
a Menina,
o Namorado na
Sala.
Sobre o Olhar
Atento,
da Zelosa
Mucama.
Vigia o tal
Procedimento,
a mando da
Ama.
Não se pode
Fugir,
desse Preceito
Importante.
Quem Reagir,
torna se a um
Meliante.
A Moral de uma
Família,
nesse Caso é
Sagrada.
A Honra de uma
Filha,
tem que ser bem
Respeitada.


Raimundo Sucupira

RASGANDO AS LEIS

Caro Amigo,Desculpar-se-ia
aos Funcionários nos
Empregos e Cargos Público,
quando se trata de Comprar
uma coisa qualquer,de contar
com os Serviços de alguém
ou de fazer coisas
Indispensáveis na Vida
Cotidiana.
O Pobre Cidadão não
Parecerá Homem,Parecerá
um Perfeito Idiota,quando
Procura Atendimento num
Órgão Público.
É tão grande a INÉPCIA,nos
órgãos Públicos Vivem tão
Distante das Opiniões, dos
Costumes e Sentimentos
Comum,que não pode ser
Útil nem a si Próprio,nem à
PÁTRIA.
Quando o POVO Revoltado
contra essas Atrocidades
Prestes a chegar aos
Derradeiros Extremos,qual
foi os Meios Usado para fazer
voltar a Normalidade?Um
Golpe Sórdido contra o
Próprio POVO,ou seja,contra
a DEMOCRACIA.
Haverá coisa mais VIL,que
Adular Covardemente o Povo
para Participar das suas
Armações,do que Buscar com
Ardor o Aplauso do POVO.
POVO esse que Preferiu
Sucumbir se diante de tantas
Aclamações Tumultuosas,do
que Levar se Triunfo ao
GOLPE.
Não são Eles os mais VIS de
Todos os que Enganaram o
POVO?Pois Voluntáriamente
se Submete a Tantos Senhores
Desprezíveis.
Como não Abominar tão
Horroroso Monstro,como
seria Possível não ser Contra
esses GOLPISTAS.
A única Solução é o POVO
ir às RUAS,para defender
seus DIREITOS,pois não pode
contar com o JUDICIÁRIO,
as LEIS foram Corrompidas,
a JURISPRUDÊNCIA esta a
Serviço dos GOLPISTAS.
Inverteram se os VALORES,
CONDENA se os
INOCENTES,Absolve se os
INFRATORES,tudo esta
CONTAMINADO.Dado que,
se Existe Realmente,Surdo à
Voz da RAZÃO,mesmo assim,
Haverá alguém capaz de
Comandar tal Atitude.Ademais,
como um Cidadão que sempre
lutou pelo Bem Comum,espero
que os Demais Também faça
o mesmo,afinal,o Futuro a nós
Pertence,não podemos deixar
esses GOLPISTAS entregar
tudo aquilo que levamos Anos
para CONQUISTAR.Pois trata
se do que nós vamos deixar
para nossos Filhos e Netos,se
uma PÁTRIA LIVRE E
PRÓSPERA,ou uma TERRA
de NINGUÉM,Comandada
por BANDIDOS...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 13 de julho de 2017

BELEZA RARA

Na Porteira do
Curral,
Canta o Galo
Carijó.
Seu Canto é
sem Igual,
no Terreiro
manda só.
Quando o dia
Raia,
a lida começa.
No meio da
Paia,
o Vaqueiro
Tropeça.
Em meio ao
Chiqueiro,
a Porcada
Reclama.
A contar pelo
Cheiro,
vai ver que
tem Lama.
No Sertão é
Assim,
a Labuta não
Para.
Vai ser para
Mim,
Essa Beleza
Rara.


Raimundo Sucupira

NOITE DE LUA CHEIA

Caro Amigo,Feliz do Homem
que apesar da Velhice,distrai-
se ainda Contando Historias,
seja ela Triste ou Cômica,isso
certamente Expulsa o
Silêncio e a Melancolia e faz
Rir ou Chorar.
Tem certas coisas que ficam
para sempre guardado em
nossa Memoria,ainda Menino,
com 9 para 10 Anos de Idade,
Costumava Acompanhar
minha Mãe nas idas a Roça,
quando Ela ia levar a Comida
para meu Pai.
Principalmente quando Ele
estava Trabalhando ao
Machado,pois sabia que o
Velho Barbino estava com
Ele.
O Velho Barbino era um
Machadeiro de mão cheia,
sempre estava com meu Pai
nas Derrubadas.Não via a
Hora de chegar ao meio dia,
quando Mamãe colocava o
Balaio com a Comida na
Cabeça,já estava à Frente,era
o Começo da minha grande e
Emocionante Aventura.
Na chegada à Roça,ia para
Baixo da Arvore escolhida
para o Almoço,justamente
um pé de Juazeiro ou um
Umbuzeiro,pois essa Arvore
tem uma boa Sombra.
Mamãe gritava,geralmente,
os Cachorros chegavam
primeiro,não demorava,logo
os Trabalhadores também
chegava.
Cada um se Ajeitava num
canto,o Velho Barbino
sentava num pequeno Toco,
corria e sentava ao seu
lado.
Enquanto o Velho Desatava
o nó do Pano que Enrolava o
Prato de Barro com a Comida,
eu Aguardava com Ansiedade
para ouvir as Historias que o
Velho Contava.
Lembro-me bem a mais Bela,
Fantástica que contou-me,
enquanto Esfregava as Mãos
onde os Calos eram Visíveis,
devido a Labuta com o
Machado,pegando um
pequeno Galho donde tirou
um Espinho,usando o mesmo
para tirar a sujeira de baixo
da Unha.
Entre uma cutucada e outra,
Contou-me a Historia do
Ferreiro que virava
Lobisomem.
Na Quaresma,nas Noites de
Lua Cheia o Ferreiro virava
Lobisomem,saia pela
Redondeza do Araiá comendo
os Cabritos nos Currais e
Assombrando a Vizinhança.
Os Olhos nem piscavam,era
Tamanho o Encantamento,nem
via o Tempo passar,pra minha
tristeza,era interrompido pelo
chamado da Mamãe,para
voltarmos pra Casa.
Saia Sonhando com a Próxima
Historia,no dia seguinte.
O Tempo foi passando,as
coisas foram mudando,os
Antigos foram Partindo,foi se
as Historias,Restando tão
somente as Lembranças.Dado
que,ao folhar as Paginas da
Mente,quero tão somente,
manter Vivas as Historias que
Vi e Vivi,fazendo isso,nos trás
um Certo lento a Alma....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 10 de julho de 2017

GRITOS

A Natureza esta
Gritando,
ninguém esta
Ouvindo.
O Verde esta
Morrendo,
ninguém esta
Sentindo.
Se o Homem
não Mudar,
cuidar da
Natureza.
O Verde vai
Acabar,
com ele essa
Beleza.
Este Belo
Presente,
que nos deu o
Pai Eterno.
Que viva
Livremente,
longe deste
Inferno.
Não se pode
Degradar,
a Casa aonde
Mora.
Senão pode
Criar,
o Monstro que
lhes Devora.


Raimundo Sucupira

DIREITO DE ESCOLHA

Caro Amigo,se Perguntarmos
a um Cidadão de Bom Censo,
mas desprovido de qualquer
Educação Filosófica,em que
Consiste na Realidade,a
Democracia;Dizia lhes em
que se possa fazer o que ele
quer,desde que não seja
Impedido por um Obstáculo.
Assim sendo,volta se ele
para o lado ao qual o leva
cada motivo que lhes
Representa,a Liberdade,o
Livre Arbítrio.
Em última Analise,não se
pode Sustentar uma Verdade,
Tirando dos Demais o
Direito da Livre Escolha,ou
seja,o Direito de Trassar o
Próprio Destino.
Nesse caso,na Democracia,
Temos pela Liberdade de
Escolha aquele que quer,e
seja a Escolha que For,não
Agiremos senão de acordo
com a nossa Vontade.
Tal Testemunho é certamente
Justo Verídico,somente aos
Cidadãos cabe tal Decisão,
o que não Impede que tal
Cidadão possa ser
Considerado um Grande
Sábio ou um Perfeito Idiota.
A Razão esta no fato dessa
Certeza,todos somos Livres
para fazermos as Escolhas,
seja ela Boa ou Ruim.
Observamos,porem,que
esta Acontecendo
Exatamente ao Contrario,
um Grupo de Pessoas que
Usurpou o Poder,tentam a
todo custo,nos empurrar
Goela a Baixo algo ao qual
não Escolhemos.
Pode se Efetivamente,lutar
por duas coisas Opostas,
mas não se pode ter senão
uma,ou o Bem da Liberdade
ou o Mal da Opressão.
Depois de tantos Anos de
lutas para Conquistar o
Direito da Livre Escolha,
vemos com Preocupação,os
Direitos sendo ameaçados,
corremos o Risco de ver
uma Minoria Desqualificada
num Golpe Sórdido nos
tirar tais Direitos.
O Direito de Escolher quem
de fato,nos Representa.
Dado que,nesse momento
em que o Pais esta sendo
passado a Limpo,temos que
nos Precatar,para não sermos
Enganados mais uma vez.
Ademais,como um Cidadão
que Participou de todas as
Lutas pela Democracia deste
Pais,Espero que os Demais
também faça o mesmo,afinal,
a Liberdade de um Povo não
se Discute,Defende,se preciso
com Luta...

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 6 de julho de 2017

SERTÃO

Este  Chão
Molhado,
as vezes
Ressequido.
Pelo Pai nos
Dado,
jamais será
Esquecido.
Essa é minha
Terra,
o lugar onde
Vivo.
Rodeado
pela Serra,
que não se
vê no Livro.
Em meio ao
Sertão,
Reina essa
Realiza.
Do Sertanejo
a Razão,
dos Olhares
a Beleza.
Esse é meu
Sertão,
Terra do meu
Bem querer.
Em meu
Coração,
para sempre
vais Viver.


Raimundo Sucupira

FOLHAS SECA

Caro Amigo,Desde o nosso
Nascimento,a Natureza
Terna Mãe,nos Envolve
numa Atmosfera Alegre e
Encantadora,atrai sobre tão
Pequeninos Seres a
Benevolência e a Proteção
dos Quais esse Seres Frágeis
Necessitam.
Dia desse ao senti-me
Acossado pela Melancolia,
Tristeza Tipica de quem vive
em meio a essa Selva de
Pedras.
Quando isso acontece,faço
o que sempre fiz,pego os
Apetrechos e saio pelo Mato.
Tem um lugar muito
Especial donde costumo ir,
ao pé da Serra do Catuaba,
subindo o Riacho,tem um
Velho pé de Sete Casca,de lé
se vê todo o Baixão.
Dependendo da Época em
que se vai lá,muda se o
Cenário,na Época das Águas
ele fica todo Verdinho,na
Florada,coberto de Flores
Amarela,na Seca,todas as
Flores cai,cobrindo o chão
como um Tapete.
Durante Anos faço isso,é a
minha Válvula de Escape,o
fato é que,quando faço isso,
volto de lá com a Alma um
pouco mais Leve,com um
pouco de Animo para
enfrentar os desafios dessa
Selva de Pedra.
Por ter Nascido e Crescido
no Sertão,não entendo como
é possível alguém que
Nasceu no Sertão,deixa essa
Terra,indo para a Cidade
Grande.
Deixando a Liberdade,indo
parar nessa Prisão,pois é
assim que sinto-me em meio
a essa Selva de Pedra.
Nascido em tão Esplendido
Recanto,pois é assim que
vejo o meu Sertão,não
consigo ter Paz em outro
Lugar.
Dado que,é por essas o
outras que não deixo o meu
Sertão por nada desse
Mundo,aqui Nasci,aqui hei
de Morrer,essa é a saga
desse Sertanejo que Ama o
seu Torrão Natal.
Ademais,como um Filho que
Ama o Pulsar do Coração da
sua Mãe,que não vive longe
do Ventre que o Gerou,faço
questão de cultivar esse Amor
que só faz Aumentar com o
passar do Tempo.Eita Sertão
que quero Bem....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 3 de julho de 2017

SOMA

Nessa longa
Jornada,
não ganhei
nem perdi.
Daqui não
levarei nada,
no dia em
que partir.
Tudo aqui é
Ilusão,
não tenho
nada de meu.
Tão somente
a boa Ação,
o Amor que o
Pai me deu.
Esse Mundo
é assim,
nem tudo esta
perdido.
Antes do
Fim,
é só cumprir
o prometido.
Que todos se
Amam,
como o Pai
Determinou.
No final se
Somam,
Abalizado no
Amor.

Raimundo Sucupira


FUTURO INCERTO

Caro Amigo,Pode esta
Verdade parecer
chocante,mais um ato
de Preconceito a certas
Filosofias de Velhos
Pensadores.
Esse Regime Capitalista
Desacreditado por não
poder Ir de Encontro
aos chamados Interesses
Práticos,Digamos,às
Necessidades do
Cidadão.
Todo Cidadão luta para
dar o que há de melhor
para a sua Família,
começa ela a manifesta
se através das Crianças,,
ou seja,Preparando desde
estão,esse pequeno,o que
será quando maior,um
Cidadão com o futuro
garantido.
O Homem é capaz de
Deliberação,e em
Virtude dessa Faculdade
se lhes Consente,entre
Diversos Atos Possíveis,
um deles é Defender a
Sociedade donde vive.
Mas os motivos não são
mais do que Casuais,e cada
Casualidade Pressupõe
diferentes Necessidades,
entre tais,aquele que é o
mais forte motivo,a
Sociedade.
Dia desse deitei falação
sobre o Caos em que a
Saúde Publica esta a
viver neste Pais,o descaso
em que as Maternidades
vem sofrendo em todos os
Estados.
Agora é em Goiana,uma
Reportagem mostra Bebês
Acomodados em caixas de
Papelão,pois não tinha
Berços para Acomoda-los.
Vendo essa Cena,não pude
deixar de fazer uma
pequena Reflexão,o
Resultado não poderia ser
outro,esses Governantes
não tem o menor Respeito
pelo Pais,muito menos pela
VIDA.
O que mais dói é saber pra
onde esta indo os Recursos
que seria para Acudir a
População.
Num momento em que o
Pais esta sendo passado a
Limpo,descobre se onde foi
parar a Riqueza do Pais,nas
Contas Bancárias de alguns
CORRUPTOS.
Enquanto,esses Mentecaptos
vivem num Verdadeiro Mar
de Rosas,os Pequeninos que
aqui estão chegando,não
encontra nem mesmo um
Leito para Repousar.
Dado que,nesse momento
em que tanto se fala em
Justiça Social,tai um Bom
momento para começar,
tomar desses Corruptos o
que Roubaram do Pais e da
Sociedade.
Finalmente,Devolver aos
seus Verdadeiros Donos,ou
seja,ao Cidadão.Ademais,
como um Cidadão que
sempre lutou pelo Bem
comum,espero que o Bem
acabe por vencer o mal,
a Futura Geração Agradece...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 29 de junho de 2017

MARIA

No Azul do
Céu,
no Verde da
Mata.
As cores do
Véu,
da nossa
Beata.
Essa Mãe tão
piedosa,
que a todos
protege.
Mãe Zelosa,
caminhando
prossegue.
Cantamos
com Amor,
a vossa
Canção.
Damos graças
e Louvor,
Mãe do
Coração.
Mãe do Céu,
Bendita es o
seu Nome.
Em vosso Véu,
acolha este
Homem.


Raimundo Sucupira

MÚSICOS POR EXCELÊNCIA

Caro Amigo,Na Infância a
Natureza nos doa um
Espetáculo mais Agradável
e Risonho,que com o passar
dos Tempos vai tornando
se Melancólico,Triste que
Encurta ainda mais a nossa
Passagem neste Plano.
Desde Criança que a
Musica faz parte da nossa
Vida,já Nascemos com
esse Dom.
Lembro-me bem as várias
Peripécias que fazia pela
Musica,é sabido que de
tudo se tira o Som.
Lembro-me bem,Mamãe
costumava Plantar Aboboras
no Monturo,pois no
Monturo as Plantas ficam
mais Viçosas,Vigorosas,
devido ao Adubo que é mais
intenso.
Quando os pés de Aboboras
estava viçosos,Talos Grossos,
a Gente Aproveitava,fazia
a Festa.
Eu chamava os Colegas e
ficava a Espreita,esperando
a Mamãe sair,pois quando
ela estava em Casa Ralhava
com a Gente,para não
mexer com seus pés de
Aboboras.
Quando ela se Ausentava,o
ataque era certeiro,todos
corriam para os pés de
Aboboras,cada um com uma
Faquinha feita de Faxina em
mãos,tirava um Talo,ia para
a Sombra do Velho pé de
Juazeiro que tinha nos
fundos da Casa.
Cada um fazendo a sua
GAITA,cortava as Folhas
com muito cuidado,Abria
uma pequena Fenda na
Ponta,Abria se os Buracos
para as Notas,com um
pequeno Graveto.
Era só Assoprar,se Tinha
uma Bela Melodia,cada um
com a sua Gaita,a Alegria
estava Garantida.
Quando a Mamãe chegava
e via que seus pés de
Aboboras tinha sido atacado
pegava um Chicote de
Fedegoso,saia correndo
atrás de nós,pega da li,pega
da colá,era aquela Farra.Ao
final,tudo acabava em uma
Grande Festa.
Dado que,tanto tempo
passado,ao ver as Crianças
Tristonhas, Refém das
Maquinas,mas parecem
Zumbis diante delas,quase
não Brincam,ponho-me a
pensar!o quanto as coisas
mudaram,as Crianças já não
são mais as mesmas.Com
esse Raciocínio,percebo o
quanto Eramos Felizes e não
Sabíamos.
Ademais,diante de tudo isso
só nos Resta é lembrar
daqueles Tempos que não
voltam mais,aquela
Felicidade que ficou para
trás,aqueles Sonhos que ao
longo dos Tempos vão se
Desfazendo,ficando cada
vez mais Distante,à frente,o
Horizonte cada vez mais
Turvo,Sombrio e Triste,ao
passo que,o Final da Peça
vai ficando cada vez mais
Perto...

segunda-feira, 26 de junho de 2017

DA CAPITÁ

Oxente seu
Dotô.
por que saiu
da Capitá.
Pro Sertão
se Mudô,
nessa Terra
veio morá.
No Sertão
é diferente,
aqui não tem
moleza.
Tem sangue
quente,
não se agride
a Natureza.
Essa Terra
não aguenta,
esse tipo de
Maldade.
O Sertão não
tem porta,
aqui se Vive
em Liberdade.
Se não veio
pra somar,
é bom que se
Retire.
Aqui só vai
ficar,
aquele que se
Admire.

Raimundo Sucupira

SAINDO DE CENA

Caro Amigo,a Experiência
pessoal de muitos e muitos
Anos,às vezes provém de
uma Tradição,que nos vem
por meio de muitas coisas,
dentre elas a Musica.
Conheceis,pois,as Origens
dos Sertanejos,uma delas é
o FORRO,musica Tipica
que Embeleza a todos que
por aqui se Aportam.
Nascido em tão Esplendido
Recanto,fui criado ouvindo
a Som Inconfundível da
SANFONA,contemplando
as Apresentações dos
Sanfoneiros que sempre
Embelezam as Festas no
Sertão.
Há algum tempo,venho
Percebendo que esse evento
vem diminuindo ao longo
dos Tempos,o Sanfoneiro
vem sendo Substituído
pelos Cantores Sertanejos,
ou melhor,pelas Duplas que
Cantam o tal do Forro
Universitário.
Para completar essa minha
colocação,Recentemente
uma das maiores Vozes do
Brasil,a Cantora Elba
Ramalho,em entrevista a
uma TV,fez essa mesma
Constatação.
Dizia ela,esta Preocupada
com o Sumiço do Sanfoneiro
nas Festas no Nordeste,ou
seja,no Berço da Sanfona.
As Autoridades e os
Empresários estão deixando
de lado a Musica de Raiz,
partindo para a Musica
Eletrônica,isso que alguns
chama de Forro Universitário.
Não tenho nada contra o tal
Forro Universitário,porem,
prefiro o meu Forro pé de
Serra.
Esse sim,é que nos
Representa,que conta a
nossa Verdadeira Historia.
Se alguém pretende saber
de que modo Opero diante
de tal Metamorfose,vos
direi,não serei o primeiro a
Concordar com essa
mudança,prefiro o meu
Forro pé de Serra.
Dado que,diante dessa fase
Difícil pelo qual passa a
nossa Musica de Raiz,faço
um apelo aos que Amam e
Defende suas Raízes,tá na
hora de ir a luta,cobrar das
Autoridades e Empresários
a devida Atenção.
A esses Artistas que
Representam a nossa
Historia,não podemos deixar
tudo isso se perder.
Ademais,um Sertanejo de
Verdade,que não deixará as
Raízes por nada desse
Mundo,espero que todos
entre nessa luta para defender
a nossa Musica,a nossa
Historia,para que nossos
Filhos e Netos,não venham
a Ver e Ouvir isso em Videos
e Livros,mas ao Vivo e a
Cores...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 22 de junho de 2017

COORDENADA

Seguindo as
Coordenada,
do meu
Coração.
Comecei a
Jornada,
nesse pedaço
de Chão.
Nessa Terra
querida,
eu quero
Viver.
Aqui esta a
Vida,
que queria
Ter.
Meu Sertão
Querido,
tem tudo que
quero.
Pelo Pai foi
Prometido,
o Amor mais
Sincero.
O Amor mais
Profundo,
que já Vivi.
Não há outro
no Mundo,
Sou louco por
Ti.

Raimundo Sucupira

COLÉGIO JOSÉ CÂNDIDO VIEIRA

Caro Amigo,Ao voltar um
pouco no Tempo,e não
Querendo perder em
Devaneios Inúteis,o Tempo
que me vi forçado a Folhar
as Paginas da Mente.
Preferi ocupar-me em
Relembrar,os Tempos dos
Estudos,os meus Estudos,
os Casos e Valiosos
Amigos aqui Lembrados.
Tendo,pois,decidido sair
pela Cidade em Busca de
alguma coisa que viesse
lembrar dos Tempos Idos,
eis que passei em Frente
ao Colégio José Cândido
Vieira.
Casa do Saber donde
vários Filhos dessa Terra
passou.
Ao Contemplar tão
Imponente Edificação não
pude deixar de lembrar os
Velhos Tempos,o que este
Colégio Representa,a
Importância dessa Casa do
Saber para os Filhos dessa
Terra.
Ainda sob o Efeito da
Emoção,veio-me a Mente
as Inúmeras Historias em
que Vivemos nesse Lugar.
Quem não se lembra da
Lendária Professora Dona
Dió.
Pequenina na Estatura,
porem Gigante na
Competência,comandou
por vários Anos aquela
Instituição.
O arteiro Estudante Vei de
Felismina,que fazia de
tudo para enganar Dona
Dió,para Jogar Bola nos
Fundos do Dito Colégio,
quase sempre acabava no
Castigo.
Ao final,tudo acabava em
Casa,ou seja,Dona Dió
Retirava o Castigo e tudo
voltava ao Normal.
Dado que,ao Relembrar
essa Passagem,quero tão
somente,fazer chagar aos
Moços,os Tempos Bons
que a nossa Geração
Viveu,nada mais,nada
menos que isso,afinal,o
Tempo não para,Relembrar
é sempre Bom,nos trás
um pouco de Alento à já
tão Conturbada Alma que
ao longo dos Anos vem
entrando em Declino,ou
seja,chegando cada vez
mais perto do seu Triste e
esperado Final...


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 19 de junho de 2017

CORRENTE

Quando a  Arvore
Tomba,
a Natureza Chora.
É como uma
Bomba,
que a Floresta
Devora.
Esse Verde
Intenso,
esse Ar puro.
Se não tiver Bom
Censo,
vai ficar Impuro.
Esta tudo
Interligado,
o Homem e a
Natureza.
Se um for
Devorado,
o outro Morre de
Tristeza.
Essa Importante
Corrente,
tem que
Durar.
Este Belo presente,
que o Pai quis nos
Dar.



Raimundo Sucupira

INSANIDADE

Caro Amigo,Dizia,pois,que
a Fortuna Ama os
Insensatos,os Ousados,os
Loucos que para defender
sua Fortuna,são capaz de
Cometer Atos Insanos.
Mergulhados no Egoismo,
na Arrogância,afastam
tudo quanto lhes pode
fazer Nascer na Alma a
menor Aparência de
cuidado com o Meio
Ambiente.
Imaginai agora um desses
Maiorais que se Veem por
vezes,Desconhecedor das
LEIS,sem Amor à Natureza
Terna Mãe,que tanto nos
dar sem cobrar nada em
troca.
Esses grandes Maiorais,
julga se acima do Bem e
do Mal,em nome dessa
Supremacia,comete todo
tipo de Atrocidades.
Depois de longos Anos de
Debates,foi Assinado um
Acordo sobre a não
Poluição do Meio
Ambiente,o que não se
esperava era o não
Cumprimento da parte de
alguns.
O Presidente dos Estados
Unidos da America,Donald
Trump,acaba de Romper o
Compromisso,este
Presidente,cuja as Palavras
e Frases Frias,Insipidas,e
até Vis e Repulsivas,com
as quais se Avilta,comete
mais um Atentado contra a
Natureza.
O Povo Americano que é
conhecido como um Povo
Patriota,Centrado,com
Grande Responsabilidade,
cuja a escolha é Soberana,
tem o dever de chamar seu
Condutor as Falas,exigir
dele o Compromisso para
com o Meio Ambiente,isso
é o minimo que um dos
Países que mais Polui tem a
fazer,sob pena de apressar
ainda mais o Final da
Humanidade.
De modo que,em meio a
todas essas Controversas,
Erga se as Trincheiras em
Defesa do Meio Ambiente,
os Interesses Capitalistas
não pode ser mais
Importante que a Segurança
da Humanidade,lutar é
Preciso,Unamos todos,pelo
Bem do Meio Ambiente,e
da VIDA,o nosso Bem mais
Precioso.
Ademais,como um
Ambientalista que sempre
Defendeu a Natureza,espero
que todos entre nessa luta,
afinal,se a Natureza Morrer,a
Humanidade Morre Junto....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 15 de junho de 2017

PALMA DA MÃO

Na Palma da
Mão,
a Linha.
Mostra a
Direção,
da Alma da
Mocinha.
A Cigana me
contou,
do Amor de
uma Bela.
Só não falou,
que esse Amor
era Ela.
Adivinho ou
não,
tudo isso
aconteceu.
Chegando em
meu Coração,
esse Amor
não Morreu.
Essa é uma
Verdade,
que gosto de
falar.
A Felicidade,
não tardou a
chegar.


Raimundo Sucupira

A CIGANA

Caro Amigo,Quão Ingrato
é Comigo,esta Evento que
ousamos chamar-lo de
Sentimento,não Esperes
de mim nem Definição
nem Divisão de Retorico.
Aqui,não Caberia tal
coisa,sou pois,como
Vedes,um Tremendo
Sentimentalista.
Conhecei,pois,mais uma
das Inúmeras Historias da
minha Saudosa Infância.
Um certo dia,para ser
mais claro,uma Tarde de
Sábado,lá pelos idos de
1972,Eis que uma Amiga
do meu Pai,que atendia
pela Alcunha de Deodata,
Escanchou se em meio ao
Terreiro da nossa Casa,a
dita cuja estava a botar os
Bofes pela Boca.
Meu Pai foi logo lhes
indagando do que se
tratava,Recuperando o
Folego,foi logo dizendo,
seu Queno!os Ciganos
acaba de chegar!eles
Acamparam na Beira da
Roça!
Passado o Alvoroço,meu
Pai deu-me uma Ordem,vá
vê se os Ciganos estão
perto da Cerca!pois eles
pode colocar os Animais
para comer a Roça!
Não gostei da ideia,porem,
Palavra de Pai naquela
Época era Ordem,não se
questionava,Cumpria se,
meio triste,tratei logo de
cumprir tal Ordem.
Ao chegar no dito lugar,
dei de Cara com várias
Tendas armada,dentre elas
uma chamou-me atenção,
tinha vários Enfeites,
pendurado.
Eis que de Repente,na
porta da Tenda apareceu
uma Bela Cigana,Morena,
Alta,Cabelos Compridos,
cobria lhes as Espáduas.
Ainda Menino,12 para 13
Anos,quase cai diante
daquela Bela Mulher,com
um Belo Sorriso,pegou-me
pela Mão,sentou-me num
pequeno Banco na sombra
do pé de Juazeiro.
A essas alturas,faltava-me
folego,aqueles Olhos cor
de Amêndoas,o Perfume
de Jasmim tomou-me o
Resto do Folego.
De posse,da minha Mão,
começou a Ler a minha
Sorte,porem,não prestei
atenção em nada que ela
dizia,estava Encantado
diante de tamanha Beleza.
Nem lembrei-me da Missão
que acabara de Receber do
meu Pai,tamanha era a
Emoção.
Voltei-me para Casa meio
Lerdo,pois ainda estava
sob o Encanto,nem
lembro o que disse ao
Velho.
Esse momento ficou
guardo para sempre em
minha Memoria.
Dado que,ao sentir-me um
pouco Melancólico,trato
logo de folhar as Paginas
da Mente,se não Resolve,
pelo menos nos trás um
pouco de Alento a Alma já
tão conturbada....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 12 de junho de 2017

CONTA

Essa Conta é
muito alta,
o Povo não
vai pagar.
Na frente vai
fazer falta,
é bom se
precatar.
Este Bando
de Ladrões,
Roubando
o Pais.
Enquanto as
Multidões,
não pode ser
Feliz.
Não podemos
mais viver,
com medo
dessa Gente.
Eles tem que
entender,
que não Rouba
livremente.
A Riqueza é
do Povo,
o Pais Também.
Acreditar no
Novo,
que na luta
vença o Bem.


Raimundo Sucupira

DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

Caro Amigo,o Homem é feito de
tal modo que nele causam
muito maior Impressão aos
Boatos do que a Verdade.
Direis,talvez,haver mais
Desfaçatez que Verdade em
meio à Sociedade,que
necessidade tenho de
Escrúpulos?diante desse Mar
de Lama ao qual o Pais
Mergulhou se.
Enquanto isso,o Judiciário,
um Preguiçoso Guardião das
LEIS,entrega-se à INAÇÃO
e ao Sono Profundo.
Deixando então,de cumprir o
seu Verdadeiro Papel,que é de
Defender a Sociedade.
Essa Cena triste que vemos no
TSE,é a Prova disso,Ministros
que Meses atrás deram o aval
para Cassar a Presidente Dilma,
Eleita Legitimamente pelo
Povo,com a Desculpa da tal
Pedalada,usado por outros
Governos ser ser Incomodados,
no entanto,Cassaram a Dilma.
Agora,esses mesmos Paladinos
ou quase todos,vem e Salva um
GOLPISTA que na calada da
Noite Tramou contra a Própria
Chapa,ou seja,o Governo que
fazia parte.
Mesmo assim foi Salvo sob a
alegação de que não se pode
Cassar um Presidente a toda
Hora.
Aproveitando essa Oportunidade
alguns Empresários Meteu a
Mão na Riqueza do Pais,deixando
o Povo com apenas as Migalhas,
ficando com toda a Riqueza.
Vê se Também,Gente que,
persuadida,com desfaçatez,morrem
de Amor por essas Pessoas,são
capaz de ir às ultimas
Consequências para defende-los,
não percebem que estão sendo
usado.
Uma boa parte do Povo se atenta
para defender estes Preceitos,e
parece defender ferozmente a
Primazia  em defender  Político
que os Atrai e Governo que os
Ilude.
Deram o Golpe na Democracia,
Feriam de Morte a Constituição,
tudo isso com a Conivência de
um Judiciário Falido que há
muito perdeu a sua Credibilidade.
Donde seus Representantes
viraram cabos Eleitorais dos
Políticos.
De modo que,diante desse
Horizonte Sombrio que nos
Rodeia,só nos Resta ir às Ruas,
lutar para defender nossos
Direitos,já que não podemos mais
confiar em quem nos
Representa.Ademais,como dizia
um certo Senhor(Político só tem
medo do Povo na Rua)ao meu
ver,esta mais que na hora,não
podemos correr o Risco de
perder as Conquistas que tivemos
com tanta luta,Trata se do futuro
dos nossos Filhos e Netos,ou seja,
da Futura Geração,pé no chão
Companheiros e Companheiras,a
Fé não pode Falhar...

sábado, 10 de junho de 2017

AOS NAMORADOS E NAMORADAS

Há muito Tempo
Mudei,
deixei de ser
Assanhado.
Com Alguém me
Casei,
deixei de ser
Namorado.
Nem por isso o
Amor,
Ficou de Lado.
Ele é o condutor,
de quem anda
lado a lado.
Não é preciso ser
Românico,
para falar desse
sentimento.
Nem ser bom de
Cântico,
para Cantar esse
Momento.
Basta saber
Amar,
Amar de Verdade.
Que vais Encontrar,
a vossa Felicidade.


por Raimundo Sucupira


quinta-feira, 8 de junho de 2017

CASA BRANCA

Um Sertanejo
de Verdade,
não deixa o
Sertão.
Para ele a
Cidade,
não passa de
uma Prisão.
Quem Nasceu
nessa Terra,
entende o que
digo.
Na Casa branca
da Serra,
bem longe do
perigo.
O Sertão é o
Lar,
onde se possa
viver.
Aqui se possa
Sonhar,
Terra do meu
bem querer.
Eita Sertão
querido,
Torrão Amado.
Pelo Pai fostes
Prometido,
da Catinga ao
Cerrado.


Raimundo Sucupira

GAITA DE TABOCA

Caro Amigo,Às vezes,a Fraqueza
dos Olhos,ou a Abstração do
nosso Espirito, nos Impede de
Notar as coisas Simples,que no
entanto,são capaz de nos fazer
Feliz.
Ao ver meu Tio Samuel e seu
Terno de Reis,ficava Fascinado
com a Beleza daqueles Rústicos
Instrumentos,quase todos os dias
fazia a minha Mãe levar-me a
Casa desse Amado Tio.Até que
num certo dia ele chamou-me para
Acompanha-lo até a Beira do Rio
do Arraial de Baixo.
Lembro-me bem aquela Aventura,
fomos até a Barranca do Rio
donde tinha uma Enorme Moita
de Taboca.
Ele Escolheu uma Taboca bem
Certinha,sem defeito,olhando
para a dita cuja,disse-me,aqui
esta a sua Gaita.
A Principio não Entendi,porem
fiquei na Expectativa,voltamos
pra Casa da minha Tia Brigida.
Sentamos sobre a sombra do
Velho Umbuzeiro que tinha nos
fundos da Casa.
Foi ai que começou uma grande
Magica,ele começou a a fazer a
Gaita,cortou a Taboca no tamanho
certo,tirou os nos com muito
cuidado.
Acendeu uma pequena fogueira
no meio do Terreiro,colocando
uma Suvela em meio a dita
cuja,quando estava bem
quente,furou os Buracos donde
se tira o Som,por ultimo,colocou
Sera de Abelha na Ponta donde
Assopra.
Tudo isso,sob meus Olhares bem
atento,é claro,depois com uma
tirinha da própria Taboca fez uma
Fenda.
Tudo pronto,ao Soprar saíram da
mesma Belas Melodias,entregando
me logo em seguida,finalmente,
tinha em Mãos a tão sonhada
Gaita.
Tentei sem muito sucesso,pois sou
um Gaiteiro de meia Pataca,porem
com grande Amor ao Reisado.
Hoje,tantos Anos passado,quando
vejo um Terno de Reis,vem-me a
Lembrança,o meu Tio Samuel e
e a sua Alegria tocando a sua
Gaita.
Dado que,ao lembrar desses
Momentos que na Infância foram
tão Importante para mim,quando
isso acontece nos trás um pouco
de Alento a já tão conturbada
Alma que Vive a penar nesse
Mundo Desalmado,que só quer é
ter um pouco de Paz...


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 5 de junho de 2017

MEU PAIS

Meu Pais esta
parando,
no Olho do
Furacão.
Tem Gente
Roubando,
na Política só
tem Ladrão.
Um Pais tão
Rico,
não pode ficar
Assim.
Senão corre
o Risco,
de um triste
Fim.
O Povo tem
que lutar,
por fim nessa
Bandidagem.
Da Corrupção
se livrar,
dar um basta na
Malandragem.
Com a força
da Povo,
vamos sair do
Atoleiro.
Reagir de
novo,
Viva o Povo
Brasileiro.


Raimundo Sucupira

CEGUEIRA

Caro Amigo,o Homem que,
por ter a Vista Turva,
Confunde os Inúmeros
Benefícios que a Natureza
Terna Mãe nos Propicia,o
Poder dessa Cegueira nos
Arranca a Impressão
Desagradável de tão grande
numero de Males.
Percorrendo com tão
grande Rapidez,a nociva
Degradação da Mãe
Natureza,as quais hão de
lhes seguir o LIXO,O
CADÁVER.
Nós foi somente aos
Indivíduos que a Natureza
Terna Mãe Distribui
Benefícios,cada Povo,cada
Nação,cada Cidade Recebe
a sua Parte,porem,não sabe
fazer bom uso dessa Dadiva
que Recebe.
Dia desse,ao ligar a
Televisão,vi uma triste
Manchete(a Reportagem
falava da Invasão de
Garrafas Pet,no Rio
Tietê,uma Verdadeira
Montanha de Lixo boiando.
Notava se claramente,o
lixo, Grande numero de
Garrafas Pet boiando sob
as Águas.
Diante dessa Cena triste
se pode fazer uma Analice
do que esta acontecendo
ao Meio Ambiente,as
Agressões que vem
Sofrendo.
De nada estão valendo as
Inúmeras Campanhas para
se Preservar o nosso Meio
Ambiente,o Homem
continua a Ignorar os
Inúmero Pedidos de
Socorro da Mãe Natureza.
Nasci e Cresci no Sertão,
desde Criança que vejo a
Natureza ser atacada sem
dó nem piedade,tudo isso
pela Maldito Dinheiro,a
Ganancia,a Gula,deixa o
Homem Cego perante
essa Realidade.
Como Ambientalista,vendo
essa Cena Lamentável,vos
faço um Alerta,continue a
Poluir o Meio Ambiente,
um dia hás de Morrer
Soterrado nos seus próprio
Dejetos.
Quando isso acontecer,
será o fim da VIDA e o
começo da luta pela
Sobrevivência.Se bem que
essa Tragedia só Deva
prosseguir se este Animal
que Atende pela Alcunha
de HOMEM,permanecer
nessa Cegueira Absurda,se
continuar a pensar só no
Maldito Dinheiro,deixando
de ouvir a voz da Razão,ou
seja,da Natureza.
Dado que,num momento
em que tanto se fala em
Preservação,tai um bom
momento para fazer algo
por essa Mãe,que tanto nos
dar sem pedir nada em
troca.
Ademais,como um
Ambientalista que ao longo
dos Anos vem lutando pelo
Meia Ambiente,espero que
os Demais também faça o
mesmo,Afinal,estará não
só Salvando o Meio
Ambiente,como também a
Própria VIDA...

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 1 de junho de 2017

RESERVA

As vezes o
Sofrimento,
nos faz
bem.
Conserva o
Sentimento,
que temos
por Alguém.
Não devemos
esquecer,
daquele que
se gosta.
Mesmo se
Morrer,
isso pouco
Importa.
Não se muda
a Historia,
se Preserva.
O que temos
na Memoria,
se Reserva.
Quem vive
entre nós,
 jamais
esqueçamos.
No Coração
a Voz,
lembranças
que Amamos.


Raimundo Sucupira

MANÉS

Caro Amigo,a Felicidade só
deva começar a ser prefeita
no Instante da Reunião
Gloriosa dos Corpos com
as Lamas,no entanto,antes
que isso aconteça,a
maioria dos Mortos e seus
Restos Mortais,deve ser
Respeitado pelos que estão
Vivos.
São muitos os que toca a
Vida,deixando para trás os
Túmulos dos Antepassados
sem se quer fazer lhes uma
Visita.
Coisa que jamais poderia
acontecer,pois eles vão ser
a ponte que nos liga ao
Verdadeiro Senhor da Vida.
Dia dessa ao ligar a
Televisão fui Surpreendido
por uma Noticia triste,a
dita Reportagem dava
conta do Sumiço dos
Restos Mortais de um dos
Maiores Jogadores de todo
os Tempos.
Sumiram os Restos Mortais
do nosso Amado Mané
GARRINCHA,jogou na
Seleção Brasileira e em
vários Clubes,dentre eles
o Flamengo em 68 e 69,
essa Noticia
não devia ser surpresa,num
Pais donde o Judiciário esta
Falido,com o Crime
Organizado esta ditado as
Regras,a Corrupção é
Geral.
Quem não se lembra da
Taça Jules Rimet,que foi
Surrupiada e Derretida pelo
Larápios,o Esquecimento
dos Craques que fizeram a
Alegria do Povo no passado
não chega a ser uma grande
Surpresa.
Serve se ainda,para provar
o que Afirmo,um antigo
Proverbio(o que passou,
passou,quem vive de
passado é Museu)partindo
desse Pressuposto,muita
gente acaba por esquecer se
daquelas Figuras que no
passado tando fez por nós.
Se queres Verificar até que
ponto chega a Inépcia
dessas pessoas,Observe o
seu Comportamento no que
diz Respeito à Própria
Historia,tão mal se
Respeita,que dela se
Riam todos.
Dado que,diante dessa tal
Noticia,Lamentável,só nos
Resta torcer para que esse
problema seja Resolvido,
ou seja,os Restos Mortais
do Garrincha seja
Localizado.
Ademais,que a Ossada
daquele que fez Balançar
o Esqueleto do Adversários
que tentaram marca-lo,
finalmente Descanse em
Paz.Isso é o minimo que
nós que Respeitamos a
Memoria daquele que tanto
fez pelo Futebol devemos
Fazer...

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 29 de maio de 2017

ALEGRIA

Oxente seu
Moço,
o que estais
a Falar.
Causou-me
Alvoroço,
o que viste
Mostrar.
O Sertão sem
Festa,
não pode
ficar.
Sem Rodeio
e sem Aresta,
não quero
nem pensar.
O Povo se
prepara,
para este
Evento.
O Ano não
para,
é grande o
Sentimento.
As Festas vai
chegando,
a alegria bate
a Porta.
O Povo vai
preparando,
é isso que nos
Importa.


Raimundo Sucupira

FESTAS NO SERTÃO

Caro Amigo,Mas como
Homens destinado ao
Caminhar Constante
Rumo à Posteridade,
possui Razão para se
comportar como tal,há
porem,de se Respeitar
certos Preceitos,dentre
eles é a Origem,ou seja,
o lugar onde Nasceu,a
sua Historia.
Nessa Caminhada
Desenfreada,são muitos
os que perderam o fio
da meada,deixando
para trás uma Historia,
aquilo que poderia ser
a base de sustentação
de uma Geração quase
Inteira.
Aproxima se o mês de
Junho,Época em que,
começa os Festejos por
todo o Sertão.
Apesar de todos os
apertos o Sertanejo
sempre procurou
festejar essa data,ou
seja,as Homenagens
aos Santos da sua
Devoção.
Sabe por tanto,agora,
qual a Festa do maior
prazer do Sertanejo,a
Homenagem aos
Santos que Representam.
Há talvez,Gente que
Insensível a todo esses
preceitos,procuram tirar
dessa Gente essa
Esperança,ou seja,destruir
o que os coloca em
comum União.
Por mais que tentam,e
Camuflar a situação,há
sempre uma controvérsia,
há sempre alguém
querendo levar alguma
vantagem.
Diante de um Povo
Alegre,Inteligente,Capaz
e Generoso,que são a
Verdadeira Historia de
um Povo que só quer é
ser Feliz.
Dado que,diante deste
momento em que
aproxima os Festejos
Junino,espero que todos
os Nordestinos Cantem
e Dancem ,curtam e
acolhem os que querem
participar dessa Festa,e
de Alma Alegre mostre
as Belezas que só aqui
no Sertão se Encontra.
Eita Sertão que quero
Bem...

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 25 de maio de 2017

GANHO

Da Calça a
Algibeira,
do Homem
o Coração.
Da estrada
a Ladeira,
da Cidade
a Multidão.
Do vestido
a Barra,
da Moça o
Sonho.
Do Moço a
Farra,
do Trabalho
o Ganho.
Da luta a
Vitoria,
da queda o
chão.
Do Tempo
a Historia,
do Livro a
Lição.
Do Homem
a Mulher,
ao caído a
Mão.
Do Homem
a Fé,
de Deus vem
o  Perdão.


Raimundo Sucupira

TABATINGA NA PAREDE

Caro Amigo,Antes de tudo,a
Infância,a Primeira
Idade do Homem,desde o
Instante do seu
Nascimento,a Natureza
Terna Mãe,nos trás certos
Encantos.
Sem essa Dadiva,como
seria Possível se livrar do
Açoite da tal Melancolia
que volta e meia vem nos
Atormentar.
Dia desse,ao passar por
uma determinada Avenida,
vi-me em frente a uma
Imponente Edificação,ao
qual alguns Operários
devidamente Equipados
Pintava a dita Edificação,
ao vê aquela Cena,não
pude deixar de voltar no
Tempo,mas precisamente
aos Tempos de Criança.
Quando chegava perto do
São João,Papai costumava
Pintar a Casa Antiga donde
Morávamos,ou melhor,
caiava,como não tinha Cal,
muito menos Tinta,pois isso
era Artigo de Luxo,só para
os Ricos,ele buscava a
TABATINGA.
Lembro-me bem um desses
dias,levantamos bem sedo,
o Velho colocou os Bois no
Carro,partimos Rumo ao
Catuaba,perto da Pedra do
Tubi tinha uma Barranca
que tirava a TABATINGA.
Dependendo do lugar,tira se
Branca ou Amarela,depois
de encher vários sacos,nós
colocamos no Carro,meu
Pai acabou de subir o
Morro donde tirou alguns
pedaços de Madeira que
aqui no Sertão e chamada
de Canela de vei.
Essa dita Madeira batendo
com uma Pedra,dar um
Excelente Pincel.
De volta com os Pinceis,
todos para Casa,Mamãe já
nos aguardava com uma
Enorme Gamela donde era
colocada a Tabatinga.
Tabatinga Dissolvida,
colocava se Goma feita
com Farinha de Mandioca
para a Tabatinga não soltar
da Parede.
Todos ao Trabalho,cada um
com um Pincel em mãos,em
bem pouco Tempo a Velha
Casa estava toda Caiada,
pronta para a Festa do São
João.
Não poderia imaginar que
divertido,que prazer ver a
Velha Casa Branquinha
como a Neve,a Alegria nos
saltava aos Olhos.
Dado que,passado tantos
Anos,diante da Modernidade,
com tanta Complicação,vejo
o quanto as coisas simples
nos faz falta,nos custava tão
pouco para sermos Felizes...


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 22 de maio de 2017

SÓ VOCÊ

O Coração chora
no Peito,
uma Saudade
sem fim.
A falta do Amor
Perfeito,
que um dia me
disse Sim.
Essa é uma
Verdade,
que não gosto
de dizer.
A minha
Felicidade,
só depende de
Você.
Essa dor que
me Atormenta,
vai sempre me
acompanhar.
Esse Amor que
me Sustenta,
é a vontade de
te Amar.
Não tenho outra
saída,
você é o meu
Bem.
Para o Resto da
Vida,
só você e mais
Ninguém.


Raimundo Sucupira

RETROCESSO

Caro Amigo,o Homem é a
Consequência da
Sociedade em que Vive,se
é uma Sociedade Civilizada,
Pacifica,Justa,ele será um
Cidadão Justo,Civilizado,
Pacifico.
Se for numa Sociedade
Injusta,Truculenta,ele será
um Cidadão Injusto,Vil e
Truculento.
Tudo esta Interligado entre
si,Homem e Sociedade,não
pode haver Divisão,um
precisa do outro para
manter se de Pé.Com Efeito,
Existe outra Verdade de
fato ligada pela Consciência
da qual até aqui não pode
caminhar separado,
Sociedade e Justiça,a fim
de não Interromper o curso
da Caminhada Rumo à tão
sonhada Posteridade.
Mas eis uma coisa assim
como meus próprios
Ouvidos,um dia destes a
Falência do Judiciário,o
Fechamento de várias
Comarcas pelo Interior da
Bahia.
Tudo isso,acontecendo
Justamente num momento
Turbulento pelo qual passa
o Pais.
Que a Sociedade nunca
ficou tão Dependente do
Judiciário,para defender
seus Direitos.
Todos sabemos que o
Judiciário é o Guardião das
LEIS,que por sua vez é a
Base de sustentação da
Sociedade.No entanto,com
essa atitude,fechando as
Comarcas,deixa a
Sociedade Refém
do Crime,entregue à
própria Sorte,ou seja,sem
o Amparo da LEI.
Observamos,contudo,que
esses Obstaculo pode ser
Enfrentado pela Sociedade
fazendo as devidas
Cobranças,chamando o
Judiciário à
Responsabilidade.Dado
que,num momento em que,
o Crime Organizado esta
ficando cada vez mais
Forte,cabe à Sociedade e
o Judiciário unir esforços
contra esse Mal,sobe pena
de ter o Desprazer de ter
que bater Continência aos
BANDIDOS que deveria
estar sob o Julgo da LEI.
Ademais,como um
Cidadão de Bem e do
Bem,espero que o
Judiciário não venha a
Acovardar se mediante ao
Crime,que a Justiça venha
a Prevalecer...

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 18 de maio de 2017

FLOR

O que levo no
Peito,
é o mais puro
Amor.
Do sentimento
mais Perfeito,
tudo isso para
minha Flor.
Aparecestes em
minha Vida,
como um passo
de Magica.
Mostrou-me a
Saída,
sem nenhuma
tática.
Sentir o Amor,
que por mim
devota.
Do Abismo me
Salvou,
abriu-me uma
Porta.
Es a minha
Companheira,
em todos os
momentos.
De todas es a
primeira,
Dona dos meus
Sentimentos.


Raimundo Sucupira

CHORO NA TENDA

Caro Amigo,Donde vem aos
Homens esse gênio
Repulsivo e Selvagem,que o
faz Esquecer se das coisas
boas que lhes aconteceu?que
os afastam do Tempo mais
feliz e doce da sua Vida.
Há talvez,Pessoas que,
Insensível a todos esses
Princípios,só encontra
Ventura no Convívio com a
Modernidade.
Dia desse ao passar em
frente a um moderno Salão
de Beleza,deparei-me com
algumas Pessoas parecendo
 Astronauta devido aos
Apetrechos que estavam a
usar,ao vê aquela cena,não
pude deixar de voltar no
Tempo.
Naquela Época,não era
Salão de Beleza,mas TENDA,
a mais Famosa e Alegre era a
de MIGEZIM.
Lembro-me bem um dia em
que fui a Tenda de Migezim
cortar o Cabelo,ao chegar a
Porta dei de cara com uma
Cena Estranha para uma
Criança.
Seu Melé numa Cadeira
tocando o Bandolim,na
outra Cadeira seu Edegar
Viana tocando o
Cavaquinho,num Banquinho
ao meio,Migezim tocando
o Violão.
Nem ao menos Olharam
para mim,fiquei de pé a
espera,pois naquele tempo
Criança não costumava
interromper os Adultos.A
minha Salvação foi seu
Maroto que ia passando
com um Balaio cheio de
Batatas vindo do seu Sitio
ao lado do Açude do velho
Zabumbão.
Seu Maroto lhes fez o alerta,
Olhe o Menino esperando
para cortar o Cabelo Homem!
ai ele veio atender-me,coloco
me sobre uma velha Cadeira,
Apanhou-me pelo Pescoço,
logo senti a Maquina Cega a
mastigar o Cabelo,uma dor
dos Diabos.
no meio da Labuta,entre
uma mordida e outra na
língua,o Velho Barbeiro
Indagou-me,com
Pimpão,ou sem Pimpão?a
dor era tamanha,que nem
Respondi,não via a hora de
sai daquele Martírio,ou
melhor,da Labuta acabar.
Cabelo cortado,de volta para
Casa todo feliz,porem,ainda
tonto,devido ao Barulho da
Maquina.
Dado que,diante da Inevitável
Modernidade,fica difícil fazer
certas Escolhas,nem sempre
elas nos trás a tão Sonhada
Felicidade,porem,ela pode
estar nas coisas mais Simples
que ás vezes deixamos de Lado...


Raimundo Sucupira


segunda-feira, 15 de maio de 2017

DINHEIRO

Pela Porteira da
Fazenda,
se conhece o
Fazendeiro.
Só veste Renda,
Mulher que tem
Dinheiro.
Pelo Salario
que ganha,
se conhece o
Operário.
Pelo tipo da
Artimanha,
se desvirtuam o
Funcionário.
Onde Reina a
Propina,
o Corrupto esta
presente.
A vantagem
lhes Fascina,
não tem Respeito
pela Gente.
O Dinheiro fala
Alto,
seja lá onde
for.
Não importa se
é de Assalto,
nem tão pouco
do Labor.


Raimundo Sucupira

RAZÕES

Caro Amigo,Apesar de todo
Brilho que nos Circundam,
não estamos livres de
Momentos Túrbidos,que há
por Vir.
Com esses Eventos
Túrbidos que volta e meia
vem a tona,dias negros hão
de Vir para tirar a nossa
Paz.
O Procedimento desses
Homens mostra,à Sociedade
dia apos dia,o que pode a
Razão contra tão Poderoso
Inimigo.
Ela Prescreve as Leia da
Honradez,e tudo que
consegue fazer,os Inimigos
Zombarem de todos que
Andam sobre a Luz da
Razão.Se nada for feito de
Concreto para combater
tais Eventos,em bem pouco
Tempo Instala-se a o Caos
no Pais.
Vemos com tristeza que
todas as Instâncias estão
Contaminada,Carcomida
pela Corrupção,a Falência
desses Órgãos tornou se
Visível,os Poderes brigam
entre si para ver quem tira
proveito do que inda Resta.
Há muito que já não se
Governa para o Povo,meia
duzia de Impostores que se
acham acima do bem e do
mal,ou seja,acima da LEI,
tomou o Poder de quem
lhe é de Direito,ou melhor,
deram o Golpe,usando o
Poder em benefício próprio.
Para nós que ao longo de
Anos de Lutas,Sonhando
com em deixar um Pais
Próspero e Justo para
nossos Filhos e Netos,vê o
tamanho dessa Tragedia é
Triste.
Agora mais do que nunca
se faz necessário a
Revolução,a Inovação de
Idéias,os Moços tem que
Assumir Posição,não dar
mais para esperar,o Tempo
Urge,a Tragédia Social se
Aproxima.
Dado que,esta mais que na
hora de cada um de nós dar
a sua Contribuição para a
Reconstrução do nosso Pais
para que ele volte a nos
Orgulhar.Ademais,como um
Brasileiro que não desiste
nunca,espero que os demais
também faça o mesmo,afinal,
Quem Ama cuida...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 11 de maio de 2017

CHAMA

Na Calada da
Noite,
que a Solidão.
Dói como um
Açoite,
num triste
Coração.
O Amor é a
Chama,
que arde sem
parar.
Aquele que
Ama,
no Escuro não
vai ficar.
A grandeza
do Amor,
é algo que não
se esquece.
Seja lá onde
for,
ele sempre
Floresce.
Essa Vida é
Assim,
não podemos
mudar.
A ela dizer
Sim,
é só o Cabra
se Apresentar.


Raimundo Sucupira

MESSIAS O ADIVINHO

Caro Amigo,a meu ver,quanto
maior a Simplicidade,tanto
mais Feliz se é,contanto que
se Saia desse Gênero que
muitos dizem que é Loucura.
Duvidamos que se possa
Encontrar na Terra um único
Homem que seja Sóbrio  em
Qualquer Instante,e não
sofra uma vez por outra o
Efeito disso que Ousamos
chamar de Loucura.
Dia desse ao Vasculhar os
Arquivos,encontrei a Foto de
uma Figura muito conhecida
em nossa Cidade,trata se do
Lendário MESSIAS.
Um Adivinho que volta e
meia aparecia em Paramirim,
era uma Figura que nos
divertia de Verdade.
Um Homem Simples,porem,
que passava para as outras
Pessoas toda a Alegria que
carregava consigo.
Um certo dia partiu sem
deixar vestígio,todos sentia
a sua falta,porem nenhuma
noticia.
Um certo dia,fui fazer uma
viagem a Salvador,com um
Amigo,ao parar nua parada
do Onibus na Cidade de
Aracatu,tive uma Enorme
surpresa,dei de cara com o
Messias,sentado nu banco
de Pernas Cruzada.
Corri ao seu Encontro,fui
logo Indagando,Sia, o que
esta fazendo aqui?logo foi
Respondendo,Tô passeando!
Sia,o Povo de Paramirim tá
com saudade de você!disse,
Gente quá!Sia,já casou!disse,
eu não!oia!Sia,vamos pra
Capital!Euuuuu!Sia,Soletra
Arroz!Respondeu,a s k
Arroz!Sia,Soletra Banana,
Respondeu,um Q, Cacho de
de Banana Santumé!Sia,da
um Grito mara ouvir no Céu,
só murmurou,Eiiiiiii!fiquei
tão feliz,dei tanta Rizada,
que nem vi o Tempo passar.
Pra minha Tristeza fui logo
Adivertido pelo cobrador
que chegou aos borbotões
dizendo que o Coletivo já ia
Partir.
Dei lhes um forte Abraço
e nos Despedimos,essa foi a
ultima vez que nos falamos.
Muitos Anos se passaram,até
que chegou-me a Notícia do
seu Passamento,fiquei muito
triste ao saber da Partida da
Figura tão Simples,porem,que
nos trouxe tanta Alegria.Dado
que,faço questão de falar
dessa Ilustre Figura que viveu
em nossa Terra,que nos
Brindou com a Singeleza que
só os Puros de Espirito tem...


Raimundo Sucupira

 
Contador de Visitas Para Blogs