segunda-feira, 20 de novembro de 2017

BELEZA

Vaca de Leite,
Cavalo de
Sela.
Não precisa de
Enfeite,
quando esta na
Passarela.
É tudo bem
Rustico,
no meu Sertão.
O Som bem
Acústico,
que vem lá do
Grotão.
Não tem a tal
Vaidade,
Neste meu
Lugar.
Só lá na
Cidade,
o Moço vai
Encontrar.
Essa Beleza,
Só tem por
Aqui.
O contato com
a Natureza,
nos faz Sorri.


Raimundo Sucupira

LIBERDADE

Caro Amigo,Neste Dia de suma
Importância para nós Negros,e
Sobreviventes da tão Sombria e
Temida Escravidão,que durante
muitos Anos fomos mantido a
Ferro e Fogo.
Nessa Data tão Importante,que
todos fazem Homenagem aos
Negros,que Lembram dos que
Lutaram pela Liberdade,desse
Povo.
Povo Este que Através da sua
Força Ergueu este Pais,com seu
Trabalho duro Construiu nossa
Riqueza.
Como é de se Esperar,nesse dia
quase todos fazem Homenagem
aos Heróis que Lutaram pela
Liberdade do seu Povo,por isso,
poderia fazer Citações aos que
fizeram isso,no Entanto,não o
farei.
Por um Simples Motivo,eles já
tem o seu lugar Reservado na
Historia,já não precisa de mais
nada,tão Somente de Orações.
Poderia Eu,falar de Martin
Luther King Jr,Nelson
Rocihlahla Mandela,Mary
Mcleod Bethune,Ella Baker,
Harriet Tubman,Sojouer Truth,
Nosso Irmão Brasileiro Zumbi
dos Palmares,nossa Lenda,no
Entanto,não vou falar dessas
Figuras.
Falar lhes Ei porem,das
Dezenas,dos Milhares,dos
Milhões de Negros e Negras
que que Enfrentam essa luta
Desigual nos Dias de Hoje,ou
seja,que estão lutando dia apos
dia tão Somente para Manter
se Vivos.
São muitos os que falam em
Igualdade Racial,que todos são
Iguais Perante as Leis,que os
Negros são Tratados com o
Mesmo Respeito,quando na
Verdade isso não é Mentira.A
Enorme Diferença ainda é
Visível,Basta Fazermos uma
Pequena Analice e logo vais
Perceber.
Vos darei Alguns Exemplos,
nas Profissões,na Medicina,
na sua Maioria os Médicos são
Brancos,no Judiciário,a maioria
são Brancos,na Politica,na sua
maioria são Brancos,na Câmara
dos Deputados são quase todos
Brancos,no Senado,quase todos
os Senadores são Brancos,nas
Empresas quase todos são
Brancos.
Sé Observamos bem,o Sálario
é bem diferente,nunca um
Negro ganha o equivalente ao
Branco.É sempre um Sálario
menor,nas Prisões,quase todos
os Presos são Negros,nas
Mortes Trágicas,quase todos
são Negros.
Diante de toda essa Realidade,
das Enormes Injustiças ao qual
os Negros vem Sofrendo ao
longo dos Tempos,vos faço um
Apelo.
Façam como Esses Heróis e
Heroínas que jamais Curvou se
mediante as Injustiças,que não
teve Medo,que lutou por Dias
Melhores.
Homens e Mulheres que jamais
teve Medo de Sonhar,de lutar
por Dias Melhores,que nem
mesmo a Morte foi Obstáculo
para Conter seus Sonhos,que
Lutou por Seus Ideias,pela a
Liberdade e um Futuro melhor
para seus Filhos e Netos,ou seja,
a Futura Geração.
Dado que,neste Dia de Extrema
Importância para nós Negros e
Negras,quero tão Somente,vos
Lembrar que,a Liberdade não
tem Cor,que o Amor Também
não,Amai-vos pois,pois só o
Amor é Capaz de Ultrapassar
as Barreiras do Racismo.....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

CHAPÉU DE COURO

O Chapéu de
Couro,
não cai na
Testa.
Mas vale
Ouro,
se o Dono
Acerta.
Em meio ao
Espinheiro,
é sem
Igual.
Protege o
Vaqueiro,
no Espinhal.
Em plena
Lida,
o Sertanejo.
Labuta na
Vida,
por seu
Desejo.
Não quer
Riqueza,
assim o diz.
Só a Grandeza,
de ser Feliz.


Raimundo Sucupira


ATRÁS DAS GRADES

Caro Amigo,Quando pensamos
que já Vimos de tudo nessa
Vida,Eis que Aparece Historias
do Arco da Velha.Ao ligar a Tv,
dei de Cara com uma
Reportagem Ilaria,cuja a
Manchete é a Seguinte(Cavalo
Preso por ter dado um Coice)a
dita Reportagem mostrava o
Meliante,no Caso,o Cavalo
Devidamente Trancafiado
numa Cela.
Não teve nem Choro,nem vela,
o Cavalo teve que passar a
Noite no Xilindró,a Pão e Água,
ou seja,sem nenhuma Folha de
Capim,alem de ter o Desprazer
de ver o Sol Nascer Quadrado.
Ao ver aquela Cena Triste,um
Cavalo atrás das Grades,vendo
o Sola Nascer Quadrado,tão
somente por ter dado um Coice,
tudo isso é Estranho,Lamentável,
com tantos Bandidos a Solta,a
Verberar os Cidadãos de Bem,a
Gloriosa Policia de uma Cidade
do Interior do SE,Prende um
Cavalo por ter dado um Coice.
A Argumentação da Policia,que
o Meliante,ou melhor,o Cavalo,
deu um Coice num Automóvel,
que o Animal foi Detido caso o
seu Dono não viesse a Pagar o
Nano.
O que não Justifica tamanha
Desventura contra o Irmão que
como nós não tem o Poder de
Raciocinar,por tanto,de separar
o Certo do Errado.
Diante dessa Cena Triste,que
nos causa Repulsa,vejo o quanto
nossos Irmãos Perecem,Sofrendo
todo tipo de Atrocidades,são
Maltratados por quem deveria
Cuidar,no Entanto,Maltrata.
Tudo isso,Seria Cômico,se não
fosse Trágico,porem,é muito
Preocupante,com tantos Crimes,
com tantos Criminosos para tirar
de Circulação,a Policia a Prender
Cavalo por ter dado um Coice.
Dado que,que isso Sirva de
Exemplo,o Momento em que
Vivemos é Serio,não é Hora para
Brincadeira.
Temos coisas mais Importante a
Fazer,o nosso Futuro corre
Perigo,as Conquistas que ao
longo dos Anos Conseguimos
esta sendo tirada.
Ademais,como um Ambientalista,
não posso ficar Calado Mediante
a uma Atrocidade desta,se não
querem Cuidar desses Irmãos,
pelo menos os Respeite,ou seja,
se não quer Ajudar,pelo menos
não Atrapalhe....



Raimundo Sucupira

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

MODERNIDADE

No Mundo da
Poesia,
não tem ninguém
Besta.
Seja João ou
Maria,
na Cidade ou
Floreta.
Em Meio a
Modernidade,
tudo fica mais
Fácil.
É só Felicidade,
nada fica
Difícil.
Com o tal do
Computador,
fica fácil de
Prosseguir.
Sé a coisa
Desandou,
ele pode lhes
Corrigir.
A Vida de um
Escritor,
Fica Bem
Facilitada.
O tal do
Computador,
não lhes deixa
perder nada.

Raimundo Sucupira

ILEGALIDADE

Caro Amigo,Ainda não sei
Bem se todas as Ilusões dos
Sentimentos e do Espirito
são Benéfica ou não,por
Exemplo,o POVO que,por
ter Desconhecimento das
LEIS deixa de lutar por ela,
ou seja,Reivindicar os seus
DIREITOS.
Por trás de tudo isso esta
Bom parte da Imprensa,que
que se Adianta em novas
Leis,que se Apodera da
Boa Fé das Pessoas,que
lhes faz Esquecer todas as
Dores,todas as Inquietações,
todos os Prazeres da Vida,e
Mergulhar numa Torrente
de Ilusões.
A meu ver,a Imprensa
Brasileira esta Prestando
um Desserviço ao Pais,pois
estão deixando de cumprir
o seu Verdadeiro Papel,que
é de mostrar a Verdade dos
Fatos,ou seja,ser a
Testemunha Ocular da
Historia.
Essa Imprensa Desumana,
Sensacionalista,dar-se a
Inventar Diariamente algum
Novo Invento que os
Engane Agradavelmente,
Condu-lo Enfim a tal
Estado,que nem lhes Resta
o Suficiente para a formação
do seu Juízo.
Eis agora,Pessoas que,
Incontestavelmente são
Refém desses Meios de
Comunicações,Refiro-me
aos que Gostam de Seguir
Esses Formadores de
Opinião.
Para dar Enfase ao que
vos Afirmo,os Batedores de
Panelas,que foram às Ruas
Bater Panelas,que Culminou
com a Perda dos Próprio
Direitos.
Aqui ver-se a Oferta de um
CELERADO que Tramou
um GOLPE,Escápulando-se
das LEIS,com a Ajuda do
Próprio Judiciário,que por
sua vez foi de Encontro com
as suas Fonções,que é de
ser o Guardião da
Jurisprudência.Dado que,
diante de tudo isso,só nos
Resta é se Precatar,para não
deixar que nos tire mais
Direitos,pois nos Custou
muita Luta.
Ademais,como um
Brasileiro que não Desiste
nunca,Estamos Sempre
Prontos para a Luta,Espero
que os Demais Também
Esteja,Afinal,é o nosso
Futuro e dos nossos Filhos
e Filhas que esta em Jogo.....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

BOI MALHADO

Meu Boi
Malhado,
Manso de
Canga.
Foi Bem
Tratado,
em Boa
Manga.
Sempre
que dava,
lá vinha
Eu.
Nele
Montava,
nunca
Correu.
Seu
Destino,
jamais
Mudou.
Desde
Menino,
comigo
Andou.
Meu Boi
Querido,
conheço
o cheiro.
Não foi
Vendido,
não tem
Dinheiro.

Raimundo Sucupira

BACANAL

Caro Amigo,Haverá maior
Loucura que a do Homem
que Gloria se dos seus
Atos,do Homem que a si
Próprio Admira,que vê nos
Outros tão somente seus
Servidores,os Honestos e
os que Andam Sobre a Luz
da Razão será tidos como
Tolos.
Quero provar-vos Também
que não haverá nenhum
Compromisso da parte
desses Homens para com a
PÁTRIA,nem tão pouco com
seus FILHOS,se Quereis
Verificar até que ponto
chega a Cara de Pau dessas
Pessoas,Perante a nossa
Sociedade,faça uma
Analice do que aconteceu
nos Últimos Tempos.
Qual a Razão das
Acusações contra esses
Homens,e o Julgamento
que a Sociedade Espera que
Recaia sobre Eles,uma vez,
são Obrigado a Lidar com
os Assuntos Público,tão
mal se Cuida Dele,e no
Entanto,é Preciso
Reconhecer que às vezes,de
Ideias não tão Tolas,por
Exemplo,Usar o Poder em
seu Beneficio.
O que Estamos vendo em
Brasília,ou seja,no Centro
do Poder,é Grave,os Trés
Poderes Carcomido pela
Corrupção,donde Pessoas
sem nenhum Compromisso
com o POVO,por tanto,com
a PÁTRIA.
Essas Pessoas estão fazendo
todo Tipo de Atrocidades
para Manter-se no Poder,um
Golpista que Juntamente
com seus Lacaios,tentam a
todo Custo Barrar toda e
Qualquer Investigação,que
porventura venha a Surgir.
Vê-se Claramente que eles
não querem Investigar nada,
monta se a Verdadeiros
Circos,CPIS Cujo o
Comando esta em Mãos de
quem tem Culpa no Cartório,
ou melhor,de quem há muito
é Investigado.
Lembrando de um Adagio
que minha Mãe dizia quando
Alguém Colocava um
Meliante para Cuidar de
Algo(Colocaram as Raposas
para tomar conta do
Galinheiro)Isso tudo é um
Tapa na Cara da Sociedade,
eles estão a nos Bater e
Ainda Gozando com a nossa
Cara.
Dado que,se o POVO não
se Precatar,Colocar a Barba
de Molho,em Bem pouco
Tempo eles vão Colocar-nos
a Sela e Montar.
Ademais,a Hora é essa,ou
Reagimos,ou Pagamos o
Preço pela Inação,a Escolha
é Vossa,Matar ou Morrer,
Comer ou ser Comido,mandar
ou ser Mandado,as Cartas
estão Sobre a Mesa,a Escolha
é Vossa....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

SABIÁ

O Canto do
Sabiá,
no galho da
Laranjeira.
O Carreiro
da Preá,
que passa toda
Faceira.
O Cachorro
Perdigueiro,
Farejando no
Ar.
O Ladrão do
Poleiro,
que deixou o
Rastro lá.
O Berreiro do
Bezerro,
que foi
Apartado.
Por conta do
Erro,
o nó não foi
desatado.
No Sertão é
Assim,
cada um com
sua Lida.
Antes do Fim,
há sempre uma
Saída.

Raimundo Sucupira

IMPROVISO

Caro Amigo,na Verdade,quão
Ingrato é Comigo o Tempo,
pois na Medida em que
Passa,mais Distante da
Infância Ficamos,se,Entre
Eles,haver algum tenham a
Vaidade de querer passar por
Moderno,Eis que os Anos
lhes trás de volta a Tristonha
Realidade.
A Proposito,porem,das
minhas Sequazes,o que
sempre tentei Preservar,a
Poesia,é uma delas,porem a
Musica sempre esteve
Presente em Mim.
Dai essa minha Lembrança
em primeiro lugar,haverá
algo mais Doce,algo mais
Precioso que a Musica?o
que gera e Multiplica a
Alegria entre nós.Ao passar
por uma Determinada Rua,vi
um Peralta com uma Gaita a
tocar,ou melhor,tentando
tocar,naquele momento veio-
me a Mente a Saudosa
Infância,Ainda Criança,ao
ver as Outras Crianças com
seus Vialechos,ou seja,as
Gaitas,ficava Encantado,
como não podia comprar
um Igual,Tratava logo de
Inventar algo parecido.
Como o tal Vialecho era só
para os Filhos dos Ricos,os
Pobres tinha que partir para
o Improviso,Fabricar a
Própria Gaita.
Foi ai que tivemos a ideia
de fazer as Gaitas da Palha
do Coqueiro,Enrolava se a
Palha do Coqueiro,ao final,
Atravessava um Espinho do
Quiabento,e a Gaita estava
Pronta.
Para quem não conhece o
Esquema é Estranho,porem,
para quem já fez é algo
Maravilhoso,é uma Bela
Melodia,não fica devendo
nada a nenhum Instrumento.
Moral da Historia,a Musica
corria Solta pela Redondeza,
cada um com a sua Gaita.
Dado que,depois com a
Modernidade,procuro
Entende-la porem, sem
Esquecer se do Passado,pois
é ele que nos mantem firme
e forte na luta pela
Sobrevivência,nessa luta
contra as Maquinas,ou seja,
da luta do Rel contra o
Irreal,da Sensibilidade contra
a Insensibilidade,em fim,do
Bem contra o Mal.
Ademais,como um Amante
da Musica,que jamais vai
deixar de Contempla-la,espero
que os Moços acabe por
Adotar esses Preceitos,alem
de Preservar a nossa Cultura,
nos faz Bem a Alma...


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

NATIVO

A Chuva que não
Caiu,
o Tempo que não
Mudou.
O Verde que não
Surgiu,
o Pássaro que não
Cantou.
Tudo tem um
Motivo,
nada é em vão.
Do Moderno ao
Nativo,
todos tem a sua
Visão.
É cada um na
Sua,
não se pode
Mudar.
Seja no Mato ou
na Rua,
não se pode
Parar.
Caminhar é
Preciso,
nos diz o Ditado.
Mesmo no
Improviso,
não podemos ficar
Parado.

Raimundo Sucupira

O ULTIMO ATO

Caro Amigo,procedendo como
procedo,Creio Faze-lo muito
Modestamente que o mais
Comum dos Mortais,não
Ousaria Explicar os Mistérios
da VIDA,muito menos tentar
Desvenda-los,quero tão
Somente,Lembrar daqueles
que se Foram.
Em minhas Crônicas e Poesias
Costumo dizer que o Mundo é
um Imenso Palco,a Vida a
Peca,nós os Atores e Atrizes,
cada um Desempenhando o
seu Papel.
Alguns Desempenhando o
Papel do Bem,outros do Mal,
ao Final,todos e todas
Desempenhamos o nosso
Papel,ou seja,a sua Árdua ou
Alegre Missão.
como tudo nesse Mundo é
Finito,com o Homem não
poderia ser Diferente,Eis que
um dia a Peça chega ao seu
Final,Fecha se a as Cortinas.
Ao sair de Cena,atravessamos
a Ultima Porta,Momento
Decisivo,onde ficamos Cara a
Cara,Olho no Olho com o
Divino Criador,aquele que há
de nos Julgar por tudo que
fizemos ou deixamos de fazer.
Para nós que aqui ficamos,que
ainda Enfrentamos a longa
Travessia,só nos Resta Orar
por aqueles que já fizeram a
Passagem.
Como tudo é um Mistério,pois
ninguém volta para nos dizer
como é,se é Bom ou Ruim,em
assim sendo,Encenar é preciso,
a Peça tem que Continuar.
Dado que,nesse 2 de Novembro,
dia em que Reverenciamos
esses Atores e Atrizes,que por
aqui Passaram,que pisaram
nesse Palco,que Escreveram a
Historia,o nosso Respeito,na
Certeza que um dia Haveremos
de nos Encontrarmos para a
Celebração do mais Importante
de todos os Atos,a Vitoria da
VIDA sobre a Morte.
Ademais,como um Caminhante
que faz com Determinação essa
Travessia,Espero que ao chegar
ao Final da Caminhada,possa
Olhar para trás e dizer com
Segurança,a Caminhada não
foi em Vão.Paz e Bem....


Raimundo Sucupira
 
Contador de Visitas Para Blogs