segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

RETRATO

Que saudade da
minha alegria,
algo que tinha
em abundancia.
Essa amargura
reverencia,
a Paz que tinha
na Infância.
Já fui Menino
feliz,
a Vida era bela.
Por causa da
flor diniz,
estou caindo
pela tabela.
Essa dor que me
atormenta,
não foi falta de
aviso.
Quando se Ama
não apoquenta,
deixa tudo por
improviso.
Eis que vos
alerto,
cuidado com
vosso Coração.
A tentação esta
por perto,
pode pegar pela
traição.

Raimundo Sucupira

LUGAR NA HISTORIA

Caro Amigo,nós que vimos e vivemos
muitas coisas,que já travamos muitas
batalhas pelo bem desse PAIS,temos
que Aperceber os MOÇOS,para que
possam assumir no futuro Importantes
Responsabilidades.
Tudo isso para que não venha a ser
atribuído à Eles um Apócrifo,por isso
é necessário que participe do Destino
do PAIS e escreva a própria Historia.
Nós que já travamos nossas batalhas
no passado,não podemos atravancar
a passagem desses Moços rumo a
Modernidade,os tempos são outros,
as batalhas não são mais as mesmas.
A Modernidade requer outro tipo de
luta,os Horizontes são outros,não há
mais lugar para velhos rancores,esta
na hora de sairmos de cena para que
os Moços possam assumir seu lugar
na HISTORIA,sob pena de sermos
taxados como Heróis de batalhas
nunca vencida.
De modo que,nesse momento Politico
a PÁTRIA precisa da vivacidade
desses Guerreiros,não podemos adiar
tais decisões.
Nesse momento Histórico,os Moços
tem que assumir o lugar que lhes é de
Direito.Pé no chão Companheiros.....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

PRESENTE

Nós não devemos
Brincar,
com quem dorme
no Sereno.
O bicho pode
pegar,
não importa se é
pequeno.
Como diz o ditado,
nem tudo esta
perdido.
Quem quer ser
encontrado,
não pode ficar
escondido.
A Vida é mesmo
assim,
não pode ser
diferente.
Tudo tem seu
Fim,
até mesmo o
presente.
Aquele que anda
prevenido,
nunca é pego de
surpresa.
O perigo é sentido,
isso é um dom da
Natureza.

Raimundo Sucupira

BARGANHA

Caro Amigo,não é saudável usar a
miséria dos outros em seu favor,
observo com estrema preocupação
esse fato lamentável que vem
acontecendo por esse BRASIL a
fora.
A figura dos INTRUJÕES que vem
se apoderando do PODER,usando
os benefícios que o Poder lhes
favorece,para manter os mais fracos
como Escravos Sociais.
Basta o Amigo observar ao que
acontece no SERTÃO quando um
Fenômeno da Natureza como a
SECA,todos sabemos,que
poderemos ter uma convivência
pacifica com esse fenônomo,é só
fazer a coisa certa.
Porem,esses Maiorais que se acham
acima do Bem e do Mal,desviam os
recursos que deveria ser destinado
aos Fragelados para fazer a costumeira
BARGANHA,transformando Homens
e Mulhares Livres Refém da Gula.
Dado que,emquanto as Pessoas
continuarem fazendo vista grossa para
essa Tragédia que acontece no
SERTÃO,Homens e Mulheres de Bem
lutam pela Sobrevivência,enquanto uma
menoria BAZOFIA e se Loucompleta
com o Erário Publico.Ademais,como
um SERTANEJO que Ama esse Chão
espero que um Dia as Pessoas faça a
escolha certa e nos Livre dessa praga
que tanto nos Atormenta.....

 Raimundo Sucupira

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

CHÃO QUERIDO

Rancho de barro
é meu Lar,
nos confins do
Sertão.
Na fenda se vê o
Luar,
clareando meu
Sertão.
Grilo cantando
na telha,
Galo no poleiro.
binga espalhando
centelha,
dando fogo ao
Vaqueiro.
Chocolateira de
Café,
bolo de milho
quentinho.
Meninada toda
de pé,
levantando com
o Passarinho.
Essa é a Vida que
levo,
nesse Sertão
querido.
A Benção a Deus
elevo,
por viver nesse
chão prometido.

Raimundo Sucupira

LAR DOCE LAR

Caro Amigo,dia desse ao parar diante de
uma Mansão não foi possível deixar de
notar o Semblante fechado de algumas
pessoas que ali se encontravam,guardei
aquela cena no meu sub consciente para
depois reflitir sobre ela.
Como costumo fazer num determinado
momento,recolho-me ao canto para
reflitir sobre as coisas que acontece,
lembrei-me daquela cena que dias atrás
presenciei defronte aquela Mansão,onde
aquelas pessoas com um poder aquisitivo
aparentemente alto,deixaram estampado
no Rosto a preocupação.
Enquanto que em alguns lares como num
Rancho de Enchumento,se é que podemos
chamar isso de LAR.vindo de mais uma
expedição deparei-me diante de um Rancho
onde fui recebido por uma Senhora com
um largo sorriso no rosto.
Apesar das inúmeras dificuldades que eles
enfrentam no dia a dia,em meio ao Sertão,
dentre elas a Seca que os castiga sem dó
nem piedade,mesmo assim permanecem
firmes na alegria e na FÉ.
Jamais esquecerei aquele sorriso franco,
cativante,foi logo me encantando,passamos
horas proseando,nem vi o tempo passar,
dado que,não dar para entender como
alguém que tem tudo do bom e do melhor
vive mergulhado em meio a Melancolia,
emquanto que quém não tem nada ou
quase nada,nos transmite tanta alegria nos
dando Lições de Vida e Sabedoria,coisas
que só se vê no SERTÃO.....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

BELEZA RARA

Nunca vi uma Flor
Negra,
se tiver é muito
Rara.
Essa cor que não
se entrega,
ao Mundo mostra
a Cara.
Não tem algo tão
bonito,
que da Negra o
Sorriso.
Brilha mais que
o Infinito,
nos leva direto ao
Paraíso.
Esse Povo tão
Marcante,
que prese pelo
Direito.
Eis que um futuro
Brilhante,
esta vencendo o
Preconceito.
Nesse dia tão
bonito,
mais um Historia
contada.
Tudo foi escrito,
não esta faltando
nada.

Raimundo Sucupira

TUDO EM TUDO

Caro Amigo,não deve haver divisão
entre Iguais,esse Animal que tem o
poder de raciocinar,por tanto, de
separar o certo do errado,não pode
diferencia se do Semelhante,quando
isso acontece,finda se à a PAZ e da
se a Inicio aos conflitos.
Não pode prosperar uma Raça cujo
o Sucesso depende da Ruína dos
outros,tudo tem que esta de acordo
com o Bem Comum.
Enquanto esses preceitos não forem
Respeitados,a VIDA há de Perecer,
fomos Criador para sermos Felizes
Juntos,não podemos nos Separarmos
Jamais.
Sob pena de Vivermos feito Zumbis
em meio a Multidão atormentado
por uma terrível solidão de espirito.
Dado que,num momento em que
grandes tragédias nos rodeia,não
custa nada fazermos uma reflexão,
fazer uma devassa em nossos
Corações,pesar os pros e os contras,
para depois de Coração e Alma
lavada,dar ao nosso Semelhante à
mesma Afabilidade que daríamos a um
Irmão.
Afinal,somos todos Filho de mesmo
DEUS,por tanto,da mesma Matéria,
com o mesmo Destino.Ademais,como
a esperança  vive sempre renovando
em nós,espero que num futuro bem
próximo tudo isso se torne Realidade,
todos vivendo para todos e se
querendo como IRMÃOS.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Sentado num
canto,
o Terço na
Mão.
No Semblante
o pranto,
no peito a
Emoção.
No final do
dia,
faço a minha
Penitencia.
Sem Rebeldia,
muito menos
Resistência.
Simplesmente
agradeço,
pelo Amor a
mim dado.
Rezando o
Terço,
em nome do
Enviado.
Aquele que
agradece,
nunca fica em
falta.
Quando ele
padece,
a força da Fé
o Exalta.

Raimundo Sucupira

ORAÇÕES

Caro Amigo,sempre ao final do dia
recolho-me ao canto para fazer as
Orações costumeiras,dentre elas
Rezar o TERÇO.
Momento único!onde procuro um
cantinho tranquilo onde não tenha a
Interferência de ninguém,durante
alguns minutos entro em Sintonia
com o DIVINO.
Confesso que esse momento é um
dos mais Importante que um ser
pode ter nesse Mundo tão cheio de
maldades.
Momentos em que só eu e o
DIVINO numa conversa sem
nenhum constrangimento,cuja a
verdade Impera.Pois,entre nós e
ELE não deve haver nenhuma falta,
alem de agradecer por tudo que
ele faz por MIM,ainda peço pelos
outros que por ventura não pode ou
se esqueceram de fazer isso.
Todo Santo Dia faço isso,confesso
que é a coisa mais Importante que
tenho feito em toda minha VIDA,
dado que,aconselho aos Amigos
que ainda não fizeram isso,faça!lhes
garanto que não irá se arrepender!
esse é o único momento em que nós
deixamos para trás tudo que não
presta.
Em Sintonia com o DIVINO iremos
buscar o Alívio para a nossa Alma
tão sofrida que necessita de um pouco
de Alento nesse Mundo desalmado....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

GATO DE ESTIMAÇÃO

Falar-me hei do meu
gato Constâncio,
trata se de um gato
galã.
Venceu seu rival
Venâncio,
em toda esquina tem
uma fã.
Gato como esse não
existe,
é de uma inteligência
Especial.
nossa amizade
persiste,
entre o Homem e o
Animal.
Basta apenas um
Olhar,
para ele entender.
Não é preciso
gritar,
para que possa
obedecer.
Gato que tanto
estimo,
es um Filho para
mim.
Para ti há sempre um
mimo,
jamais lhes faltará um
sim.

Raimundo Sucupira


A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM

Caro Amigo,lembro-me de algumas figuras
Folclóricas que vivem em Paramirim,dentre
 Elas Nelson Paraiso Cayres(NELSÃO-
HYÊ)para nós que convivemos com essas
pessoas,ao longo dos Anos,fica difícil
esquecer as Historias dessas Figuras.
O Canecão,o filme de Tarzan,o Cinema
ficou lotado na estréia o Filme bateu o
recorde de bilheteria,ao mandar o filme
de volta à Brumado o dito cujo teve que
voltar por conta do atoleiro,no outro dia
sem filme pra colocar em cartaz pra não
perder o embalo,Ele colocou um cartaz
( A VOLTA DE TARZAN)o cinema
ficou lotado novamente,quando começou
o filme pra surpresa da galera o filme era
o meso,foi aquela gozação.
Quem não se lembra da festa que Nelsão
e sua Banda foi animar,tudo pronto pra
começar a festa,ao tocar o prefixo da
Banda quando o Baterista deu a primeira
raquetada na bateia,o preto saiu rolando
no meio do Salão e Nelsão correndo
atrás,pega ali!pega acolá!prato recuperado
a Vida que segue,ou melhor,a Festa.
Dado que,essas são Historias engraçadas
que aconteceu que fazemos questão de
conta-la aos Moços para trazer um pouco
de alegria nessa Caminhada Angustiante
rumo a Modernidade,Caminhada esta que
muitas vezes nos deixa insensível ao bem
comum,principalmente no que diz respeito
aos Amigos nosso maior bem....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

ARQUIVO

Eis que vos falo
claramente,
sem medo de
errar.
O que guardo
na mente,
o Moço pode
espantar.
Quando abro
esse arquivo,
muitas coisas
encontro.
Não conto por
motivo,
que causa-me
desencanto.
Numa cabeça
pode guardar,
todo tipo de
Historia.
O Moço pode
relembrar,
é só puxar pela
memoria.
Direi para o
Camarada,
que pensa que
sabe tudo.
Que numa boca
fechada,
não sai nenhum
Absurdo.

Raimundo Sucupira

AMOR A VIDA

Caro Amigo,cabe a Vida apresenta-se
ao Homem vive-la,num Mundo em
que a banalidade virou coisa
corriqueira,as pessoas estão ficando
cada vez mais distante dos valores
fundamentais para uma boa convivência
na Sociedade.
Vê alguém chegar aos Noventa,Cem
anos esta ficando cada vez mais raro,
basta o Amigo fazer uma analise,o
índice de mortalidade envolvendo os
Jovens vem aumentando a cada dia que
passa,não sei se por conta das inúmeras
aventuras,ou consequência desse
Mundo moderno,o fato é que,os Jovens
estão perdendo o AMOR A VIDA,
partindo ainda na flor da Idade.
Jovens que sai da Historia deixando
para trás uma Vida Inteira,alem de uma
Família destroçada para sempre.
Dado que,cabe a nós que já vimos e
vivemos muitas coisas,que precorremos
um bom trecho nessa longa estrada da
Vida,a Honrosa Missão de ensinar os
Moços alguns Valores,dentre eles o
AMOR A VIDA.
Ademais,lembrando de um Velho ditado
que diz(a esperança é a última que
morre)espero que essa futura Geração
chegue bem mais longe do que nós
chegamos.
Assim sendo,ao chegar os final com a
Historia na Mão podermos dizer que a
luta não foi em vão.....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

DESCALÇO

Não se muda o
destino,
da noite para o
dia.
O tratamento
do Menino,
não pode ser
com Rebeldia.
Criança que
se presa,
tem que andar
descalço.
Topada não é
surpresa,
é só pisar em
falso.
Tem coisas que
não muda,
desde o começo
do Mundo.
Aquele que não
se cuida,
caminha para
o fundo.
Aquele que é
pequeno,
um dia pode
crescer.
Se dormir no
sereno,
alegria não vai
ter.

Raimundo Sucupira

VITRINE

Caro Amigo,ao vagar pelas Ruas da
Cidade sem muitas pretensões,eis
que de repente,parei-me diante de
uma Loja cuja a Vitrine estava
repleta de novidades,dentre elas
alguns Sapatos.
Naquele momento não foi possível
deixar de voltar aos velhos tempos
mais precisamente no tempo de
Criança,depois de cumprir as
tarefas de costume,ou seja,ajudar
meu Pai na Roça dele,num cantinho
do Roçado plantava minha pequena
Roça.
Passava se Meses sonhando com
as coisas que ia comprar com a
venda da pequena Safra.
Lembro-me bem da minha primeira
compra com o Dinheiro referente à
primeira colheita,um SAPATO de
BORRACHA todo furadinho,para
ventilar é claro,quando muito usado
dava um chulé danado!no Sol então,
era terrível,porem,era o que dava
para comprar.
Dado que,ao contemplar a beleza dos
Calçados de hoje em dia,vejo o
quanto as coisas mudaram,o que não
mudou mesmo foi a nossa Memória,
essa nos parece clara.Nos trazendo
de volta tudo aquilo que há muito
ficou pra trás,principalmente as que
nos trás as boas Recordações....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

TIRANIA

O cabra que não
tem dinheiro,
mesmo sendo
Honesto.
É escolhido por
derradeiro,
contenta se com
o resto.
Nessa Sociedade
egoísta,
o dinheiro fala
alto.
Quem não for
Elitista,
vive longe do
asfalto.
Quem é rico vive
bem,
quem é Pobre
vive mal.
Não se respeita
ninguém,
nessa luta
desigual.
Essa Sociedade
Tirana,
um dia vai ter
fim.
Esse Mundo de
bacana,
não vale nada
para mim.

Raimundo Sucupira

REGRAS PARA O BOM VIVER

Caro Amigo,não se deve avaliar um
Homem ou uma Mulher pela cor,o
valor da conta bancaria,muito menos
pelos bens que possui,mas pelo seu
Caráter e a grandeza de seus Ideais.
Cresci e estou envelhecendo
seguindo esses preceitos,não consigo
avaliar esse assunto de maneira
diferente.
A cada momento em que vejo e ouso
nos noticiário alguns fatos lamentáveis
onde pessoas são tratadas da maneira
diferente tão somente por ser Negro
ou Pobre,isso causa-me uma enorme
tristeza.
Vindo de Família Humilde,porem,de
uma firmeza de Caráter sem igual,pois
meu Pai e minha Mãe fizeram questão
de ensinar esses valores aos Filhos,
não consigo vê as coisas de outra
maneira.
Dado que,com uma Filha Adolescente
faço questão de passar esses
ensinamentos adiante,cumprindo então,
a promessa que fiz aqueles que
ensinaram-me as Regras para o bom
viver.Ademais,como um Filho que
seguiu ao pé da letra os ensinamentos
dos Pais,espero que minha Filha faça
o mesmo,para que no futuro os Netos
também o faça.Assim sendo,a futura
Geração agradece....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

GULA

Como Reza um
ditado,
Água mole em
pedra dura.
Num ritmo
continuado,
tanto bate até
que fura.
O Homem tem
que entender,
que a Natureza
é nossa Vida.
Senão vai se
meter,
num beco sem
saída.
O Planeta é o
Abrigo,
sem ele a vida
é nula,
A Vida corre
perigo,
por conta da
nossa gula.
Cabe ao Poeta
escrever,
aos Leitores
julgar.
Aos Homens o
dever,
da Natureza
cuidar.

Raimundo Sucupira

CHUVA

Caro Amigo,dia desse ao contemplar a
Exuberância da chuva lipida e calma
molhando as entranhas da Mãe Terra,
Mãe que nos acolhe a todos com a
mesma Afabilidade,renovando as
esperanças de todos os viventes que
nela vivem.
Vendo tudo isso não foi possível
deixar de lembrar dos velhos tempos,
Anos em que as chuvas era certa,Mês
de Setembro meu Pai começava o
preparo do Roçado,lá plantava se de
tudo,Feijão,Milho,Mandioca,Batata,
Melancia,em fim,tudo que o Sertanejo
precisa no Dia a Dia,tudo isso era
plantado no Pó,quando as primeiras
chuvas caiam em pouco tempo tudo
despontava juntamente com a
babujem,era hora da velha e boa
enxada entrar em Cena.
Pela manhã no Roçado,à tarde na
Escola,quase não tinha tempo para
brincar,mesmo assim ninguém ousava
reclamar.
A Recompensa vinha com a fartura,
nos dias de Hoje pouca coisa mudou,
as Chuvas continua caindo,as vezes
com menos intensidade,porem,todos
os Anos ela aparece,o que mudou
mesmo foi o Homem,ninguém quer
mais lidar com a Terra,todos estão
procurando outros afazeres.
Dado que,num momento em que
todos estão abandonando o Campo,é
bom o Amigo se Precatar,nós viemos
da Terra,pro seio dela um dia vamos
voltar,ninguém pode evitar esse nosso
destino fatal.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

ACOLHIDA

Logo atrás de um
Semblante,
pode ter algo
escondido.
Um labirinto
importante,
a ser percorrido.
A distancia que
nos separa,
é tão somente o
egoismo.
o Amor que nos
declara,
nos tira do
Abismo.
Não nascemos
pra viver só,
a Vida nos quis
assim.
De nós ela tem
dó,
sempre nós diz
sim.
Quem age dessa
maneira,
não tem o que
temer.
Na Hora derradeira,
Deus vai lhes
acolher.

Raimundo Sucupira

CONQUISTAS

Caro Amigo,a inveja é má,ela destrói
todas as nossas tentativas de chegar
á Perfeição,pois enquanto paramos
para cobiçar a conquista dos outros,
esquecemos que as nossas estão por
vir.
Passamos Horas,Dias,Meses,Anos
tentando descobrir os motivos do
Sucesso dos outros,no entanto,não
somos capaz de dar um passo em
busca do nosso.
É mais fácil correr atrás e atrapalhar
a Felicidade dos outros,que trilhar
seu próprio caminho e encontrar a
sua,dado que,antes de se preocupar
com a Vida do seu Semelhante,faça
uma analise da sua,ela pode estar
bem mais perto que imagina,ou seja,
depois da Felicidade do Semelhante
ao lado,a sua pode estar esperando
por Você.
Nesse enorme emaranhado que é a
Vida,encontra se a de tudo,não
podemos descartar nada,nem mesmo
as mais simples das coisas,pois nalas
pode estar tudo aquilo que tentamos
buscar,A FELICIDADE.
Ademais,como um Caminhante que
sempre sonhou com o bem comum,
espero que num futuro bem próximo
ele seja compartilhado por todos e
por todas....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

ESCOLHA

O Homem que se
diz moderno,
tem muito que
aprender.
Entre o Céu e o
Inferno,
um dos dois tem
que escolher.
Nessa luta pelo
bem,
só pode ter um
lado.
A um só dizer
Amém,
pra depois ser
consolado.
Esse é o motivo,
pelo qual tenho
lutado.
Sem esse Amor
não vivo,
por Ele sou
amparado.
Sem Deus não
somos nada,
Ele é a nossa
Salvação.
No momento da
caminhada,
Ele é o rumo e
a direção.

Raimundo Sucupira

VIRTUDES

Caro Amigo,sempre gostei de dizer
tudo quanto o coração me assoma,
não espereis de mim outro
sentimento que não seja a verdade.
Sempre andei sobre a Luz da Razão,
espero encontrar essa virtude no
Semelhante,não pode haver
fingimento nem dissimulação,meu
rosto jamais reflete sentimento que
me não esteja no Coração.
Sou,pois,como vedes,despojado
de todo e qualquer vaidade,se com
Razão é que se diz fazer o bem,
considero-me um Cidadão do bem,
pois ser do bem é tomar por guia a
Razão:Ser do mal é deixar-se ir ao
sabor da maldade.
De modo que,não vejo no Homem
uma causa perdida,pois ele é a
imagem e semelhança do Criador,
aquele que nos transmite PAZ,num
momento em que o individualismo e
a ganância esta ficando cada vez
mais presente em meio a Sociedade,
espero que as Pessoas voltem os
Olhares para o bem comum,pois só
quando isso acontece que poderemos
dizer que somos um só Povo,uma só
Nação.
Afora isso,não passamos de meros
caminhantes em seu caminhar
constante rumo ao encontro fatal com
aquele que um dia há de nos Julgar
por tudo que fizemos ou deixamos de
fazer.....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

ORGULHO

Sou Negro sim
Senhor,
não nego meu
natural.
Orgulho-me da
minha cor,
uma beleza sem
igual.
Sou Filho de
Santo,
sou Filho da
Bahia.
Através do meu
canto,
trago Paz e
alegria.
Na Igreja do
Bom Fim.
ou no terreiro
de Candomblé.
Nas arestas põe
se um fim,
o importante é
a Fé.
nossa pele não
mente,
A Historia põe
em pratica.
O passado e o
presente,
Viva a Mama
África.

Raimundo Sucupira

O MESMO SANGUE

Caro Amigo,tudo nesse Mundo vem
mudando,o que não muda é o nosso
preconceito,por mais que tentamos
não conseguimos esconder,essa
sombra teima em nos acompanhar.
20 de Novembro não deve ser só dia
da Consciência Negra,como também
da Consciência Limpa,ao longo da
Historia tentamos sem sucesso uma
boa convivência com o Semelhante
quase sempre somos contaminado por
essa nodoa que nos marca para
sempre.
Não conseguimos vê no Semelhante
as mesmas qualidades que achamos
que temos,a verdade esta sempre
conosco,nunca com a Pessoa ao lado.
O que vem nos separando ao longo
do tempo,não é a cor da pele,muito
menos a posição Social,mas o que
guardamos no Coração.Dado que,no
momento em que deixarmos o clarão
do Amor iluminar nossos Corações,
pois a Candeia do nossos corpo são
os Olhos,poderemos vê o Semelhante
com Olhares diferente,ou seja,de
Irmão para Irmão,com a mesma Paz
de Espirito.
Ademais,como um NEGRO de Alma
lavada e enxaguada,espero vê em
bem pouco tempo,todos vivendo para
todos e se querendo como IRMÃOS....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

COBRANÇA

A Historia vai lhes
cobrar,
vai exigir o seu
quinhão.
Vós terá que
pagar,
por vossa omissão.
O tempo não vos
perdoa,
simplesmente
passa.
Se a conduta não
é boa,
a barreira não
ultrapassa.
Essa corrida não
é moleza,
é muito difícil a
jornada.
Quem não sentir
firmeza,
vai sofrer na
caminhada.
O Homem de boa
conduta,
nada lhe afeta.
Não importa a
disputa,
a verdade é vossa
meta.

Raimundo Sucupira

SALVADOR DA PÁTRIA

Caro Amigo,não pode haver diferença no
que diz respeito às Leis,todo Cidadão é
igual perante Ela,ninguém pode ser
tratado de forma diferente.Isso nós
estamos careca de saber,porem,no frigir
dos ovos a Historia é diferente,se o
Meliante é um simples ladrão de galinhas
alem de cai na pancada,ainda é trancafiado
no mais obscuro calabouço,se é um
Meliante granfino o tratamento é diferente,
cela especial com direito a todo tipo de
mordomias,isso quando o cabra é
incomodado,as vezes vão pra famosa
prisão domiciliar,se tiver muito dinheiro ou
as costas quente,nem passa na porta da
Delegacia.
Alem de não ser preso ainda fica com o
dinheiro que roubou da Sociedade,tudo
isso vem acontecendo em baixo do nariz
da Justiça,que alem de sega e surda,é
omissa.
Nos deparamos com um Código Penal
caduco com mais de setenta anos,uma
reforma que não sai nunca,pois a maioria
dos Parlamentares tem o rabo preso com
os fora da LEI.
Moral da Historia!de um lado o Crime
Organizado mandando e desmandando,
lesando os cofres Público,do outro o
Povo entregue a Própria sorte,lutando
pela sobrevivência e esperando que lhes
apareça um SALVADOR DA PÁTRIA.
Enquanto esse dia não chega,que nos
vale os Céus.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

MUDANÇA

Tem alguém na
Multidão,
vagando sem
rumo.
Ninguém lhes
da atenção,
só pensa no
consumo.
O Homem tem
que mudar,
não pode viver
assim.
Suas Ideias
reformular,
Antes que seja
o fim.
O dinheiro não
é tudo,
tem coisas mais
importante.
O Amor muda
o Mundo,
Faz o Homem
mais querente.
Esta na hora
das mudanças,
tristeza  não há
de ter.
Veja o exemplo
das Crianças,
não tem tempo
há perder.

Raimundo Sucupira

LIMITES

Caro Amigo,apesar das Inúmeras
contradições que caímos no dia a
dia,uma coisa é certa!nossa busca
Incessante pela perfeição.Tudo isso
seria Politicamente correto se não
fosse um pequeno detalhe!por conta
dessa busca muitas vezes passamos
por cima de coisas supostamente
sem valor,porem,de suma importância
para os outros.
Preceitos que não poderíamos deixar
para trás,no entanto,deixamos sem
nenhum sentimento de culpa,
esquecendo então,que o nosso limite
termina no exato momento em que
começa o Direito dos outros.
Clamamos por um direito que muitas
vezes tiramos dos outros sem ao
menos lhes da a chance do
argumento,distanciando nos cada vez
mais de uma convivência com nosso
Semelhante.
Dado que,num momento em que o
Homem Moderno vaga feito Zumbi
em meio à multidão,atordoado por
uma terrível solidão de espirito,espero
que o bom censo toque lhes o
coração e os Olhos para que possa
vê e Trilhar os caminhos da Paz,do
Amor e do Bem.
Assim sendo,ao Final poderíamos
dizer que a Caminhada não foi em
vão....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

GARRAS

O pequeno vai
piando,
nas garras do
graúdo.
O grande se
alimentando,
eis a saga do
miúdo.
Ao longe
resoa,
o tinido do
bico.
Penas que voa,
no meio do
cisco.
Quem antes se
alimentou,
hoje é o
alimento.
O destino lhes
reservou,
dessa Vida o
alento.
A Natureza é
assim,
vai de acordo
com a Vida.
Entre o meio e
o fim,
há sempre uma
Saida.

Raimundo Sucupira

SENTINELA

Caro Amigo,dia desse ao fazer minha
caminhada costumeira em volta da
Lagoa,ouvindo a algazarra do Quero-
Quero,lembrei-me dos bons tempos
Os Amigos reunidos cada um com uma
tarrafa no saco.
Saiamos pelas redondezas cujo o
objetivo era desviar traíras dos tanques,
ou melhor,pescar,isso quando não
éramos descobertos antes!pois todos
os tanques na Roça tem um Guardião
Implacável!o Quero-Quero.Pássaro
mais que atento,dedo duro!quando se
chaga ao barranco de um tanque ou à
beira de uma Lagoa logo nos da as
boas vindas,geralmente com um razante
acompanhado por uma algazarra sem
igual.
Dado que,faço um alerta aos que
gostam de fazer uma pescaria nos
tanques proibido,cuidado,alguém pode
esta de olho em você,ou melhor,o
Quero-Quero,quando isso acontece é
melhor o Amigo se Precatar e passar
sebo nas canelas,pois o dono não tarda
a chegar,nesse caso é melhor sair de
tarrafa vazia que de saco cheio.
Ademais,como um pescador de meia
pataca,que sempre encarou tudo isso
como uma grade brincadeira,espero que
as pessoas também façam o mesmo,
afinal,vagar pelo Sertão combate o
Estresse e faz bem a Alma....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

PARAISO

Aquele que tudo
quer,
nada tem.
Seja Homem ou
Mulher,
nada lhe convém.
A Vida só é boa,
quando se faz
boa ação.
Sem ela é atoa,
não vale nem um
tostão.
O Homem tem
que entender,
que Amar é
preciso.
Sem o Amor vai
padecer,
longe do Paraiso.
Esse Pai tão
Poderoso,
que sempre nos
diz sim.
Seu Amor tão
Piedoso,
vai conosco até
o fim.

Raimundo Sucupira

ACERTO DE CONTAS

Caro Amigo,quis o Sábio destino que
o Homem não tivesse Poder sobre a
Morte.Mesmo assim,ele mata o seu
Semelhante,só não consegue se livrar
da própria!quando ela vem bater em
sua porta.
Ai não tem choro nem vela,não
importa se o Cidadão é rico ou pobre,
preto ou branco,feio ou bonito,letrado
ou iletrado,bandido ou mocinho,não
há como fugir desse destino fatal.
Esse é o um momento único,onde
todos somos iguais,ou seja,a mesma
matéria infecta,cujo o destino é o
mesmo,o retorno ao seio da Mãe
Terra,não há pois,ninguém que teve o
privilegio de seguir um rumo diferente.
Nem mesmo aquele que tinha o Poder
de mudar a Historia,preferiu passar
pelo mesmo processo.
Morrer,ser sepultado e Ressuscitar ao
terceiro dia,donde há de vir a julgar os
vivos e os Mortos.
Dado que,diante de tão clara realidade
o mínimo que devemos fazer é procurar
fazer o bem,talvez isso nos sirva de
consolo na hora do acerto de contas
com o DIVINO CRIADOR.
Momento em que saberemos se temos
a receber ou a devolver,até la!não custa
nada fazermos o bem,quem sabe isso
venha a contar alguns pontinhos em
nosso favor.....

Raimundo Sucupira

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

SAUDADE

A Saudade corta
mais,
que uma bala de
carabina.
Prometo para os
Pais,
que não deixo
essa Menina.
A Saudade bate
no peito,
nunca vi tanto
estrago.
Não me dou por
satisfeito,
o gosto é muito
amargo.
A Saudade da
Morena,
esta cortando o
coração.
Por causa dessa
Pequena,
perdi o Rumo e
a direção.
Ninguém manda
no querer,
não adianta
Resistir.
Faz de nós o que
bem quer,
Quanto Amor
sinto por ti.

Raimundo Sucupira

ALPERCATAS

Caro Amigo,foi se os tempos das tão
temida Alpercatas de Coro Cru,hoje
em dia não se usa mais essa velha
Indumentária que tanto serviu o
Sertanejo na lida no Sertão.
Lembro-me como se fosse hoje,meu
Pai colocando o coro ao Sol para
secar,colocava se varas para esticar
o dito cujo,o cheiro que não era la
muito agradável,o que chamava a
atenção de alguns Urubus.Essas Aves
fazem uma verdadeira faxina no
Sertão,não tem nada que não possa
comer,afinal,comida por aqui é artigo
de luxo.
Coro devidamente seco,munido com
uma faca amoladinha o Velho fazia
varias Alpercatas,o que garantia a
proteção contra os espinhos que aqui
no Sertão não são poucos.
Dado que,quando ando pelas Ruas e
vejo as Pessoas usando Tênis,Sapatos
e Botas de fina trato,fico à pensar!o
quanto as coisas mudaram,alias!até os
espinhos estão se acabando,pois todas
as Matas tombaram ou estão preste a
tombar,tudo isso virou coisa do
Passado.
Ademais,como diz o ditado(pé que
não anda não leva topada)nesse caso
não conhece espinho!espero que as
Pessoas que viveram esses velhos e
bons tempos,passem essa Historia
adiante,afinal,não se começa uma
Caminhada sem antes da o primeiro
Passo...

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

VIVENDO

Que o Moço me
perdoe,
pelas coisas que
tenho dito.
A verdade não
se impõe,
Simplesmente
fica escrito.
A Historia esta
bem clara,
para o Homem
entender.
Ele é que não
repara,
vivendo por
viver.
Essa Vida que
levamos,
poderia ser
melhor.
Se os caminhos
que trilhamos,
fosse de Paz e
Amor.
Esse foi o Rumo,
que o Pai nos
mostrou.
O egoísmo nos
tira o prumo,
do bom caminho
nos desviou.

Raimundo Sucupira

CUPINS

Caro Amigo,tinha-me cá a sensação
que as coisas estavam melhorando,
afinal,no Mundo moderno onde a
Tecnologia domina praticamente
tudo,o Homem alcançaria as
inúmeras melhorias que essa grande
ferramenta lhes proporciona.
Der-vos-ei,por tanto,que
enganei-me,as coisas estão cada
vez mais complicada,os benefícios
da modernidade tem nos servido
muito pouco.
Tem esbarrado nos velhos e conhecido
problemas,A CORRUPÇÃO E A
INAÇÃO DAS AUTORIDADES
que ocupam cargos Públicos com a
responsabilidade de gerir o Erário
Público,no entanto,usam o sistema em
beneficio próprio.
(Lembrando um velho ditado,farinha
pouca meu pirão primeiro)os recursos
que deveria ser usado para o bem
Público,na verdade,vai parar nos
bolsos dos Intrujões,pessoas que vive
eternamente na sombra do Poder.
Dado que,deixando a Modernidade um
pouquinho de lado,faço um apelo aos
que ainda presa pelo Caráter,temos que
entrar nessa luta pelos velhos e bons
costumes,sob pena de termos o temido
desprazer de vê a Sociedade carcomida
por esses Cupins.Que dia apos dia,vão
corroendo o Pais,deixando atras de si
um Horizonte sombrio,por mais que se
tente não consegue dar um jeito,Governo
e Governados virou refém dessa prega
cuja a gula não tem limites....

Raimundo Sucupira

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

SEM DEMORA

Vê se ao longo a
Nuvem,
é sinal que vai
chover.
No chão a
babugem,
sem demora vai
Nascer.
Quando a chuva
cai,
o Sertão fica
alegre.
Os pássaros se
distrai,
mais parece um
milagre.
A Terra muda a
Cara,
fica tudo
diferente.
O verde declara,
pra Natureza o
presente.
Não tem coisa
mais belo,
que o Sertão
que chove.
Vai se embora o
Flagelo,
a tristeza que se
dissolve.

Raimundo Sucupira

CHUVAS

Caro Amigo,o Sertão começou mudar a
Cara,deu se inicio as chuvas,uma Terra
aparentemente devastada,muda da água
para o vinho,ou melhor,da sequidão pra
fartura,da tristeza pra Alegria.
É Impressionante como as coisas mudam
de uma hora pra outra,a babujem logo
desponta por todos os cantos,a rama
vistosa cobre  as capoeiras,os Sapos
cantando em volta das Lagoas,Pássaros
voando e cantando por todos os cantos,
em fim,os tempos das vacas magras
ficaram pra traz.
O Sertanejo começa a desentulhar o
paiol,tirando dele as sementes para fazer
o plantio,em pouco tempo os Roçados
estão repleto de plantação,se as chuvas
não minguarem em alguns Meses a fartura
é certa.
Fartura que vai chegar na mesa desses
Guerreiros que ficou o Ano inteiro com o
cinto e as panelas vazia,porem,com a
chegada das chuvas por alguns Meses o
sofrimento vira coisa do passado.Dado
que,num momento de tão grande alegria
nesse Sertão querido Resta-me a enorme
expectativa que esse Ano seja bem melhor
que o que ficou pra traz.
Para que esses Guerreiros possa ao longo
dessa safra Recuperar o que perdeu com
a Seca passada.Eita Sertão que quero
bem....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

SIMPATIA

Não tem coisa mais
gostosa,
que se acoita no
Sertão.
É uma sensação
maravilhosa,
como é belo meu
Rincão.
Até o cheiro da
Terra,
aqui é diferente.
Protegido pela
Serra,
o Sertanejo anda
Livremente.
Na Cidade não se
vê,
tamanha alegria.
Não pergunte o
por que,
de tão grande
Simpatia.
O Sertanejo é assim,
leva tudo numa
boa.
O que é bom pra
mim,
é pra outra pessoa.

Raimundo Sucupira

PORTO SEGURO

Caro Amigo,o nosso egoísmo é como
um Iceberg que vai se desprendendo
da Razão nosso PORTO SEGURO,vai
afastando cada vez mais da Realidade,
congelando e minando a nossa
consciência.
Tornando o Homem moderno imune ao
Sentimento mais importante, a Caridade!
Aconselho aos Moços que ainda não
navegaram por esses Mares nunca
dantes navegado,que reflitam bem antes
de envereda se por esse caminho,diga
se de passagem,que não leva a lugar
nenhum.
Há não ser,ao isolamento causado pela
terrível solidão de espírito,ao qual,nos
faz viver feito Zumbis vagando em meio
a Multidão.
Enquanto gastamos nosso precioso
tempo em busca da perfeição,sem êxito!
tudo isso pode estar bem pertinho de nós
nas coisas mais simples,no entanto,essa
tapa venda nos os Olhos,não nos deixa
enxergar o Obvio. Dado que,faço um
apelo aos que sonham com um Mundo
melhor e uma Sociedade Pacifica,não se
deixa levar pela tentação,pois nada disso
é lavado em conta na hora do Acerto de
contas com o DIVINO CRIADOR.
Quando isso acontece nada levamos,tão
somente as boas ações,é dela que sairá
a nossa Sentença.....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

LIMPEZA

A Mãe Natureza é
Vida,
não podemos
envenena-la.
Não temos outra
saída,
nós temos que
preserva-la.
A Mãe Natureza
não merece,
ser tratada
assim.
Com tudo isso
padece,
esta muito perto
do fim.
Essa agressão
absurda,
que ninguém
fiscaliza.
Ela nos pode
ajuda,
há muito tempo
agoniza.
É melhor termos
cuidado,
antes que seja
tarde.
Com o Planeta
devastado,
o Homem vai ser
condenado.

Raimundo Sucupira

DINHEIRO SUJO

Caro Amigo,dir-vos-ei o que penso!é de
crer que a Natureza,Terna Mãe que
fornece com providência tudo quanto é
necessário aos Homens,para ter uma
Vida confortável nesse Planeta.Porém, a
ganância vem desviando esse Animal do
seu verdadeiro caminho,por conta de um
punhado de dinheiro,ele chega na calada
da noite como um salteador e tira da
Natureza tudo que lhes pertence,ferindo
de Morte aquela que nos deu o sopro
de Vida.
Esse Animal devasta e polui tudo quanto
é Belo,acrescentai a inumerável série de
doenças que nos assediam,continuamente
durante o curso dessa Vida Infeliz.
As tragedias que nos abatem,o amargo
fel que envenenam os nossos mais doces
Instantes.
Tudo isso,sem mencionarmos os males
que esse Animal faz ao seu Semelhante,
a Violência,a vergonha,as traições,em
fim,tudo que é nocivo para uma boa
convivência.
Dado que,espero que esse Animal
Reflita seriamente sobre essas coisas,
sob pena de sermos forçados a conviver
nesse abismo de Misérias,arriscando a
sermos soterrados nos próprios dejetos.
Impedindo então,que nossos Filhos e
Netos desfrutam das Belezas desse
Mundo,tão somente por conta da temida
Insensatez....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

SISTEMA

Não concordo com
baderna,
muito menos com
Violência.
Desse jeito não se
Governa,
o destino é a
falência.
Tudo na vida tem
seu dia,
sem contar com a
hora.
Nem sembre a
Rebeldia,
coloca alguém pra
fora.
Sobre a luz da
Razão,
podemos pensar
melhor.
Através da união,
escolher um
condutor.
Não devemos
lutar,
sem um rumo
definido.
Pra depois não
reclamar,
de um sistema
corroído.

Raimundo Sucupira

CIVILIDADE

Caro Amigo,sem querer Açular ninguém
muito menos Acoimar,o fato é que,do
jeito que as coisas estão não pode ficar.
Cada dia uma manifestação diferente,
por motivo diferente,porem,os métodos
são os mesmos,ou seja,ao final de cada
ato quebra-quebra,onde Órgão Publico
e Privado são depredado.
É mais do que Justo os Cidadãos ir às
Ruas para reivindicar seus direitos,eu
também já fiz isso,porem,com mais um
pouco de Responsabilidade!sob tudo,
com Respeito ao patrimônio dos outros.
Como lutamos com unhas e dentes por
nossos direitos,também temos o dever
de saber onde termina nossos limites,não
podemos em hipótese nenhuma,em
nome da Liberdade oprimir Alguém,do
nosso bem estar,destruir os bens dos
outros.
Dado que,num momento em que todos
estamos indo às Ruas clamar por Justiça
Social,é bom as pessoas lembrar se que
a Liberdade sem Ordem,deixa de ser
Liberdade e torna se Libertinagem.
Ademais,como um Cidadão que nunca
deixou de cumprir os deveres Cívicos
espero que as pessoas lutes por seus
Direitos Respeitando a Civilidade.O bem
comum os Agradece....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

JOIA RARA

Não tem algo tão
bonito,
quanto o sorriso
de Criança.
Brilha mais que o
Infinito,
nos enchendo de
esperança.
Não foi à toa que
o Criador,
lhes deu toda
atenção.
A ele todo Amor,
carinho e
Servidão.
Esse é mais um
tesouro,
que temos que
zelar.
Vale tanto quanto
ouro,
quem tem,tem
que cuidar.
Esse Anjo de
candura,
sem nenhuma
Rebeldia.
Preserva a Alma
pura,
nos transmitindo
Alegria.

Raimundo Sucupira      

ALMA DE CRIANÇA

Caro Amigo,dia desse ao passar por uma
determinada Rua,veio-me aos ouvidos
um barulho conhecido,adiantei-me para
vê de perto,dei de cara com dezenas de
Crianças cuja alegria saltava lhes os
olhos.
No meio delas algo que,quem já foi
Criança conhece muito bem,uma
surrada bola de Futebol,cuja a trajetória
passava de pé em pé,despertando em
quem a tocava ema enorme alegria.
Pés correndo,chutando,pouco importa
se é gramado ou terra,calçado ou
descalço,o importante é correr atrás da
Pelota.
Diante daquela cena que esta ficando
cada vez mais Rara,não foi possível
deixar de contemplar aquela que é sem
nenhuma sombra de duvida,a maior
dádiva que alguém pode ter,à Infância.
Vendo a alegria daquelas Crianças
correndo atrás de tão valioso Brinquedo
cheguei a uma conclusão,precisamos de
muito pouco para sermos felizes.
Dado que,num momento em que todos
estamos focados numa caminhada
incessante ruma à Perfeição,não custa
nada paramos um pouco e observar as
coisas simples que há em volta de nós,
coisas aparentemente sem nenhum valor,
porem,que pode nos trazer de tudo
aquilo que perdemos  ao longo do tempo.
Ademais,alguém que apesar de ter
crescido,guarda consigo o espirito de
Criança,espero que as Pessoas
envelheça preservando esses preceitos.
Faz bem a Alma.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

JUSTIÇA

Respeitando a
Lei,
à Liberdade
prevalece.
O sonho que
sonhei,
com a Justiça
floresce.
O crime não
compensa,
diz o velho
ditado.
O bem não se
dispensa,
tem que ser
preservado.
A Liberdade do
Cidadão,
não pode ser
ceifada.
Lhes assegura
a Constituição,
desde que foi
promulgada.
A Justiça tem
que ser feita,
não pode ser
suprimida.
A danada da
mutreta,
tem que ser
combatida.

Raimundo Sucupira

INSEGURANÇA

Caro Amigo,é vexatória a Situação da
Segurança Publica no Pais,alem da
falência do Judiciário com Comarcas
sem Juiz e sem Promotor.Vê se as
Delegacias em Ruínas,onde Delegados
e Policiais lutam bravamente para
salvaguardar a LEI.
Guerreiros que no dia a dia,trava uma
luta desigual com apenas um pistola
tem que enfrentar os Meliantes armado
até os dentes,esses guardiões da LEI
e da ORDEM,tem que conviver com
as péssimas condições das Repartições
onde Trabalham.
Não basta uma viatura,um Delegado,
dois ou três Policiais com um Pistola
para enfrentar vinte,trinta Meliantes
equipados com armas de guerra,o
resultado já é sabido,Pais e Mães de
Famílias que tombam no cumprimento
do dever.
Não podemos fazer vista grossa para
esse foto gravíssimo que acontece no
Pais Inteiro,esses guerreiros numa
luta desigual contra o Crime Organizado,
enquanto isso,o Cidadão sem segurança
fica entregue a própria sorte.
Dado que,num momento em que todos
estamos fazendo cobranças,não custa
nada usarmos o bom censo para
separarmos o Joio do Trigo,ou seja,não
cobrar trabalho de quem não tem
condições de trabalho.Sob pena de
cometermos uma tremenda Injustiça,no
momento em que clamamos por JUSTIÇA.....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

JOIA RARA

Quem não brinca
na capoeira,
não sabe o que
é bom.
Quem não gosta
de uma ligeira,
não sabe o que
é som.
Quem não vive
no Sertão,
não entende o
que falo.
A cantoria nesse
chão,
já começa pelo
galo.
Nessa terra tem
de tudo,
o Amigo vai
gostar.
O importante é
o conteúdo,
que o Amigo vai
encontrar.
O Sertão é assim,
em cada canto
uma surpresa.
Essa terra é para
mim,
uma joia rara da
Natureza.

Raimundo Sucupira

NA CAPOEIRA

Caro Amigo,Semana passada fiz mais
uma expedição com o Amigo Bill,dessa
vez fomos à Pedra Branca fazer umas
filmagens para catalogarmos todos os
pontos Históricos e Turístico da nossa
querida Paramirim.
O nosso intuito é mostrar ao Mundo a
beleza que existe nesse Vale,que ao
longo do tempo ficou escondido.Para
chegar à montanha que ostenta o belo
Monumento,antes tem que passar por
uma Capoeira,ao adentrarmos pela
dita cuja,qual não foi a minha surpresa!
dei de cara com um pé de Mamãozinho
Silvestre carregadinho de frutos.
Ao saborear alguns frutos não foi
possível deixar de voltar no tempo,mais
precisamente ao tempo de Criança,nessa
época saiamos todos em caravana e
nos embrenhávamos nas Capoeiras em
busca do Mamãozinho Silvestre,só saia
de la com a pança e as capangas cheia.
Ainda saboreando aquela fruta deliciosa
fiz uma pequena reflexão,há muito a
Infância ficou para trás,são poucas as
capoeiras que resistiram,o que ainda
teima em resistir é a nossa Memória.
Dado que,faço um apelo aos que viram
e viveram Historias parecida,passe
adiante,para que os Moços tenha a
curiosidade de conhecer essas coisas
que só encontra aqui no Sertão.Eita
Sertão que quero bem....


Raimundo Sucupira

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

RAZÕES

A frente de um
Povo,
alguém pode
andar.
Na busca do
novo,
os caminhos
trilhar.
Essa nova
caminhada,
não pode ser
interrompida.
Tem que ser
compartilhada,
atá mesmo a
Vida.
Quem tudo
quer,
nada tem.
Seja Homem
ou Mulher,
não deve Amar
ninguém.
Quem não vive
assim,
esta longe da
razão.
Caminha para
o fim,
não busca seu
Irmão.

Raimundo Sucupira

PAPEL INVERSO

Caro Amigo,ao assistir o noticiário na
televisão dias atrás,não foi possível
deixar de vê uma cena lamentável,uma
Reportagem mostrando o que algumas
Clinicas e Hospitais andam fazendo
para roubar o SUS.
Eles cobram as IH do SUS por cada
procedimento feito em pacientes no
mínimo curioso,Cirurgia de Próstata
em Mulheres,parto Cesário em
Homens,alta em paciente que saiu
morto,Óbito em paciente que esta
vivo,em fim,coisas do arco da Velha.
Tudo isso vem acontecendo em
Hospitais e Clinicas cujo o intuito é
lesar os cofres Público,depois da
quadrilha dos Médicos formada para
bater o ponto sem trabalhar,agora
mais essa bramura para envergonhar
essa que é a mais Nobre das
Profissões.
Talvez esteja ai a resposta para a
reação feroz da parte de alguns
Médicos contra os colegas que veio
do Estrangeiro.
Médicos que só querem trabalhar,
dado que,num momento em que o
Povo esta indo às Ruas clamar por
Justiça Social,tudo isso acontecendo
sobre a INAÇÃO daqueles que tem
as prerrogativas de proteger o Erário
Publico,no entanto,fazem vista grossa
deixando o Cidadão entregue a
própria sorte.Ademais,como um
Cidadão de bem espero que a Justiça
seja feita,que a Saúde chegue aos
que mais precisa,o bem comum os
agradece....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

TECIDO

Algodão branco
no roçado,
pronto pra ser
colhido.
Tear no quintal
preparado,
a espera do
tecido.
Mão que sabe
tecer,
do pano tira o
sustento.
Filho querendo
comer,
tem que lutar
por alimento.
Dessa luta se
tira lição,
a labuta não
pode parar.
Quem vive no
Sertão,
Não tem tempo
pra lamentar.
Sertanejo não
lamenta,
é um guerreiro
de verdade.
O que vier ele
aguenta,
no campo ou na
Cidade.

Raimundo Sucupira

TECEDEIRA

Caro Amigo,para mim que na Infância
usei a famosa Calça de Algodão
riscado,voltar no tempo foi uma
sensação maravilhosa,juntamente com
o Amigo Bill,fui ao Grama mais
precisamente às Covas,fizemos uma
filmagem com uma legitima Tecedeira.
Mulher simples,com uma grande
habilidade com a estrovenga,ou melhor,
com o Tear,uma estrovenga montada
com madeira Rústica,aparentemente
simples porém,de grande valia.
Com aquela engenhoca fabrica se
lindas peças,de alto valor para o
Sertanejo,pois a Calça de Algodão é
uma Endumendária preciosa para o
Sertanejo que labuta no dia a dia no
Sertão.
Lembro-me como se fosse hoje,as
Calças de Algodão com algibeira e as
Camisas feita com pano de Saco de
Açúcar que Mamãe fazia,dava uma
Camisa e tanto.
Dado que ao fazer esse Curta,quero
através dele mostrar ao Mundo que
apesar da modernidade,o Homem
Moderno pode muito bem utilizar os
utensílios antigos para auxilia-lo nos
dias de Hoje,ou seja,unindo o útil ao
agradável,alem de uma generosa e
providencial contribuição ao Planeta.
Planeta esse,que ao longo do tempo
vem sofrendo com a ação desse
Animal que teima em devastar tudo
que encontra pela frente se importar
com o dia de amanhã,como vê,a
maioria desses Métodos não causa
nenhum tipo de Poluição.
Ademais,como um Cidadão que
macha rumo ao futuro sem esquecer
do passado,espero que as pessoas
também façam o mesmo.A Natureza
agradece....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

RAZÃO

Onde impera a
Justiça,
o Homem vive
bem.
A maldade e a
cobiça,
não atinge
ninguém.
Sobre a luz da
razão,
o Homem tem
que viver.
Sem ela a
escuridão,
a verdade vai
esconder.
Uma Sociedade
justa,
dela ninguém
reclama.
Longe da disputa,
a inveja não se
inflama.
A verdade é uma
só,
ninguém pode
negar.
A injustiça é um
nó,
que temos que
desatar.

Raimundo Sucupira

REGRA DO JOGO

Caro Amigo,é necessário que sejamos
escravos da Lei,para sermos Livres,
Caso contrário,finda se à a Liberdade
e da se a inicio à Opressão.
Não pode haver comparação entre os
clamores das Ruas e da Imprensa,com
a Interpretação e Aplicação das LEIS.
O que vimos na Cessão Histórica do
STF no tão aguardado voto do Decano,
sobre os embargos infringentes,foi tão
somente o Respeito às Regras do Jogo,
ou seja,ao Regimento Interno.
Todo condenado que obtém quatro
votos,tem o direito de entrar com o tal
embargo infringente,tudo isso foi nada
mais,nada menos,que a decisão sabia
de um Verdadeiro Guardião do
Regimento Interno do STF.
Aos olhos da Lei,se assim podemos
dizer,já que os entendidos dizem que
a Justiça é sega,não pode haver
Supressão dos Direitos Constitucionais
de nenhum Cidadão para agradar esse
ou aquele,por tanto,a LEI tem que ser
aplicada doe em quem doer.
Dado que,num momento em que todos
estamos com os nervos a flor da pele,é
necessário que tenhamos o equilíbrio
para separarmos o joio do trigo,ou seja,
o Constitucional do Inconstitucional,sob
pena de em nome da Justiça cometermos
uma tremenda Injustiça.
Ademais,como um Cidadão que
sempre andou sobre a luz da razão,
espero que a Justiça sempre prevaleça
diante da emoção......

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

CANTORIA

Não tem coisa
melhor,
que ouvir uma
cantoria.
Não importa
onde for,
o importante é
a alegria.
Nela se fala de
tudo,
da Natureza.
Das coisas do
Mundo,
do Amor a
certeza.
Como diz o
ditado,
aquele que
canta.
Não vai ficar
angustiado,
seu males
espanta.
Cantemos a
vontade,
faz bem e
acalma.
O conto de
verdade,
faz bem a Alma.

Raimundo Sucupira

CANTIGAS

Caro amigo,tem certas coisas que nos
aconteceu na Vida que não
esquecemos jamais,principalmente as
que aconteceu na Infância.Dia desse
ao passar pela Av.Dr.Nelson Cayres
de Brito,não foi possível deixar de
lembrar um Casarão que Reinava
soberano naquele lugar,a muralha ai
da esquina da Casa de dona Felismina
até a esquina da Casa de seu Manoel
Marques.
O Casarão pertencia às Senhoras
Senhorinha e Eliza Boneca,duas
Senhora distintas que sabia receber
muito bem,lembro-me como se fosse
hoje,as visitas costumeiras que Mamãe
fazia às mesmas,sempre ao final do
dia.quando ia ao Rego Mestre apanhar
Água para os afazeres.
De vez em quando recolho-me ao
canto para relembrar os bons momentos
da minha Infância,um momento mágico
vem-me a mente!as cantigas alegres que
dona Eliza cantarolava,sentado sobre o
velho estrado saboreava um refresco de
tamarindo acompanhado por uma
saborosa abrevidade,ouvindo as
cantigas.
Dado que,num momento em que o
convívio Social esta ficando cada vez
mais raro,espero que as pessoas não
deixem cair no esquecimento esses
preceitos que nossos Antepassados sabia
usar tão bem.
Isso são coisas aparentemente simples
porem,de suma importância para a
manutenção de uma Sociedade justa e
fraterna onde todos vivem para todos e
se querem como Irmãos.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

RIO PEQUENO

Vigiado por uma
montanha,
meu vale
querido.
Sempre me
acompanha,
por Deus foste
escolhido.
Minha amada
Paramirim,
terra que quero
bem.
Es tudo para
mim,
terra como essa
não tem.
Jamais ti
deixarei,
terra do meu
bem querer.
Es tudo que
sonhei,
aqui eu quero
viver.
Essa relação,
jamais acabará.
Para sempre
nesse chão,
Irei Repousar.

Raimundo Sucupira

TERRA QUERIDA

Caro amigo,não tem coisa melhor que
falar do seu Rincão querido,quando
existe uma relação harmoniosa entre
os dois,Terra e Homem.
Nasci aqui,cresci e estou envelhecendo
aqui,não pretendo deixar essa Terra
por nada desse Mundo,pois só aqui é
que encontro a energia que preciso na
caminhada rumo ao encontro fatal com
o Divino Criador,momento em que
prestamos contas do que fizemos ou
deixamos de fazer.
Todos sabemos que a Terra não
pertence ao Homem,é o Homem que
pertence a Terra,dela viemos,para
ela voltaremos,por tanto,nada mais
justo que tratar com respeito a Terra
em que nasceu.
Dado que,no momento em que minha
Amada Paramirim comemora mais
um Ano de Existência,deito ao papel
os mais sinceros votos de Amor e
agradecimento aquela que em seu
seio acolheu-me e que um dia há de
receber meu ultimo sopro de Vida.
Ademais,como um Filho que Ama
sua Mãe,espero desfrutar desse
Amor por muitos e muitos Anos
Paramirim es a  minha Terra querida....
 
Raimundo Sucupira

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

VARANDA

Uma Casa com
varanda,
com uma rede
pendurada.
Se chinelo não
anda,
pé não leva
topada.
No balanço de
rede,
recarrego a
bateria.
Contemplo na
parede,
a imagem da
Virgem Maria.
Quem não vive
nessa Terra,
não sabe o que
é bom.
Siriema ao pé
da serra,
discretamente
tira o som.
Não tem coisa
melhor,
que viver no
Sertão.
Um presente
do Criador,
celebro a Vida
no meu Sertão.

Raimundo Sucupira

A DERIVA

Caro Amigo,um Povo sem Historia
equivale a um barco a deriva,por
mais que se rente não encontra um
Porto seguro.
Para mim que na Infância andava
pelas Ruas da minha Amada
PARAMIRIM encantado pela beleza
dos Casarões,andar por essas
mesmas Ruas e Praças causa-me um
tremendo desgosto,pois aqueles
Casarões Imponentes que irradiava
tanta beleza não foram tombados,
TOMBOU SE,ou melhor,vivaram pó
para da lugar aos arranha Céu.
Quem viu,viu,quem não viu,não verá
nunca mais,em foto a cima o Amigo
vai ver a beleza dos Casarões que
embelezava a Praça Santo Antônio,
pra nossa tristeza Restam apenas
dois ou três para contar a Historia.
Vendo e vivendo tudo isso,cheguei a
uma triste conclusão,houve um
lamentável equivoco da parte das
Autoridades no que diz respeito à
preservação do Patrimônio Histórico
da nossa CIDADE.
Os poucos que ainda resta não foram
Tombados,corre o risco de ter o
mesmo destino dos outros.
Dado que,num momento em que a
Bahia,o Brasil e o Mundo preocupam
em preservar o Patrimônio que não é
de ninguém,pois ele é de todos,não
custa nada PARAMIRIM também
entrar nessa luta.Fazendo isso a nossa
Historia agradece....

Raimundo Sucupira


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

AMOR INFINITO

Um dia alguém me
contou,
uma Historia
brilhante.
Que minha vida
mudou,
naquele mesmo
instante.
Abriu-me uma
janela,
para um Mundo
melhor.
Bendita es aquela,
que me deu seu
Amor.
Um Amor que é
a luz,
que ilumina meu
coração.
No momento me
conduz,
para uma nova
direção.
Não sei onde vou
parar,
sem esse Amor
infinito.
é bom acreditar,
em tudo que vos
tenho dito.

Raimundo Sucupira

AMOR DE VERDADE

Caro amigo,esse é um assunto que
não gosto de falar,porem,acoçado
pela Saudade fui,pois falar-lhes hei.
Confesso que depois que meus PAIS
partiram nunca mais fui feliz,vago
por esse Mundo por mais que tente
não encontro a segurança que tinha
antes.
Aquele Amor puro e sincero que
só o PAI e a MÃE lhes dar sem nada
exigir em troca.Diante de tanta dor
e incerteza,vejo quanto tempo perdi
ao longo dos anos com coisas sem
importância,enquanto o verdadeiro
TESOURO estava tão perto de
mim e não dei conta disso.
Dado que,faço um apelo aos que
ainda tem PAI e MÃE,cuide muito
bem desse TESOURO,pois,só
quem perde sabe a dor que é.Essa
dor nos corta lentamente feito fio de
navalha.
Uma ferida que sangra dia apos dia
sem parar,jamais imaginaria que essa
dor fosse tão grande assim,que
Saudade de meus PAIS,faria qualquer
coisa para voltar ao aconchego dos
dois,aquela Paz que encontroamos
nos Braços do PAI e da MÃE.
Ademais,como um Homem que
acredita que existe Vida após a Morte
tenho a esperança de um dia em outra
dimensão,Reencontrar meus queridos
PAIS com a certeza de nunca mais nos
Separarmos.....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

MODERNISMO

Paramirim tinha
Seresta,
nas noites de
Luar.
Os Românticos
fazia a festa,
os Seresteiros
a cantar.
Voz e Violão,
fazendo uma
bela parceria.
Dos cantores a
Canção,
era linda a
Melodia.
Lembro-me com
saudade,
aquele tempo
que se foi.
Ando pela
Cidade,
eis que o peito
dói.
Que Saudade do
Romantismo,
tempos que ficou
pra trás.
Vivendo no
Modernismo,
a alegria nunca
mais.

Raimundo Sucupira

BONS TEMPOS


Caro amigo,lembro-me com Saudade
das Serenatas feita pelos Irmãos Edgar
Viana e Altamiro Viana(Ló)
Acompanhado por Melé no Bandolim
Migezim no Violão a a voz inconfundível
de Zé Cardoso.
Momentos em que o Romantismo tomava
conta dos Corações,era praticamente
impossível aqueles momentos passarem
despercebido,as pessoas passava e
ouviam atentamente as Canções que os
Músicos tocavam brilhantemente.
Dia desse ao debruçar sobre o Alpendre
não foi possível deixar de notar uma
cena fascinante,a Lua majestosa saindo
atrás da Serra clareando todo o vale da
minha Amada PARAMIRIM.
Voltei-me no tempo por alguns minutos
tocava-me aos ouvidos aquela melodia
que só aquelas figuras sabia tocar,eis
que de repente,voltei-me a Triste e
Melancólica Realidade,atordoado pelo
estardalhaço de um Carro de Som que
rasgou o Silencio com uma Musica nada
Romântica.
Dado que,num momento em que o
Romantismo esta ficando cada vez mais
Raro em meio a Sociedade,faço um
apelo aos que ainda cultiva consigo esses
preceitos,não tenham vergonha do seu
passado,conte aos Moços para que
saibam que também já fomos Felizes.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

SERTÃO

Andando pelo
Sertão,
o tempo custa
a passar.
Na lua o clarão.
nas estrelas o
Sintilhar,
Essa terra é
bela,
não importa o
momento.
O que sinto
por ela,
é o mais belo
sentimento.
Terra que me
viu nascer,
a ti quero bem.
Aqui eu quero
viver,
terra como ti
não tem.
Entre o Homem
e a terra,
o Amor existe.
Jamais se
encerra,
para sempre
persiste.

Raimundo Sucupira

TERAPIA

Caro amigo,sou um humilde pensador
que de vez em quando se atreve a
Poetar.Nunca gostei de viver em meio
a Tertúlia,até por que,no meio dela
comporta-me hei como um peixe fora
D.água.
Quando sou bombardeado pelas
novidades desse Mundo Moderno
procuro refugiar-me em meio ao
Sertão onde encontro a paz que só
por aqui se encontra.
Não tem coisa melhor que se acoita
no Sertão,viver Recanteado longe do
fervilhado da Cidade,por tanto,longe
da Plêiade,essas coisas não desperta
em mim nenhum prazer.
No momento em que a melancolia se
faz presente em meio à Sociedade,
quando ela começa a ronda-me não
penso duas vezes,pego a matula e
deito o cabelo por esses confins do
Sertão,passando de casa em casa
donde ouso Historias da arco da
Velha,depois de vagar o dia inteiro
por esse Sertão de meu Deus,volto
pra casa lido e corrido.
Dado que,ao menor sinal do estresse
é melhor o amigo se acautelar e bota
as barbas de molho,ou melhor,o pé
na estrada,essa é a melhor terapia.Faz
bem a Alma.....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

PORTA ABERTA

Quando se fecha
uma porta,
uma outra se
abre.
A indiferença
pouco importa,
no coração não
cabe.
Nós devemos
ter cuidado,
com os afazeres.
A nós deve ser
imputado,
nossos deveres.
Quem anda com
retidão,
não precisa ter
medo.
Sobre a luz da
razão,
não existe
segredo.
A vida de um
Homem,
tem que ser
assim.
O caráter tem
nome,
é tudo para mim.

Raimundo Sucupira

JUSTIÇA INJUSTA

Caro amigo,nota se a uma enorme
diferença que há entre as pessoas
no que diz respeito as Leis.Se o
Cidadão é probo,porem, pobre e
Negro,por mais que seja pequeno
seus delitos,ele é tratado com os
rigores da Lei,ou seja,a ferro e
fogo será jogado no mais obscuro
calabouço,onde levará anos
esquecido.
Com muita sorte pode aparecer
um Defensor publico com boa
vontade para ajuda-lo,isto é,se na
Cidade tiver Defensoria,caso
contrario,o Cidadão fica a vê
navios,ou melhor,as grades.
Se o Cidadão é branco e rico a
Historia é outra,dependendo do
delito nem passa em frente ao
Tribunal,será inocentado antes de
ser Julgado.
Basta darmos uma olhada ao que
acontece nos presídios,estão
abarrotados de pobres e negros,
enquanto os bandidos ricos estão
em prisão domiciliar,cheios de
dinheiro e sorrindo da cara da
Sociedade.
Dado que,diante desse quadro
alarmante de desigualdade
Social que instalou se no Pais,a
Sociedade não pode ignorar,ela
tem que se organizar e combate-la
sob pena de ficarmos reféns da
impunidade.Ademais,como um
Cidadão que luta e sonha com uma
Sociedade justa e fraterna,espero
que as pessoas entre nessa luta
para fazermos reformas profundas
nas Leis desse Pais.Tudo isso pelo
bem de nossos Filhos e Netos......

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

DIREITOS

Direitos tem,
quem direito
anda.
Sem o direito
ninguém,
um povo
comanda.
Do jeito que
as coisas
estão,
a jiripoca vai
piar.
Nessa briga
o Cidadão,
só tem a
lamentar.
É muita gente
roubando,
e poucos no
combate.
O crime esta
apertando,
feito pernas de
alicate.
Se a justiça não
for feita,
para o crime
acabar.
No fundo da
valeta,
os Honestos vão
morar.

Raimundo Sucupira

ATRÁS DAS GRADES

Caro amigo,quando achamos que já
vimos de tudo nesse Mundo,somos
surpreendidos por uma bramura
diferente.Dia desse ao parar diante
da televisão para apreciar o noticiário
dei de cara com a seguinte manchete
(Policia Argentina prende pombos
traficantes,os meliantes estão sob os
cuidados da Policia)tudo isso seria
cômico se não fosse trágico,foi se o
tempo que os pombos era correio,
agora são traficantes.
Imagine as artimanhas que essa gente
é capaz de fazer para da uma volta
na Policia,pra não correr o risco de
ser presos com a mão na massa,ou
seja,no pó levando aos usuários,eles
estão mandando as mulas,ou melhor,
os pombos,que alem de levar o pó
ainda faz a cobrança.
O que não ficou claro é o que os
pombos estão levando pelo serviço
prestado,dado que,num momento em
que a Policia faz uso da tecnologia de
ponta para combater o crime,os
bandidos fazem o contrario,basta saber
quem vai levar a melhor nessa queda
de braço,a tecnologia ou o improviso,a
Policia ou o bandido.Quem viver verá.....



Raimundo Sucupira

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

GARRANCHOS

Um pássaro
marrom,
dos olhos
amarelo.
Ditando o
som,
em frente ao
castelo.
Em meio ao
garrancho,
destaca se o
Lar.
Na porta o
macho,
não para de
cantar.
No Sertão é
assim,
ninguém fica
triste.
Esse lugar pra
mim,
é o melhor
que existe.
Sertão meu,
terra que eu
quero bem.
O Criador a
mim deu,
terra como ti
não tem.

Raimundo Sucupira

COMO DANTES

Caro amigo,todas as manhãs lá pela cinco
e meia sou acordado pela algazarra de
um certo casal de João Pimpão,duas
Aves linda,penas marrons em contraste
com o Amarelo dos olhos,essas aves
vivem arranchados numa Arvores em
frente a minha Casa.
O dito cujo passa o dia inteiro de lá pra
cá carregando garranchos para remontar
o ninho que Reina soberano sobre os
galhos da velha Arvore.
Fico impressionado com a precisão,às
cinco e meia os dois bradam em alto e
bom som na porta do ninho!já sei que
é hora de levantar e cuidar dos afazeres.
Sem perder o bom humor muito menos
a hora,afinal,quem tem um despertador
como esse não precisa se preocupar,o
despertador tá garantido.
Dado que,esse é um dos motivos pelo
qual eu não deixo meu Sertão por nada
desse Mundo,por mais que o progresso
teima em nos rondar,a Natureza é
Soberana,é ela que dita as regras por
aqui.
Só se vive numa boa por aqui quem tá
de acordo com ela,o resto a gente tira
de letra,(cá pra nós)entre o ronco dos
motores e o canto dos passarinhos,não
precisa nem dizer a minha escolha!como
um Sertanejo que olha para frente sem
esquecer do passado,torço para que
tudo continue como dantes no quartel
de abrantes.Eita Sertão que quero bem......

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

HERANÇA

Onde impera o
cativeiro,
o medo se faz
presente.
Com um Povo
prisoneiro,
o impio anda
livremente.
Um Povo que
é oprimido,
alegria não
deve ter.
Se não tem o
prometido,
lá na frente vai
sofrer.
O castigo não
tardará,
ele chega a
galope.
Um conselho
que se dá,
pra quem vive
atrás do golpe.
A Liberdade é
uma herança,
que nos deixou
o Criador.
Seja adulto ou
Criança,
viva a força do
Amor.

Raimundo Sucupira

CAMPO DE BATALHA

Caro amigo,o tempo urge,a Tirania pisoteia
os calcanhares da Historia.Não há mais
lugar para a opressão,onde opressores
ditam suas regras aos Homens livres como
se fossem Escravos seus,todos estamos
atentos,não aceitamos mais as imposições
de uma minoria que acham que são os
donos da Verdade.
Nesse Mundo moderno não cabe mais
esse tipo de coisa,tornamos livres no
exato momento em que deixamos o ventre
da nossa Mãe,ninguém tem legitimidade
para impor cativeiro ao semelhante.
Todos que tentaram fazer isso receberam
o seu castigo,a Historia esta ai para
testemunhar,nenhum sonho pode ser
ceifado pelas laminas cruéis da opressão.
Eis que brilha no horizonte o clarão da
Liberdade,iluminando os caminhos dos
Homens para que possam trilhar com
segurança rumo à posteridade.
Dado que,num momento em que o
enorme e poderoso Animal que estava
adormecido acordou,estremecido pela
ameaça à causa Pétrea,não podemos fugir
a LUTA.
É chegada a hora de prepararmos as
trincheiras nos campos da Fé,não podemos
vacilar,o inimigo esta a espreita,o bem
comum corre perigo,a Liberdade é uma
conquista de todo dia.ninguém esta aqui
pra brincadeira,Pé no chão companheiros....


Raimundo Sucupira

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

LAMENTO

Lá no morro da
Santana,
tem uma pedra
Monumental.
Mocos fazem
campana,
uma beleza sem
igual.
Um lugar de
lazer,
também de
Oração.
O Homem quer
desfazer,
essa Historia no
Sertão.
Quem não zela
pela Memória,
o coração não
se acalma.
Um Homem sem
Historia,
é um corpo sem
Alma.
Ainda é tempo
de mudar,
preservar o que
Resta.
Pra depois não
lamentar,
era uma vez uma
Floresta.

Raimundo Sucupira

NA CONTRA MÃO

Caro amigo,em certos momentos na
vida cometemos alguns deslises,isso
caberia um desconto,poem,quando
torna se frequente,algo esta errado.
Dia desse juntamente com os amigos
Bill e Tim Tim,fui à Santana fazer
uma visita ao Monumento que lá se
encontra,uma Pedra Gigantesca cujo
suporte é feito apenas por três pedras
pequena.
Colocada cuidadosamente em pontos
estratégicos,dando sustentação ao
enorme Monumento há milhões de
anos,mantendo aquela bela obra de
arte a quase meio metro do chão,ou
melhor,do Lajedo.
Por mais que tentamos explicar não
conseguimos entender como aquela
Pedra foi parar naquele lugar,pois
trata se de Milhares de toneladas.
Depois de uma longa e penosa
caminhada,ao chegarmos no alto da
montanha em frente à rocha que
ostenta o Cruzeiro onde o Povo
daquela Comunidade celebra  a Via
Sacra,mantendo uma tradição de
muitos anos,qual não foi a minha
surpresa,deparei-me com os degraus
que leva ao Cruzeiro todo destruído
pelos vândalos que foram lá nesse
Intuíto.
Dado que,nesse momento delicado
faço um apelo às Autoridades para
que deixem de lado a INAÇÃO,no
sentido de darmos a devida proteção
aos Monumentos que existe no
Municipio,sob pena de em bem pouco
tempo ter que nos contentarmos com
as lembranças ou fotos se quisermos
contar essa Historia aos Moços.....

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

OFERTA

Essa tragedia
Social,
que atinge a
Humanidade.
Não pode ser
normal,
tem que ter
prioridade.
Essa falta de
alimento,
que vem nos
atormentar.
Um dia esse
tormento,
tem que
acabar.
Não se pode
ser feliz,
vivendo na
miséria.
Um Povo
infeliz,
uma Historia
muito seria.
Aqui vai meu
alerta,
para o Mundo
entender.
Alimento é a
oferta,
para o Homem
sobreviver.

Raimundo Sucupira

VIDAS EM RISCO

Caro amigo,dia desse ao parar diante da
televisão deparei-me com com um
pomposo noticiário,onde centena de
Jornalistas acampados em frente à uma
maternidade aguardavam ansiosamente o
nascimento do Herdeiro do trono
Britanico.
Passaram se Semanas,Meses,sendo
manchete de Jornais,Rádios,Televisões,
em fim,deu o que falar ao Mundo Inteiro.
Discutia se o sexo,o nome,a cor dos
olhos,onde morar,ect.ect.ect.No entanto,
ninguém se lembra de mostrar em seus
canais de Televisão,Rádio,Jornal e
Revistas as centenas de milhares de
Irmãos que morrem de fome todos os
dias por esse Mundo a fora.
Todos os dias quando sento-me em
volta da Mesa para a ceia juntamente
com minha Família,lembro-me desses
Irmãos que não tem uma Mesa,muito
menos o que comer,tudo isso deixa-me
triste,perco o apetite.
Recolho-me ao canto e ponho-me a
pensar!se somos capazes de gastarmos
horas,dias,meses mostrando e celebrando
a Nobreza,por que não somos capazes
de mostrar e combater a miséria e a
FOME.
Tragedia que ao longo do tempo vem
dizimando milhões de Irmãos que como
nós tem o mesmo direito a VIDA.Dado
que,faço um apelo aos que tem,para
doar um pouco aos que não tem,fazendo
isso a VIDA os agradece....

Raimundo Sucupira

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

INFÂNCIA

Pipas ciricutiando
no ar,
Menino alegre
no chão.
O mais belo que
há,
um alento para
o coração.
Saudoso tempo
de Criança,
foi tudo que eu
quis.
Isso não sai de
lembrança,
tempos que fui
feliz.
Lembro-me com
saudade,
aquele tempo que
passou.
Tempos de rara
felicidade,
que na infância
ficou.
Infância que não
volta mais,
inocência que se
foi.
Esquecer de ti
jamais,
eis um peito que
dói.

Raimundo Sucupira

CONTANDO HISTORIAS

Caro amigo,sou aquele que apesar de
ter crescido e envelhecido jamais
deixou de ser Criança.Dia desse ao
circular pela Avenida Cel.Antônio
Guimarães situada no antigo pindura
saia,deparei-me com quatro peraltas
cada um com uma pipa nas mãos.
Saltava lhes aos olhos o prazer de
poder ostentar aquele brinquedo,o
fato é que,naquele momento mágico
não foi possível deixar de voltar no
tempo,mais precisamente no tempo
de Criança.
Os momentos da minha infância que
passei naquele lugar,muitas vezes
pulei a cerca de Javan para arrancar
Umbu para vender na Rua,trocados
no bolso da velha calça de algodão
riscado,corria para a loja de seu
João Batista para comprar carretel
com linha para soltar pipas.
Sobre a sombra do velho Juazeiro
nos fundos da Casa onde morava,
bastava algumas tariscas de palha de
coqueiro,um pedaço de papel,um
coité de coco com goma de tapioca e
em pouco tempo tinha pipa no ar.
Saia correndo rumo à Praça do
Cruzeiro em frente ao C.A.S.E.B.
passava se horas contemplando a
beleza das pipas.
Dado que,num momento em que a
Informática seduz e toma o tempo da
Meninada,não custa nada para nós
que já vimos e vivemos tudo isso,dá
uma paradinha e em nossos afazeres e
contar um pouco dessas Historias pra
essa Meninada.Faz bem a Alma.....

Raimundo Sucupira

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

LONGE DE CASA

Quem ama seu
País,
não vive longe
dele.
Longe não é
feliz,
morre de amor
por ele.
A Saudade que
se tem,
do seu torrão
natal.
Da tristeza vira
refém,
nos tirando a
moral.
Quem vive fora
de casa,
não vê a hora
de voltar.
O peito queima
feito brasa,
não dá pra
explicar.
O País que tanto
amamos,
que nos enche
de emoção.
Em seus braços
repousamos,
viva a força da
Nação.

Raimundo Sucupira

DIVIDA SOCIAL

Caro amigo,fico pensando nas centenas
de Milhares de Irmãos Brasileiros que
estão residindo em outros Países,não
tiveram outra escolha há não ser partir
para conseguir o sustento da Família.
Quase que diariamente temos que
conviver com cena triste e comovente
como essa,onde pessoas tem que partir
em busca de dias melhores,enquanto
que alguns Intrujões apoderam se do
erário Publico sem nenhum pudor.
Recursos que são desviado e que geraria
milhões de empregos,evitando o êxodo
de milhões de Brasileiros que estão
longe de Casa,por tanto,longe da
afabilidade dos entes queridos.
Homens e Mulheres que são obrigados
a viver longe de seus Filhos,Filhos que
cresce sedentos do carinho e Amor dos
Pais,em fim,Brasileiros que deixaram
para trás suas Raízes.
Dado que,num momento em que o
enorme e poderoso Animal chamado
Povo acordou e esta indo às Ruas
clamar por Justiça Social,nada mais
justo que lembra-lo de lutar para trazer
de volta esses Irmãos que esta tão
longe do seu País.Ademais,como um
Cidadão que sempre lutou pelo bem
comum,espero que esse dia não tarde
a chegar,só assim poderemos dizer que
somos um só Povo,uma só Nação....


Raimundo Sucupira
 
Contador de Visitas Para Blogs